MÚSICA TRADICIONAL DEBATIDA EM CONFERÊNCIA MUNDIAL

Música Tradicional debatida em Conferência Mundial

Honras ao Seminário de São José

A rica tradição musical desenvolvida pelos sacerdotes do Seminário de São José foi o mote para a apresentação de três estudos na 44ª Conferência Mundial do Conselho Internacional para a Música Tradicional, realizada este ano na Universidade de Limerick, na Irlanda. No evento participaram Veiga Jardim, investigador brasileiro radicado no território que se dedica à musicologia histórica, Margaret Lynn, pianista a exercer funções de consultora na Academia de Música São Pio X, e Jen-yen Chen, da Universidade Nacional de Taiwan, que integraram o painel subordinado ao tema “Música, Religião e Identidade de Macau: As Dinâmicas da Prática da Música Sacra no Contexto Multicultural Colonial”. Veiga Jardim abordou aspectos relacionados com a importância do ensino da música no Seminário de São José, bem como o seu significado para a vida musical e cultural de Macau, entre 1820 e 1939. Na ocasião, lembrou o trabalho do missionário lazarista Joaquim Afonso Gonçalves (1781-1834), do seu aluno José Martinho Marques (1810-1867), do padre António José Gonçalves Roliz (1873-1934) e do padre Jacob Lau (1871-1951). A vida e obra do padre Áureo Castro (1917-1993), figura incontornável da história da música de Macau e uma das mais célebres personalidades que passaram pelo Seminário, foi o tema do estudo apresentado por Margaret Lynn. Jen-yen Chen abordou as repercussões do Movimento Ceciliano em Macau, em particular nas obras sacras do padre Wilhelm Schmid (1910-2000), professor de música do Seminário de São José.

P.D.O.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *