Category Archives: Entrevista

Sílvia Mendonça, Advogada

Sílvia Mendonça

«Não acredito que o Poder Central queira interferir na autonomia da RAEM».

A revisão da Lei de Bases da Organização Judiciária está a colocar em sobressalto parte da sociedade de Macau, podendo significar uma forte machadada no sistema jurídico em vigor após a transferência de poderes. Quem o diz é a advogada Sílvia Mendonça, que, ainda assim, não acredita em interferências por parte do Poder Central. Em entrevista a’O CLARIM, fala também de assédio sexual, não sendo vítimas as mulheres, mas os homens.

João Janela, Especialista em Direito Fiscal

João Janela

«A minha fé foi o que me salvou».

Passou por um momento conturbado na vida, num processo tornado público, do qual resultou o afastamento da Direcção dos Serviços de Finanças (DSF), mas João Janela deu a volta por cima. «A minha fé foi o que me salvou», assume em entrevista a’O CLARIM o especialista em Direito Fiscal, que fala também da União Europeia, dos paraísos fiscais e do branqueamento de capitais nos casinos.

Padre Leonard Dollentas, Ex-Militar da Força Aérea das Filipinas, hoje ao serviço da Diocese de Macau

Padre Leonard Dollentas

«O método de Duterte não é totalmente uma trapalhada».

Ex-major da Força Aérea das Filipinas, o padre Leonard Dollentas descreve como foi ser piloto e atirador militar antes de chegar a Macau, com espírito missionário. A’O CLARIM, o sacerdote diocesano da igreja da Sé Catedral também fala dos combates para libertar Marawi dos insurgentes islâmicos e da guerra contra a droga encetada pelo Presidente Rodrigo Duterte.

Padre João Lourenço, Peregrino à Terra Santa e Professor de Sagrada Escritura

Padre João Lourenço

«Os grupos radicais judaicos também promovem a tensão».

De regresso a Macau para ministrar um curso no Paço Episcopal sobre o Evangelho de São Marcos, o padre João Lourenço abre o livro a’O CLARIM sobre a real situação vivida na Terra Santa, onde costuma levar grupos de Macau e de Portugal em peregrinação. As tensões provocadas como forma de sobrevivência, o sonho da paz, o fundamentalismo, a imprudência de Donald Trump e os palestinianos reféns de vários países árabes são alguns assuntos abordados pelo professor de Sagrada Escritura e director da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa.

Henrique Manhão, Presidente da Casa de Macau USA

Henrique Manhão

«O Natal foi sempre uma festa de família».

O Natal continua a ser motivo para reunião familiar no seio da comunidade macaense. Seja em Macau ou na diáspora. Este é o entendimento de Henrique Manhão, a residir nos Estados Unidos há 35 anos. A’O CLARIM, o presidente da Casa de Macau USA fala do território hollywoodesco dos dias de hoje e da queda de Hong Kong a 25 de Dezembro de 1941 na Guerra do Pacífico, para além dos desafios que atravessa a comunidade da qual faz parte e o modo de celebrar a quadra natalícia na Califórnia.

Padre José Antunes da Silva, Conselheiro Geral dos Missionários do verbo Divino em Roma

Padre José Antunes da Silva

«Um dos nossos desafios é a interculturalidade».

Os Missionários do Verbo Divino estão a ganhar terreno na Ásia com o crescente número de novas vocações, sustenta o padre José Antunes da Silva. A’O CLARIM, o conselheiro geral da congregação em Roma fala do estabelecimento das missões em Myanmar e no Bangladesh, dos desafios que atravessam no mundo e do trabalho efectuado pelo Papa Francisco no Vaticano. Macau também é tema de conversa.

Padre Bonifacio García Solís, Líder Dominicano da Província de Nossa Senhora do Rosário

PADRE BONIFACIO GARCÍA SOLÍS

Proclamar a Boa Nova a quem não conhece o Evangelho.

Instalar comunidades dominicanas em mais países asiáticos e ter missionários vocacionados para as novas gerações são os principais objectivos da Província de Nossa Senhora do Rosário, da qual Macau faz parte. A’O CLARIM, o líder provincial, padre Bonifacio García Solís, aborda vários aspectos da formação e fala dos desafios da evangelização e das preocupações imediatas da Ordem.

Carlos Lobo, Presidente da Câmara de Comércio de Angola em Macau

Carlos Lobo

«Esperamos que Xi Jinping continue a promover as relações entre a China e Angola».

Presidente da recém-criada Câmara de Comércio de Angola em Macau, Carlos Lobo está optimista quanto ao estreitar das relações comerciais entre a RAEM e o país africano. A’O CLARIM, falou sobre o novo Presidente angolano, a indústria do Jogo e a liderança de Xi Jinping.

Padre Luís Sequeira sobre as Legislativas de 17 de Setembro

Padre Luís Sequeira

«Há sede de poder e de autoridade».

Um candidato ideal para o padre Luís Sequeira é aquele que pensa genuinamente nas pessoas, em vez de querer alcançar posição social, mesmo tocando nos problemas mais graves que afectam a sociedade. A’O CLARIM, o jesuíta critica as plataformas ligadas aos casinos e a falta de seriedade da classe política e dos governantes.

Padre Andrzej Blazkiewicz, Missionário no Caminho Neocatecumenal

Padre Andrzej Blazkiewicz

«Há que recuperar os laços nas relações familiares».

Natural da Polónia, onde conheceu Karol Wojtyla (Papa João Paulo II), o padre Andrzej Blazkiewicz está em Macau para servir a missão do Caminho Neocatecumenal. Responsável pelo aconselhamento familiar, sustenta a’O CLARIM que o sucesso de um casal reside essencialmente na disponibilidade em ouvir o outro. E há também que dar atenção aos filhos, ou seja, às novas gerações.

José Ángel Hernández, pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima

Padre José Ángel Hernández

«Ajudamos quem professa outras crenças e religiões».

Situada numa das áreas mais pobres de Macau, a paróquia de Nossa Senhora de Fátima é caracterizada pela sua multiculturalidade, com incidência para os chineses, vietnamitas e falantes de língua inglesa. O pároco José Ángel Hernández quer fazer chegar a Palavra do Senhor a todos, razão pela qual tem as portas da igreja abertas a católicos e não-católicos, inclusivamente da comunidade de Fujian. Há também quem venha de Zhuhai. Para breve está agendada uma peregrinação ao Santuário de Fátima, em Portugal.

Realizador Joel Brandão assina documentário sobre as Comunidades de Macau

Joel Brandão

Há um grande distanciamento entre portugueses e chineses.

Joel Brandão, de 23 anos, a realizar uma curta-metragem sobre as comunidades de Macau, constata que os portugueses e os chineses vivem em mundos paralelos. São culturas diferentes que não se tocam, mas promovem a tolerância. O cineasta espera fazer a estreia do seu trabalho no território.

Bruce Aitken, do Branqueamento de Capitais à Escala Mundial para o Catolicismo

Bruce Aitken

«Tive sempre sede pelo espiritual, e não pelo material».

Tem 72 anos e foi responsável por uma rede de branqueamento de capitais com ligações à CIA, a responsáveis governamentais e aos principais barões de droga no mundo. Bruce Aitken, a propósito da autobiografia que lançou em Abril, falou a’O CLARIM sobre a sua vida e a razão por que se converteu ao Catolicismo após cumprir pena de prisão nos Estados Unidos. A residir em Hong Kong, dirige agora um programa de rádio com grande sucesso entre a população prisional do território vizinho.

Airi Oguri fala da Tese sobre Macau que submeteu na Universidade de Estudos Estrangeiros de Quioto

Airi Oguri

Português corre o risco de ser apenas decorativo.

Natural do Japão, Airi Oguri quis perceber por que razão pouco ou nada se ouve falar a língua portuguesa na RAEM. Ao abordar a sua tese de licenciatura sobre Macau, que submeteu na Universidade de Estudos Estrangeiros de Quioto (Japão), no âmbito do curso de estudos luso-brasileiros, salienta que a diminuição da população de portugueses e de macaenses pode levar a que o Português seja apenas uma língua decorativa no futuro.

Paulo Aido, Jornalista da Fundação Ajuda à Igreja Que Sofre

Paulo Aido

Fátima é antídoto para a quebra de fé no Ocidente.

Velho conhecido de Macau, o jornalista Paulo Aido fala a’O CLARIM do seu trabalho na Fundação Ajuda à Igreja que Sofre, dos projectos que a instituição tem espalhados pelo mundo e das preocupações face à China continental. Também na qualidade de escritor aborda a sua produção literária de cariz religioso e a motivação para escrever o primeiro romance histórico relacionado com as últimas possessões portuguesas na Índia. Sobre a visita do Papa Francisco a Portugal, agendada para daqui a duas semanas, refere que o Santuário de Fátima é o antídoto para a quebra de fé no mundo ocidental.