António Conceição Júnior foi orador em Palestra sobre Afonso de Albuquerque

ANTÓNIO CONCEIÇÃO JÚNIOR

Um cruzado fora de tempo.

O escritor e artista António Conceição Júnior foi o orador da palestra “Afonso de Albuquerque – Rumo ao Apogeu Militar dos Descobrimentos”, que decorreu ontem na Galeria da Fundação Rui Cunha.

«Há vários aspectos a considerar da sua personalidade, nomeadamente a sua enorme coragem, mas igualmente a probidade, a capacidade de liderança e a visão que permitiu não apenas um mare clausum para os portugueses, mas também a abertura para mais Oriente», disse a’O CLARIM António Conceição Júnior, acrescentando que «Albuquerque fomentou não apenas os golpes de espada, mas também os de amor, de que resultaram miscigenações várias bem características dos portugueses».

Muitos dos seus feitos foram movidos pela fé católica. Afonso de Albuquerque tinha inclusivamente a ideia de conquistar Meca. Para Conceição Júnior, «Albuquerque era um cruzado fora de tempo», mas «para conquistar Meca faltaram-lhe cavalos e homens», pois «nunca comandou mais do que quatro mil e quinhentos».

Se algo mudaria no mundo, caso a conquista de Meca fosse bem sucedida, não pode responder com rigor, «porque comporta uma dose de futurologia». «De qualquer forma, não creio, baseando-me nos territórios conquistados», dado que «os portugueses estiveram em muitos lugares do Índico, de Ormuz às Molucas e, tirando raras comunidades cristãs, tudo mudou em cinco séculos», frisou.

Por outro lado, sustentou que Portugal não fez ainda justiça a Afonso de Albuquerque. «Foi mal-amado pelo “Venturoso” [rei D. Manuel] e como tinha sob o seu comando homens que, não respeitando a hierarquia, escreviam directamente ao rei, queixando-se do grande almirante [Afonso de Albuquerque], mais uma vez um rei tratou mal um homem bem maior que ele e que o serviu lealmente. Substituí-lo pelo seu pior inimigo foi absolutamente inadmissível e serviu para levar o grande almirante a morrer totalmente desanimado», concluiu.

P.D.O.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *