Category Archives: Destaque

Cardeal D. Gaudencio Rosales esteve em Macau

D. Gaudencio Rosales

Filipinos no estrangeiro são os novos evangelizadores.

O antigo arcebispo de Manila, cardeal D. Gaudencio Rosales, esteve na passada segunda-feira em Macau, onde disse que «os Filipinos a viver no estrangeiro são agora os novos evangelizadores».

Nesse sentido, mostrou o desejo de que as pessoas não olhem apenas para eles em termos económicos: «Os filipinos levam a sua fé para onde quer que possam ir, seja para os Estados Unidos, Canadá, Hong Kong, China e Médio Oriente ou Europa», frisou, acrescentando que «é a contribuição das Filipinas para a Nova Evangelização que o Papa João Paulo II pediu».

Padre Luis Navarro, Reitor da Pontifícia Universidade da Santa Cruz, divulga cursos na RAEM

Padre Luis Navarro

Roma mais próxima de Macau.

O reitor da Pontifícia Universidade da Santa Cruz, padre Luis Navarro, esteve no passado sábado em Macau, onde divulgou os cursos daquela instituição de Ensino Superior com sede em Roma.

«O propósito da minha viagem foi promover a Universidade. Entrei em contacto com alguns bispos, com alguns ex-alunos, para ver a possibilidade de desenvolvermos a nossa cooperação ao nível da educação na Ásia, especialmente nos lugares referentes a esta minha viagem, que inclui Macau, Hong Kong e Coreia [do Sul]», disse o padre Navarro a’O CLARIM.

Cursos de Latim na Universidade de São José

CURSOS DE LATIM NA UNIVERSIDADE DE SÃO JOSÉ

Mais cultura, menos apatia.

A Universidade de São José (USJ) vai leccionar os cursos “Latim: Básico I” e “Latim: Básico II”, com trintas horas de duração cada, a serem ministrados pelo professor Roberto Ceolin. O primeiro curso decorre entre 21 de Fevereiro e 27 de Abril e o segundo entre 20 de Fevereiro e 10 de Abril.

«O Latim é parte fundamental e fundacional de uma cultura de que Macau, por via da sua História, veio a fazer parte, ainda que este território se encontre a mais de dez mil quilómetros de distância de Roma e da Europa», disse a’O CLARIM Roberto Ceolin.

Católicos respeitam o Ano Novo Chinês

Salutar convivência

Salutar convivência

«Há respeito mútuo. A minha família é católica, mas tem respeito pelas tradições chinesas, assim como os chineses [não católicos] respeitam as nossas tradições em Macau». É assim que o macaense Frederico Cordeiro caracteriza a salutar convivência durante o Ano Novo Chinês.

«É uma festividade com mais alegria em Macau. Quando era pequeno ia à rua para dizer “Kung Hei Fat Choi” às pessoas conhecidas e ao mesmo tempo recebia aqueles envelopes, com uma pataca no máximo, que eram só para solteiros, num gesto de me desejarem saúde e felicidade», lembra a’O CLARIM o presidente da Assembleia-geral da Associação de Hóquei de Macau, acrescentando que os pais lhe compravam «roupa nova de cor encarnada», sem esquecer «a queima de panchões, que acontecia em qualquer rua», dado que «não havia restrições».

Questões de Geomância Oriental

Macau lótus, Hong Kong rã

Macau lótus, Hong Kong rã

Diziam os especialistas da geomância chinesa, no já distante ano de 2004, ano do Macaco, que esse seria o primeiro de um ciclo de vinte anos de bom augúrio para a China. Macau e Hong Kong, obviamente, que seriam abrangidos por essa vaga. Macau gozava de bom feng shui, daí o sucesso registado por Edmund Ho, considerada “uma pessoa bastante afortunada”. O mesmo não se podia dizer do congénere Tung Chi Wa, cujo feng shui “não era tão bom”, daí os sérios problemas que enfrentou durante os últimos anos do seu consulado.

Museu da Ciência da Universidade de Coimbra

MUSEU DA CIÊNCIA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

De Camilo Pessanha ao “Silêncio” de Martin Scorsese.

Uma conversa à mesa do café do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, com José Casaleiro, rapidamente se estendeu até aos jesuítas e ao Colégio dos Jesuítas, do outro lado da rua no aglomerado académico da luso Atenas. E, como de actualidade se tratava, o badalado filme de Martin Scorsese, “Silêncio”, não ficou na prateleira.

Afinal a história fala de um jesuíta português, Cristóvão Ferreira.

Fernão de Magalhães inspira Sinulog

Devoção a Santo Niño

Devoção a Santo Niño.

«A estátua do Santo Niño vem do tempo de “Magellan” [Fernão de Magalhães]. É muito significativo. Toca-me mesmo muito na vida. Sinto-me feliz por participar no Sinulog aqui em Macau», disse a’O CLARIM Mimi Fronteras, em alusão à festividade católica com origem em Cebu, nas Filipinas, onde o explorador português terá oferecido a imagem representativa do Menino Jesus a Rajah Humabon e sua esposa, após chegar àquela ilha em 1521.

José de Carvalho e Rêgo (1928-2017)

JOSÉ DE CARVALHO E RÊGO

Mais um que nos deixa.

José de Carvalho e Rêgo, um dos fundadores d’O CLARIM, faleceu na manhã da passada sexta-feira no Hospital Conde de São Januário, vitima de insuficiência respiratória devido a complicações de saúde. Tinha 88 anos de idade.

Homem de rara inteligência, a quem a vida não foi favorável, é assim que o conceituado advogado Pedro Redinha lembrou «o amigo», que também foi jornalista.

Homenagem ao Padre Áureo Castro no Centenário Natalício

HOMENAGEM AO PADRE ÁUREO CASTRO

Recordar o homem e a obra.

A Academia de Música São Pio X, em colaboração com o Centro Diocesano dos Meios de Comunicação Social, organiza entre 15 e 22 de Janeiro a “Exposição Comemorativa do Centenário do Nascimento do Padre Áureo Castro”.

Trata-se de uma exposição multimédia de fotografias e partituras manuscritas, incluindo registos da digressão musical da Academia realizada em Agosto de 2013 à terra natal do padre Áureo. A mostra decorrerá diariamente, entre as 10 e as 17 horas, no corredor lateral da igreja de São Domingos.

No primeiro dia do ano a Igreja celebrou a Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus

A Mulher da História da Salvação

A Mulher da História da Salvação.

A Virgem Maria, Mãe de Deus, desde a Igreja Primitiva, foi muito amada e tida como dádiva excelsa de Deus para toda a humanidade. Ela no seu ventre imaculado, foi a “porta” por onde Deus feito homem entrou no mundo. Maria, foi o primeiro sacrário entre nós, a primeira morada de Nosso Senhor Jesus Cristo. Deus na sua divina misericórdia, no Seu plano de Salvação e resgate da humanidade, caída pelo pecado original, deu-nos uma Família Celeste, e nessa família temos conhecimento, pelas escrituras e tradição da Igreja, de arcanjos, anjos, os santos e Maria, Mãe de Deus. Juntos intercedem por nós, e em comunhão adoramos e louvamos Deus trino: Pai, Filho e Espírito Santo.

Epifania – Dia de Reis

A Manifestação do Senhor aos Reis da Terra

A Manifestação do Senhor aos Reis da Terra.

O dia da Epifania é mais conhecido entre nós como o Dia de Reis, comemorado tradicionalmente no dia 6 de Janeiro, ou, desde a reforma litúrgica de 1969/70, no Domingo entre os dias 2 e 8 de Janeiro.

O Nome da Festividade

A etimologia por trás da palavra Epifania é o verbo grego πιφαίνω “mostrar-se” ou “aparecer” e a sua tradução é “Manifestação”. Já Θεοφανεία “Teofania”, a palavra utilizada pela igreja grega, é composta de Θεός “deus” e φανεία “aparição”, traduzindo-se normalmente por “Manifestação de Deus”.

Mensagem de Natal de 2016 do Bispo de Macau

Mensagem de Natal de 2016 do Bispo de Macau

Voltamos ao abraço do Pai.

Enquanto estamos a olhar e contemplar o rosto do Menino Jesus, que está deitado na manjedoura – Deus omnipotente e Rei transformado em homem sob a forma de um bebé indefeso – experimentamos e testemunhamos, pessoalmente e colectivamente como humanidade, a Misericórdia de Deus. Não há nada que a humanidade precise mais do que a Misericórdia Divina, o amor benevolente e compassivo, que eleva o homem acima da sua fraqueza para a altura infinita da santidade de Deus.

Natal antigo dos Macaenses da Diáspora

NATAL ANTIGO DOS MACAENSES DA DIÁSPORA

União familiar.

Os macaenses que agora estão na diáspora tinham várias formas de celebrar a quadra natalícia durante a infância, quer vivessem em Macau ou em Hong Kong. O CLARIM falou com Cíntia do Serro, Alice da Luz, Mickey da Roza, Alberto Noronha, Arthur Achiam e Francis Xavier. E percebeu que a união familiar era o mais importante.

Mesa farta e presentes sem o Pai Natal em casa da avó são algumas recordações de infância de Cíntia do Serro, que reparte agora o seu tempo entre o Canadá, onde vive há quinze anos, Portugal e Macau.

D. Javier Echevarría Rodríguez (1932-2016)

D. Javier Echevarría Rodrígues

Pelo trabalho santificou.

Faleceu na passada segunda-feira em Roma o bispo D. Javier Echevarría Rodrígues, prelado do Opus Dei, após ser hospitalizado devido a uma infecção pulmonar. Tinha 84 anos de idade.

«Desejo dar a conhecer-vos e a todos os membros desta Prelatura as minhas mais profundas condolências, ao mesmo tempo que me uno à vossa acção de dar graças a Deus pelo seu testemunho paterno e generoso da sua vida sacerdotal e episcopal», escreveu o Papa Francisco, num telegrama enviado para expressar a sua profunda compaixão aos membros e ao vigário auxiliar do Opus Dei, Fernando Ocáriz Braña.

Peregrinação à Índia e ao Nepal na conclusão do Ano da Misericórdia

Ajuda de Macau dá frutos

Ajuda de Macau dá frutos.

Um grupo de 29 pessoas de Macau, de Hong Kong e da China continental, liderado pelo padre Jojo Ancheril, deslocou-se em peregrinação à Índia e ao Nepal, onde entre 21 de Novembro e 7 de Dezembro visitou alguns lugares sagrados e prestou auxílio aos mais carenciados.

«Fomos em peregrinação como parte da conclusão do Ano da Misericórdia. O propósito da nossa viagem foi visitar os locais de peregrinação de São Francisco Xavier e do apóstolo São Tomé.