Daily Archives: March 9, 2018

Maria Amélia António, Advogada e Presidente da Casa de Portugal em Macau

Maria Amélia António

«Há um espírito segregacionista em certas faixas sociais».

Voltada para a promoção da cultura portuguesa, a Casa de Portugal em Macau também presta um importante apoio social a determinados membros da comunidade que serve. A colaboração tem sido estreita com o Consulado Geral de Portugal, assume Maria Amélia António. A presidente da agremiação recusa o rótulo de “falta de união” que muitas vezes caracteriza os portugueses a viver no território. A’O CLARIM, a advogada disse estar assustada com a atitude de certas faixas sociais, dado que promovem um espírito segregacionista.

Apelo urgente dos Salesianos sobre a Guerra na Síria chega a Macau

Contra a manipulação de informação do Ocidente

Contra a manipulação de informação do Ocidente.

Num apelo urgente tornado público recentemente, o padre Mounir Hanachi, reitor do Oratório dos Salesianos em Damasco (Síria), deseja “quebrar o silêncio absoluto sobre a tragédia que o povo sírio está a viver, já sem falar na manipulação de informação por parte de variadíssimos Órgãos de Comunicação Social do Ocidente”.

A missiva foi escrita enquanto a capital síria passava por momentos de grande dificuldade, à imagem do que tem sucedido nos últimos sete anos de guerra na Síria.

Trabalhadoras não-residentes revelam preocupação com a subida das taxas de parto no Hospital Público

Nascimentos ilegais poderão aumentar

Nascimentos ilegais poderão aumentar.

A proposta dos Serviços de Saúde (S.S.) para o aumento das taxas moderadoras de parto para não-residentes e turistas, no Centro Hospitalar Conde de São Januário, está a deixar apreensivas as comunidades locais de imigrantes das Filipinas, da Indonésia e do Vietname. A’O CLARIM, três trabalhadoras não-residentes assumiram que «não basta» serem honestas para terem um tratamento mais condigno em Macau.

Joan (nome fictício), natural das Filipinas, está no território há quatro anos.

Diferença entre conhecê-lo e negá-lo

O deus dos ateus

O deus dos ateus.

Ateu – termo de origem grega, derivado da palavra theos (deus), à qual se antepôs o prefixo (a) que é uma negação – é aquele que não acredita na existência de Deus. Porém, quando uma pessoa se considera ateia é importante perceber e esclarecer qual a ideia que ela tem de Deus pois, seguramente, o deus que nega não é o mesmo Deus em que os cristãos acreditam.

No decorrer da história o ateísmo teórico foi esporádico, pontual e minoritário.

Caminho para a Páscoa

O Lava-pés, manifestação de humildade

O Lava-pés, manifestação de humildade.

DECRETO

IN MISSA IN CENA DOMINI

A reforma da Semana Santa, realizada através do decreto “Maxima Redemptionis nostrae mysterio” (30 de Novembro de 1955), determinou que por motivos pastorais se fizesse o Lava-pés a doze homens durante a Missa da Ceia do Senhor, depois da leitura do Evangelho segundo São João, manifestando a humildade e o amor de Cristo para com os seus discípulos.

Capa 09-03-18

Capa 09-03-18

29º Festival de Arte de Macau

FAM 2018

Programa de Formação da Fé Católica

Só para quem se quiser transformar

Só para quem se quiser transformar

Entre amanhã e Dezembro, no cartório da diocese de Macau, vai ter lugar o Programa de Formação da Fé Católica da Paróquia da Sé, todos os sábados, entre as 20 e as 22 horas.

«O Catolicismo é mais do que uma religião. A sua essência não é o castigo, nem o pecado, o dever e as obrigações ou os rituais coloridos. É a transformação dinâmica. Não pode acontecer se não conhecermos bem a nossa fé», disse a’O CLARIM o dinamizador da iniciativa, padre Leonard Dollentas.

Fotolegenda

Almoço de Primavera

ÁGUA PRIMAVERIL

Responsáveis da Macao Water e dos Órgãos de Comunicação Social posam para a posterioridade no “Almoço de Primavera com os Media”. Durante o evento, que decorreu na passada quarta-feira, foi anunciado um pacote de investimentos em Seac Pai Van, com o objectivo de reduzir a dependência de Coloane em relação à Península de Macau, no que respeita ao abastecimento de água.

Língua Portuguesa na Ásia – II

Embaixadores, intérpretes e missionários

Embaixadores, intérpretes e missionários

Nomeado para o cargo pelo capitão Fernão de Albuquerque, Afonso Vicente, “casado e leal à coroa”, seria o primeiro embaixador luso a estabelecer residência na corte do Achém. Ali viveu até 1602, como nos dá conta o piloto John Davies. Informa ainda este inglês, em 1599, que Vicente ostentava “o título de Dom” e tinha como principal tarefa evitar que os holandeses se estabelecessem naquelas apetecíveis paragens. Aliás, o português seria acusado pelos homens da VOC de ter sido o incitador da surtida aos navios da armada de Cornelis van Houtman, na sequência da qual viria a sucumbir esse almirante.

Ricardo Conceição

Ricardo Conceição

Memórias? Que sejam do passado!

A imagem da Baía da Praia Grande, com as suas casas e palacetes, com a água e a azáfama que ali se vivia, é algo que nunca irá esquecer e que trouxe consigo quando deixou Macau da primeira vez. Corria o ano de 1960, mais concretamente o mês de Novembro, quando no território o clima é ameno e prazenteiro e as pessoas saem à rua ao fim do dia.

Ricardo Conceição, ou doutor Ricardo Conceição, tinha dezassete anos e rumou à “metrópole” para cursar aquilo que o viria a tornar conhecido.

Nova Publicação de Maria Teresa Compte

“Dez coisas que o Papa Francisco propõe às mulheres”

“Dez coisas que o Papa Francisco propõe às mulheres”

O Papa assinou o prefácio de um livro dedicado às mulheres, que foi apresentado na passada quarta-feira, mostrando-se preocupado com “a persistência de uma certa mentalidade machista”, mesmo nas “sociedades mais avançadas”.

Francisco denuncia a violência contra as mulheres, objecto de “maus-tratos, tráfico e lucro”, bem como a exploração de “certo tipo de publicidade e na indústria do consumo e da diversão”.

Filosofia, uma dentada de cada vez (54)

E o que temos sobre a Dignidade?

E o que temos sobre a Dignidade?

Da última vez falámos sobre a nossa singularidade, a nossa individualidade, a nossa personalidade. Estudos científicos demonstraram-nos que 99,99 por cento do DNA de uma pessoa é o mesmo para qualquer outra pessoa, mas que o remanescente 0,01 por cento é único a cada um de nós, mesmo no caso de gémeos idênticos (aparecem pequenas mutações [alterações] quando crescem).

A singularidade de cada um inclui sermos macho ou fêmea. A biologia diz-nos que a existência ou ausência do cromossoma “Y” determina que um indivíduo seja macho ou fêmea.

Fórmula 1 – Época de 2018

Mercedes à frente... em testes inconclusivos

Mercedes à frente… em testes inconclusivos

Após as férias, curtas para uns, longas para outros, a Fórmula 1 regressou ao trabalho, como sempre em Espanha, no Circuito de Barcelona-Catalunha, um autódromo que também já se chamou Montmeló. Os nomes referem-se ao local onde se disputa o Grande Prémio de Espanha de Fórmula 1 e muitas outras competições de carros e motos durante todo o ano.

Construído em 1991 é o local de eleição para os primeiros testes da categoria, sendo ali realizados todos os anos durante quatro dias entre finais de Fevereiro e início de Março, e mais quatro dias duas semanas depois.

Bengala e o Reino do Dragão – 18

A árvore de Cacela e Cabral

A árvore de Cacela e Cabral

Prolongam-se os mencionados “jardins de Rangamati” até ao sopé da montanha butanesa de onde brotam as águas do Kaljani, afluente do Torsha, o grande rio que nasce no Butão e as planícies irriga antes de desaguar no Bramaputra. Na sua margem direita se cravou e expandiu Jaigaon.

As ruas da cidade vestem-se essa tarde com grupos de foliões de rosto coberto com pó colorido numa espécie de celebração antecipada do holi, festividade hindu agora em voga após ter sido integrada à pressão, por óbvias razões mercantilistas, no calendário festivaleiro de uma já gasta Europa em busca de novas sensações.