MOVIMENTO “OCCUPY CENTRAL”

Movimento “Occupy Central”

Dois activistas condenados

Dois activistas pró-democracia de Hong Kong, incluindo Alvin Cheng, do grupo “Civic Passion”, foram ontem condenados por impedirem que oficiais de justiça desbloqueassem um local de protesto em Mong Kok durante o movimento “Occupy”.

Alvin Cheng, que foi candidato ao Conselho Legislativo nas eleições de Novembro do ano passado, foi condenado a três meses de prisão, enquanto Au Yuk-kwan foi sentenciado a uma multa de dez mil dólares de Hong Kong e um mês de prisão com pena suspensa durante um ano, segundo a Imprensa de Hong Kong.

Os dois activistas estavam entre um grupo de 17 pessoas acusadas de desafiarem a ordem do tribunal para a remoção das barricadas das ruas em Novembro de 2014. Cheng e Au Yuk-kwan tinham-se declarado culpados em tribunal, enquanto outros declararam-se não culpados.

O juiz do tribunal superior Andrew Chan Hing-wai disse que uma sentença dissuasora era necessária para acções de grande escala que desafiem ordens judiciais, de modo a proteger o Estado de Direito.

“A vossa conduta não embaraça este tribunal, desafia a sua própria existência”, disse o juiz.

A sentença dos dois coincidiu com o primeiro dia em que nove líderes do movimento pró-democracia “Occupy Central”, em 2014, acusados de perturbação da ordem pública, foram presentes a tribunal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *