Padre Peter Stilwell

Reitor da Universidade de São José fala sobre a Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau

Oportunidade de ouro para o Ensino Superior de Macau.

O reitor da Universidade de São José (USJ), padre Peter Stilwell, disse a’O CLARIM que a Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau é uma oportunidade para melhorar a qualidade do Ensino Superior na RAEM, tornando-o atraente o suficiente para captar um maior número de alunos do exterior.

«Temos muitas instituições de Ensino Superior para um território pequeno. Do ponto de vista natural, são muitas para a população de Macau. Só faz sentido se essas instituições forem de grande qualidade e tiverem os seus serviços à disposição de uma área mais abrangente do que apenas Macau», referiu o padre Stilwell.

A melhoria da qualidade do ensino «é algo em que o Governo tem apostado», sublinhou o reitor da USJ, dado que – no seu entender – «tem investido para que as instituições de Ensino Superior melhorem a qualidade em Macau, tornando-se desse modo atraentes a um público mais vasto».

Segundo o padre Stilwell, as condições são favoráveis à melhoria, mas é preciso que Macau queira que o seu Ensino Superior «seja algo mais do que apenas um serviço disponibilizado à população local» ou aos jovens que «são da China e não conseguem entrar nas universidades do continente, e procuram outras opções».

Em suma, sustentou que o panorama é favorável para que Macau se torne «numa plataforma», tendo em vista «algo interessante» ao nível do Ensino Superior na região da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. «Há todas as condições pois há apoio financeiro para o Ensino Superior, que pese embora precise dele há também outro retorno, pois vêm pessoas de fora que visitam Macau, conhecem o território e também a China», frisou.

 

Fórum de reitores China-PLP

A USJ está a organizar o 1º Fórum de Reitores da China e dos Países de Língua Portuguesa, em colaboração com o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior e a Universidade de Macau. O evento terá lugar nos dias 26 e 27 de Outubro do corrente ano. De acordo com o padre Stilwell, foram convidados reitores da China continental e dos Países de Língua Portuguesa para discutirem o desenvolvimento do Ensino Superior na perspectiva do conceito “Uma Faixa, Uma Rota”.

«Há a indicação que a Grande Baía deve trabalhar em conjunto, não apenas em termos das indústrias como também no Ensino Superior. Uma aliança foi formada nesse sentido entre instituições de Hong Kong, Macau e Guangdong. É um grande número de instituições. Tivemos uma reunião de reitores em Cantão há alguns dias. É algo que vai ser muito interessante para Macau», vincou o reitor da USJ.

PEDRO DANIEL OLIVEIRA

pedrodanielhk@hotmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *