Entre tecnologias novas e tradicionais

Entre tecnologias novas e tradicionais

DISCURSO DE PAOLO RUFFINI, PREFEITO DO DICASTÉRIO PARA A COMUNICAÇÃO DA SANTA SÉ, POR OCASIÃO DA XIX ASSEMBLEIA PLENÁRIA DOS MEMBROS DA ASSOCIAÇÃO DAS CONFERÊNCIAS EPISCOPAIS DA ÁFRICA ORIENTAL (AMECEA)

Mesmo tendo sido nomeado há pouco pelo Santo Padre prefeito do Dicastério para a comunicação da Santa Sé, eu não podia perder esta ocasião da vossa importante assembleia.

Permiti que eu comece expressando, em nome do Dicastério para a comunicação da Santa Sé, como nos sentimos felizes por termos sido convidados para participar na XIX assembleia plenária dos membros da Associação das Conferências Episcopais da África Oriental (Amecea).

Estou profundamente consciente de que, depois da Assembleia especial para a África do Sínodo dos bispos de 1994, os países da Amecea investiram muito nas emissoras de rádio diocesanas. Este investimento foi profético e prestou um óptimo serviço à Igreja desta região. Ao longo dos anos, em colaboração com a Rádio Vaticano, as vossas rádios diocesanas levaram não apenas o Evangelho, mas também a voz do Santo Padre a muitos lares católicos. Obrigado pela vossa coragem e pela vossa clarividência.

Apraz-me informar-vos que a reforma da mídia do Vaticano, conduzida pelo Dicastério, começa a dar os seus frutos. Hoje podemos ver uma crescente integração, colaboração e coesão entre os Meios de Comunicação da Santa Sé que até agora eram autónomos.

Por exemplo a Rádio Vaticano, que até hoje interagiu com as vossas estações de rádio na região da Amecea, foi integrada no Dicastério para a comunicação. Esta incorporação foi necessária, em parte, devido à mudança do panorama mundial da mídia. O contexto que estamos a viver viu uma significativa convergência dos Meios de Comunicação digitais. Trata-se de uma realidade que a Santa Sé não pôde ignorar.

A 4 de Maio de 2017, na sua mensagem à então Secretaria para a comunicação, durante a primeira assembleia plenária do Dicastério, o Papa Francisco disse-nos que, considerando a nova cultura digital no mundo, os Meios de Comunicação digitais precisavam de se inserir numa plataforma primária para difundir o Evangelho.

Não obstante a reforma dos Meios de Comunicação do Vaticano, na sua histórica mensagem de Maio de 2017 o Papa Francisco expressou também categoricamente o seu desejo de prestar atenção e cuidado aos países com escasso acesso às novas tecnologias digitais. A reforma da mídia do Vaticano não quer descuidar nem abandonar tais países, um número significativo dos quais está em África. A Rádio Vaticano continua a transmitir em novas plataformas digitais, mas conserva também as suas modalidades de transmissão tradicionais, como as ondas curtas para os países que ainda precisam deste serviço.

Assim como a Amecea, podeis contar também com a colaboração constante do Dicastério para a comunicação. No futuro, é desejável que possamos colaborar mais estreitamente para a realização do Dia Mundial das Comunicações Sociais, que celebra a mensagem do Santo Padre. Além de levar o anúncio do Evangelho e a voz do Santo Padre aos lares católicos, o Dicastério está determinado a anunciar ao mundo notícias sobre a vivaz Igreja de África, em todos os seus sucessos, bênçãos mas também desafios e dor.

Por fim, não é maravilhoso que a Amecea se reúna em Adis Abeba num momento em que a Eritreia e a Etiópia estão a iniciar um processo de paz? O Papa Francisco resumiu tudo há duas semanas, quando disse: «No meio de tantos conflitos, é necessário assinalar uma iniciativa que se pode definir histórica, e podemos considerá-la uma boa notícia: nestes dias, depois de vinte anos, os Governos da Etiópia e da Eritreia voltaram a falar de paz. Possa tal encontro acender uma luz de esperança para estes dois países do Corno de África e para todo o continente africano».

Embora eu não esteja fisicamente presente convosco em Adis Abeba, permiti que conclua garantindo-vos que o meu escritório está aberto se vierdes a Roma.

Finalmente, rezo a fim de que a colaboração existente entre a Amecea e o Dicastério para a comunicação da Santa Sé não só continue, mas também se fortaleça.

N.d.R. – A XIX assembleia plenária dos membros da Associação das Conferências Episcopais da África Oriental (Amecea) decorreu em Adis Abeba, capital da Etiópia, entre os dias 13 e 23 de Julho, sob o tema “Diversidade palpitante, igual dignidade, unidade pacífica em Deus na região”. Estiveram presentes bispos da Eritreia, Etiópia, Quénia, Malawi, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e da Zâmbia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *