Jornal O Clarim

Semanário Católico de Macau

Escolas salesianas em festa
Local Todas as Categorias

Igreja Católica Celebrou Ontem São João Bosco

Escolas salesianas em festa.

A Igreja Católica celebrou ontem São João Bosco, sacerdote italiano, fundador da Sociedade de São Francisco de Sales, constituída no dia 18 de Dezembro de 1859. A congregação religiosa está vocacionada para a educação dos jovens. São João Bosco, fundador dos Salesianos, por assim dizer, elegeu São Francisco de Sales – este celebrado pela Igreja no dia 24 de Janeiro – para patrono da congregação. Daí o nome “Salesianos”. Em Macau não esqueceram o seu fundador. Saiba como.

Em Macau as escolas salesianas iniciaram o dia dedicado ao santo fundador, na sua maioria, logo pelas 8 horas e 30 da manhã, com a celebração da Santa Missa para todos os alunos, professores e funcionários. Assim aconteceu, por exemplo, no colégio Yuet Wah e no Instituto Salesiano, junto à igreja de São Lourenço. Seguiram-se diversas actividades e jogos. Isentos de aulas, os jovens e a comunidade académica salesiana viveram a alegria e o espírito fraterno que Dom Bosco tanto promoveu.

São João Bosco nasceu em Castelnuovo d’Asti, no Norte de Itália, a 16 de Agosto de 1815. Ainda pequeno teve um sonho com Nossa Senhora, que lhe fez intuir a sua vocação: dedicar-se à educação da juventude. Desde logo, começou a entreter os companheiros com jogos que alternava com a oração e a instrução religiosa.

Ao longo da vida teve experiências místicas e alguns sonhos proféticos. Num desses sonhos viu uma grande embarcação que navegava num oceano tempestuoso. Aproximando o olhar, percebeu que no comando da nau estava o Papa. Quando o perigo aumentou, surgiu de cada lado da nau uma coluna, o que impediu o naufrágio. Detendo-se nestas, percebeu que em cima de uma das colunas estava a Hóstia, num ostensório dourado, e na sua base a inscrição “Salus credentium” (Salvação dos que crêem); e no alto da outra coluna estava a imagem de Nossa Senhora e na base desta as palavras “Auxilium Christianorum” (Auxiliadora dos Cristãos). Ao acordar, Dom Bosco percebeu que Deus lhe mostrava a realidade da Igreja Católica no mundo.

Ao longo da vida Dom Bosco fundou centros juvenis, escolas e dedicou-se à boa imprensa e às missões. «Basta que sejais jovens para que eu vos ame», costumava dizer.

Foi a partir de 8 de Dezembro de 1841 que o jovem sacerdote João Bosco, ordenado em Junho desse mesmo ano, começou a recolher e a educar os jovens mais abandonados e a convidar os que estavam na prisão para que, quando saíssem, se dirigissem ao Oratório. Assim se chamava o lugar onde o sacerdote reunia, divertia, educava e ensinava os jovens a redescobrir a dignidade das suas próprias vidas, enquanto filhos de Deus. No Oratório podiam encontrar campos para jogar, salas, oficinas, e dormitório e refeitório para os alunos internos. Estava também dotado de uma Igreja para as orações, canto e catequese.

Quando morreu, a presença de Dom João Bosco já se havia difundido pelo mundo. À data da sua morte (31 de Janeiro de 1888) os Salesianos estavam presentes em cinco países da Europa e em cinco da América.

Miguel Augusto 

 com www.salesianos.pt

LEAVE A RESPONSE

Your email address will not be published. Required fields are marked *