Cardeal Turkson

Nações Unidas

Cardeal Turkson defende «controlo democrático sobre a economia»

O presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz da Santa Sé defendeu que a política deve «restabelecer o controlo democrático sobre a economia e as finanças» numa reunião sobre mudanças climáticas na sede da ONU, em Nova Iorque.

«É necessário que a comunidade humana reveja seriamente o modelo dominante de desenvolvimento, produção, comércio e consumo. O maior desafio não é científico e tecnológico mas está nas nossas mentes e nossos corações», alertou o cardeal D. Peter Turkson na passada segunda-feira, nos Estados Unidos.

«A política deve restabelecer o controlo democrático sobre a economia e as finanças», afirmou o prelado, destacando o apelo do Papa Francisco a encontrar novos modelos para o progresso.

Na reunião de com os responsáveis da ONU, o cardeal ganês assinalou que na encíclica “Laudato Si” o Papa Francisco evidencia a ligação entre «pobreza e a fragilidade do planeta».

«O clima é um bem comum, de todos e para todos. Se a tendência actual continuar, este século poderá ser testemunha de mudanças climáticas até então desconhecidas e de uma destruição sem precedentes nos ecossistemas, com graves consequências para todos», desenvolveu o cardeal.

O presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz desejou que os estudos da ONU sobre mudanças climáticas, por especialistas do grupo intergovernamental, possam sensibilizar as pessoas «em profundidade» para verem e sentirem «como os pobres sofrem e como a Terra é maltratada».

In ECCLESIA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *