Category Archives: Entrevista

Jarosław Duraj, Vice-Director do Instituto Ricci de Macau

Jarosław Duraj

Inter-religiosidade da Rota da Seda não pode ser esquecida.

Vice-director do Instituto Ricci de Macau e professor de Ciência Política na Universidade de São José, Jarosław Duraj conhece como poucos o pensamento budista. Especialista em diálogo inter-religioso, o jesuíta passou algum tempo em mosteiros no Japão e em Taiwan, e descobriu uma tradição espiritual que tem por base uma percepção profunda da própria natureza do Homem. O conhecimento do outro, defende, é meio caminho andado para que o diálogo inter-cultural seja bem sucedido e a China só teria a ganhar em aplicar o princípio à iniciativa “Faixa e Rota”. A questão dá o mote a um simpósio organizado pelo Instituto Ricci nos dias 22 e 23 de Novembro.

Stephen Morgan, Director da Faculdade de Estudos Religiosos da Universidade de São José

Stephen Morgan

«Os leigos são os melhores missionários».

O galês Stephen Morgan é o novo responsável pela Faculdade de Estudos Religiosos da Universidade de São José. Diácono permanente e até agora ecónomo da diocese inglesa de Portsmouth, Morgan quer atrair uma maior variedade de alunos, entre os quais um maior número de estudantes leigos. Em entrevista a’O CLARIM, defende que a Igreja só tem a ganhar com leigos bem formados.

Ana Helena Amaral, Psicóloga

Ana Helena Amaral

«Apesar do Governo e das instituições promoverem a inclusão, ainda se fala pouco».

O Governo e as Organizações Não-Governamentais de Macau são favoráveis à inclusão de pessoas com deficiência na sociedade, mas há resistências por parte da população, afirma Ana Helena Amaral, para quem é preciso mudar as mentalidades. Em entrevista a’O CLARIM, a psicóloga fala também da perda de qualidade de vida, aliada à falta de espaços de lazer e às dificuldades criadas pelos casinos e pela avalanche de turistas.

Nicole Azevedo Barros, Directora da “Escola de Dança Nicole”

Nicole Barros

Cabo Verde quer organizar festival internacional de folclore.

A participação da “Escola de Dança Nicole” na última edição do Festival Juvenil Internacional de Dança deixou boas indicações a Nicole Barros, professora e directora do grupo cabo-verdiano que trabalha com crianças e adultos em várias modalidades. Em entrevista a’O CLARIM, revelou que Macau abriu a porta para voos mais altos. A organização de um festival em Cabo Verde é uma das hipóteses agora em cima da mesa, assim como alargar o âmbito de ensino às escolas e colégios da cidade da Praia.

Padre Alejandro Salcedo, Director da Escola de São Paulo

PADRE ALEJANDRO SALCEDO

«A Educação tem de passar por uma grande mudança, a começar pelo jardim-de-infância».

A poucas semanas de deixar o cargo de director da Escola São Paulo, o padre dominicano Alejandro Salcedo Garcia tece o balanço do seu trabalho de 21 anos à frente de uma instituição que tem vindo a adoptar novos métodos de ensino. Diminuir os trabalhos de casa e reduzir cada vez mais o número de testes são duas medidas de sucesso que promovem o autoconhecimento e a autodescoberta no chamado modelo das aulas invertidas.

António Manuel Maurício Camilo, Comandante da “NRP Sagres”

ANTÓNIO MANUEL MAURÍCIO CAMILO

«O navio será a Casa de Portugal durante os Jogos Olímpicos de Tóquio».

Após o habitual período de treino, o navio-escola Sagres largou de Lisboa a 27 de Abril com destino à costa leste dos Estados Unidos, fazendo escala no porto do Funchal de 1 a 3 de Maio. Entre 24 e 28 do mesmo mês esteve no porto de Filadélfia onde participou no Tallships Festival 2018 na companhia de outros veleiros convidados. De seguida, o “NRP Sagres” levou a cabo um conjunto de actividades integradas no “Mês de Portugal”, escalando os portos de Newark, Nova Iorque, Newport e Boston, onde recebeu, entre outras entidades, o Presidente da República, nos eventos relativos à comemoração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas e ao Dia de Defesa Nacional.

António Marques da Silva, Jurista

ANTÓNIO MARQUES DA SILVA

«Num Estado de Direito as leis limitam e condicionam as decisões políticas».

António Marques da Silva vai regressar a Portugal, mas sem cortar o vínculo a Macau, pois quer escrever sobre o Direito local. Em entrevista a’O CLARIM, o jurista afirma que não há muita cultura jurídica no território e que o Governo pouco decide. A única excepção são as medidas securitárias que vem tomando e ganham cada vez mais força. O trabalho com a ex-secretária para a Administração e Justiça, Florinda Chan, e o mediático caso das campas também são temas de conversa.

Padre Javier Sánchez, Director do Grupo “Ciência, Razão e Fé” da Universidade de Navarra

PADRE JAVIER SÁNCHEZ

«Deus não precisa de se restringir ao planeta Terra ou à espécie humana».

A ciência e a religião não estão em conflito, assegura o padre Javier Sánchez, professor e investigador na Universidade de Navarra, em Espanha. Para o provar, a’O CLARIM fala sobre Stephen Hawking, da mão de Deus na criação de vida extraterrestre, do papel da religião na colonização de outros planetas, e de criacionismo e evolucionismo, sem esquecer a Física e a Teologia.

Irmã Lishan Michael, uma Etíope em Macau

IRMÃ LISHAN MICHAEL

«Somos bastante diferentes porque não separamos os muçulmanos, ortodoxos e protestantes».

A irmã Lishan Michael está há dois anos em Macau. Ainda com as lembranças do seu país frescas na memória, fala do importante papel desempenhado pela Igreja Católica na Etiópia, no que respeita à ajuda aos mais desfavorecidos e ao trabalho em conjunto com o Governo etíope para o fortalecimento da paz. A religiosa das Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora desmistifica a ideia do País ser totalmente pobre e enaltece as relações pacíficas entre católicos e muçulmanos, sem esquecer a ajuda prestada pelos portugueses na protecção do Cristianismo em Terras do Preste João, no século XVI. Quanto a Macau, fala da experiência de aprender a língua de Camões.

Advogado Sérgio de Almeida Correia

Sérgio de Almeida Correia

«Há uma grande falta de atenção relativa às questões sociais e ambientais».

Incisivo e frontal, Sérgio de Almeida Correia revela preocupação pela forma como o Governo olha para as questões sociais e ambientais, não poupando o secretário Alexis Tam pela solução encontrada para o aumento das tarifas dos partos para as não-residentes. A’O CLARIM, afirma categoricamente que Fernando Chui Sai On está cada vez mais afastado da cena política, razão pela qual dá a impressão de existir um Governo de junta. Deixa também fortes reparos às declarações de Kevin Ho sobre o imobiliário e a lei sindical, e critica o modo de actuar da Assembleia Legislativa.

Padre José Mario Mandía, Director d’O CLARIM, por ocasião do 70º Aniversário do Semanário Católico de Macau

Padre José Mario Mandía

«Há poucos lugares no mundo onde os media seculares respeitam o que a Igreja tem a dizer».

Completámos na passada terça-feira, 1 de Maio, setenta anos de existência. Somos a publicação em língua portuguesa há mais tempo a circular em Macau. Para assinalar a efeméride, não resistimos e – em casa própria – entrevistámos o padre José Mario Mandía, o nosso director. Falou da transformação ao nível de conteúdos e imagem desde que assumiu o cargo há quatro anos, dos desafios para o futuro e da importância dos media católicos no mundo.

Henrique Mota, Moderador do Programa de Rádio “E Deus Criou o Mundo”

Henrique Mota

«Onde há maior tensão é onde o diálogo e o encontro faz mais falta».

Programa da RDP, transmitido pela Antena 1 às terças-feiras, junta Pedro Gil (católico), Isaac Assor (judeu) e Khalid Jamal (muçulmano), para debaterem os assuntos da actualidade numa perspectiva religiosa. Em Roma, O CLARIM falou com moderador Henrique Mota.

Irmã Elizabeth Palamattathil, Directora do Lar São Luís Gonzaga

Irmã Elizabeth Palamattathil

Governo deve incentivar o amor pelas pessoas com deficiência.

Cuidar de pessoas com necessidades especiais é a missão da irmã Elizabeth Palamattathil, responsável pelo Lar São Luís Gonzaga, que está sob a alçada da Cáritas de Macau. A’O CLARIM, a religiosa das Irmãs da Caridade de Santa Ana fala sem preconceitos dos utentes, das suas famílias e do estado da assistência social no território. E deixa a porta aberta para o estabelecimento de contactos, tendo em vista a empregabilidade de algumas dessas pessoas incapacitadas nas empresas privadas ou nos serviços públicos.

Bruce Aitken, do Branqueamento de Capitais a Mentor do Programa de Rádio “Hora do Amor”

Bruce Aitken

«No mundo material não há recompensas, é tudo superficial».

Teve uma vida incrível antes de ser preso por branqueamento de capitais. Hoje é a voz do programa de rádio “Hora do Amor”. Empregadas domésticas e presidiários são a sua base de ouvintes. A’O CLARIM, Bruce Aitken fala do sucesso do seu trabalho à frente aos microfones, do plano de Deus e do futuro.

Sílvia Mendonça, Advogada

Sílvia Mendonça

«Não acredito que o Poder Central queira interferir na autonomia da RAEM».

A revisão da Lei de Bases da Organização Judiciária está a colocar em sobressalto parte da sociedade de Macau, podendo significar uma forte machadada no sistema jurídico em vigor após a transferência de poderes. Quem o diz é a advogada Sílvia Mendonça, que, ainda assim, não acredita em interferências por parte do Poder Central. Em entrevista a’O CLARIM, fala também de assédio sexual, não sendo vítimas as mulheres, mas os homens.