ELEIÇÕES PARA A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA 2017

Eleições para a Assembleia Legislativa 2017

Chan Meng Kam apresenta duas listas.

Chan Meng Kam, o grande vencedor das legislativas de 2013 com a eleição de três deputados, vai apresentar duas listas em 2017, estando a ponderar assumir o cargo de deputado nomeado, caso Fernando Chui Sai On lhe venha a endereçar o convite, mantendo ainda o assento que ocupa no Conselho Executivo, soube O CLARIM no início desta semana.

A primeira lista será encabeçada por Si Ka Lon e a segunda por Ung Choi Kun. Os números dois serão Song Pek Kei e Si Li Ya, respectivamente.

Depois de ter abandonado a Assembleia Legislativa (AL) em 2013, Ung Choi Kun irá regressar à politica activa, sendo actualmente um dos mais acérrimos defensores da proposta de interpretação relativa à Lei de Terras.

Nas últimas eleições a lista liderada por Chan Meng Kam contabilizou mais de quatro mil votos nulos, que se fossem válidos e dirigidos a uma segunda lista daria para eleger um quarto deputado. Consequentemente, Chan Meng Kam não teria entrado com qualquer pedido de recontagem de votos no Tribunal de Última Instância.

A segunda lista mais votada em 2013 foi a da Associação dos Conterrâneos de Kong Mun, encabeçada por Mak Soi Kun e secundada por Zheng Anting, devendo os interesses empresariais que “patrocinam” este duo manter os mesmos nomes na corrida à Assembleia Legislativa. O grande objectivo desta facção é a eleição de um terceiro deputado.

A principal atracção das eleições será a disputa entre Chan Meng Kam e os empresários representados por Mak Soi Kun, não sendo esperadas alterações significativas no actual figurino da AL.

Os catorze assentos reservados aos deputados eleitos pela via directa deverão voltar a ser tomados pelas associações com maior capacidade mobilizadora, o que permitirá ao Governo manter e reforçar as relações entretanto firmadas com os seus dirigentes.

O prazo do recenseamento eleitoral termina a 31 de Dezembro de 2016, a nove meses das eleições. Embora haja pedidos nesse sentido, o Executivo tarda em lançar uma campanha de sensibilização com o objectivo de aumentar o número de recenseados.

 

Nomeados

Quanto aos sete deputados nomeados, tudo aponta que sejam indicados pelo Governo Central, à semelhança do que aconteceu com a nomeação de quatro altos titulares de cargos públicos, aquando da reeleição de Chui Sai On, nomeadamente o comissário contra a corrupção e os secretários para a Administração e Justiça, Segurança, e Transportes e Obras Públicas, sendo este último um pedido da comunidade macaense por força da aposentação do antigo comandante-geral dos Serviços de Polícia Unitários, José Proença Branco.

José Miguel Encarnação

Jme888@gmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *