Category Archives: Centrais

Santa Maria, Mãe de Deus – I

Benedicta Tu in Mulieribus!

Benedicta Tu in Mulieribus!

  1. Bendita sois vós entre as mulheres!

Este ano comemora-se o centenário das aparições da Virgem de Fátima que decorreram entre Maio e Outubro de 1917 na Cova da Iria, em Portugal. O Santuário de Fátima, construído onde essas aparições tiveram lugar, é, juntamente com o Santuário de Lourdes, um dos principais centros internacionais de culto mariano visitado todos os anos por milhões de peregrinos de todo o mundo. Na verdade, num ano não-comemorativo visitam Fátima entre 4 a 5 milhões de pessoas, já Lourdes recebe cerca de 8 milhões de visitantes, Aparecida, no Brasil, 6,6 milhões, e Guadalupe, no México, ganha o prémio com cerca de 20 milhões de peregrinos por ano, constituindo-se assim como o maior centro de peregrinações do mundo em termos de número de visitantes.

Gonçalo Nuno Bello, proprietário de JUSTWINE

Gonçalo Nuno Bello

«A iniciativa tem de partir de nós. Bem ou mal, sigo o meu percurso».

Tem raízes na Galiza, é o oitavo de nove irmãos e perdeu os pais muito cedo – «tinha dezassete anos» – logo teve de «saber fazer pela vida». Gonçalo Nuno Bello, um dos proprietários da Justwine, empresa representante da marca Infinitae, Macao e Regente, que na passada terça-feira assinalou dez anos, com um jantar e uma prova de vinhos no hotel Sofitel – evento conjugado com a apresentação do Lucky 7, uma nova empresa distribuidora de Macau – revela a O’CLARIM vários aspectos da sua actividade profissional e o segredo para se ter sucesso nos negócios com a China.

Aparições de Maria Santíssima em Akita (Japão)

A Fátima do Oriente

A Fátima do Oriente

Em Akita, no ano de 1969, houve uma primeira aparição do anjo à irmã Agnes Sasagawa, do mesmo modo que, em 1917, aconteceu aos três pastorinhos numa colina próxima da Cova da Iria, em Fátima. Contudo, ao contrário de Fátima, Nossa Senhora não apareceu de forma física em Akita. No período compreendido entre 1969 e 1982, além das aparições do anjo e dos fenômenos místicos da irmã Agnes, a Sua presença fez-se sentir através de uma imagem que lacrimejou 101 vezes, verteu sangue, proveniente de um estigma da mão direita, e transpirou óleo de agradável perfume.

Bosquejos das Ancestrais Ilhas do Trato – II

Questões do Paraíso

Questões do Paraíso

Nos dias que se seguiram às explosões junto ao Sari Club, em Bali, a 12 de Outubro de 2002, os jornais, revistas e televisões de todo o mundo falavam de “paraíso perdido”, “inocência perdida”, “terror no paraíso” e coisas do género.

Como é óbvio, há imensas versões do paraíso e muitas maneiras de o encarar ou de o vislumbrar. Há mesmo quem o consiga descobrir, pelo menos partes dele, escondido, nos recônditos mais obscuros do inferno.

Mensagem do Santo Padre Francisco para a celebração do 50º Dia Mundial da Paz – 1 de Janeiro de 2017

MENSAGEM DO SANTO PADRE FRANCISCO PARA A CELEBRAÇÃO DO 50º DIA MUNDIAL DA PAZ

A não-violência: estilo de uma política para a paz.

“No início deste novo ano, formulo sinceros votos de paz aos povos e nações do mundo inteiro, aos chefes de Estado e de governo, bem como aos responsáveis das Comunidades Religiosas e das várias expressões da sociedade civil. Almejo paz a todo o homem, mulher, menino e menina, e rezo para que a imagem e semelhança de Deus em cada pessoa nos permitam reconhecer-nos mutuamente como dons sagrados com uma dignidade imensa. Sobretudo nas situações de conflito, respeitemos esta ‘dignidade mais profunda’ e façamos da não-violência activa o nosso estilo de vida.

Augusto de Athayde, Presidente da Ordem de Malta em Portugal

AUGUSTO DE ATHAYDE

Oficial e Cavaleiro.

Habita ali, ao Príncipe Real, não muito longe por onde deambulava Agostinho da Silva, um dos visionários de um desígnio luso que teima em não se cumprir. «Essa coisa do Quinto Império é algo que mexe comigo também», diz o nosso entrevistado.

O seu nome, faz questão, é para se dizer inteiro, não fosse ele monárquico dos sete costados.

Para debater Fé e Discernimento Vocacional

Papa marca Sínodo sobre os Jovens

Papa marca Sínodo sobre os Jovens.

Foi com alguma surpresa que os católicos ouviram nos Meios de Comunicação Social que o Papa tinha marcado um novo sínodo, para 2018, sobre os jovens. Francisco escolheu aquele que será, possivelmente, o tema mais difícil de abordar pela Igreja nos dias de hoje.

O Papa Francisco marcou para 2018 um sínodo dos bispos sobre a juventude. Com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, o Pontífice pretende dar “continuidade” ao sínodo sobre a família e à Exortação Amoris laetitia.

Bosquejos das Ancestrais Ilhas do Trato – I

Tatuadores, surfistas e um arquitecto de antanho

Tatuadores, surfistas e um arquitecto de antanho

No arquipélago indonésio, quando menos se espera, deparamos com pequenos detalhes, algumas pedras, pessoas, sempre, que de uma forma ou outra nos trazem à memória a passagem e estada dos portugueses por aquelas paragens. Não só no passado, como hoje também.

É o que mais de próximo existe do paraíso. Pequeníssimo ilhéu feito de coqueiros e fina areia branca ao largo de Lombok, Gili Meno pode ser percorrido a pé em apenas 60 minutos. A pé ou de carroça puxada por uma mula. Que veículos motorizados não há.

Arquipélago de Cabo Verde

Equidistância luso tropical

Equidistância luso tropical

Dez ilhas, meio milhão de habitantes, 500 quilómetros da costa africana, eis, em breves pinceladas, o quadro do arquipélago de Cabo Verde, o “destino tropical mais próximo da Europa”, como gosta de apregoar o turismo local. As ilhas da “morabeza”, equidistantes do norte da América e do sul de África, estão a meio caminho entre a América do Sul e a Europa Central. Posição geográfica desde sempre aproveitada, sendo Cabo Verde, ao longo dos séculos, ponto de paragem obrigatória para todas as embarcações rumo ao Oriente ou ao Brasil.

Oriente próximo Lusitano – 2

Arcabuzes, mapas e o punho de Rui Freire de Andrade

Arcabuzes, mapas e o punho de Rui Freire de Andrade

Ahmed Shekar, ancião local que se orgulha de ser um dos últimos a perpetuar a tradição oral em Ras-Al Khaimar, não tem dúvidas que essa gente de tez e olhos claros descende dos portugueses. «A seu respeito circulam inúmeras histórias, algumas delas meras lendas mas outras verdadeiras», diz. «Ainda hoje eles são temidos e respeitados pelos restantes árabes». Detentor de uma valiosa colecção de armas brancas e de fogo, Ahmed Shekar fez questão de me mostrar um arcabuz que afirma ser português. Dado o seu aspecto artesanal, é provável que a peça em questão remonte ao século XVI.

Oriente próximo Lusitano – 1

Muralhas, feições e aguardente de figo

Muralhas, feições e aguardente de figo

No mundo antigo era o incenso, hoje é o petróleo. A riqueza do sultanato de Omã. As suas potencialidades turísticas são, por agora, pouco mais do que isso. Potencialidades. Orla costeira com areais infindos e água cristalina. Desertos sem fim, aldeias de traça original. E fortalezas. Quantas delas obra dos portugueses. Chega-se hoje a Omã, ao aeroporto de Seeb (Sibo), exactamente no mesmo local onde, no século XVI, os lusos navegadores arribaram e ergueram um forte.

Representação do Mundo Pré e Pós-Descobrimentos

A ecúmena cristã

A ecúmena cristã

Ao ultrapassarem o Equador, penetrando no hemisfério austral e provando que tanto a África meridional como a América do Sul eram habitáveis, os navegadores portugueses vieram revolucionar a forma como era visto o nosso planeta ao longo de toda a Idade Média. Um conceito que conciliava o mito bíblico da Terra plana com a ideia grega de uma Terra redonda, arquitectados muitos séculos antes, respectivamente, por Crates de Malo (cerca de 160 a.C.) e Aristóteles (384-322 a.C.).

“Héber Marques Band” (HMB)

HMB

Evangélicos no Top.

Os HMB foram os portugueses que actuaram, na passada sexta-feira, no 19º Festival da Lusofonia. Foi em 2007 que tudo começou, quando Joel incentivou Héber a criarem uma banda onde pudessem inserir os temas que não cabiam no seu projecto de música evangélica. A fórmula dos HMB transporta-nos para a música Soul que nasce da mistura da energia Gospel com as melodias do Rhythm and Blues. A alma está lá!

Sentido Obrigatório

Uma vida feliz!

Uma vida feliz!

“A vida boa não é algo de genérico, fabricado em série, mas só existe por medida. Cada um precisa de a ir inventando de acordo com a sua individualidade, única, irrepetível… e frágil. No que se refere ao bem viver, a sabedoria ou exemplo dos demais podem ajudar-nos, mas não substituir-nos”.

Contra todos os ataques à Natureza Humana

Há Vida para aquém de Marte

Há Vida para aquém de Marte

Nada há de mais íntimo na vida do que a própria vida, para quem a dá e para quem a recebe.

A vida que nos deu origem e que, um dia, passará, é transmitida aos nossos filhos numa misteriosa cadeia biológica altamente sofisticada, quer a nível físico, psíquico ou mesmo espiritual.