Missa em Honra de Mateus Ricci

Aurelio Porfiri estreou missa em honra de Mateus Ricci

Vozes angélicas

«São vozes angélicas!» Foi desta forma que o músico timorense Simão Barreto congratulou o maestro Aurelio Porfiri, após o Concerto da Estreia Mundial da Missa em Honra de Mateus Ricci, realizado no passado Domingo, 26 de Abril, na igreja do Seminário de S. José, cujos lugares foram totalmente ocupados trinta minutos antes da hora marcada.

A referida missa inclui, além dos elementos obrigatórios (Kyrie, Gloria, Credo, Sanctus e Agnus Dei), as antífonas de entrada “Ego elegi vos” e de comunhão “Manete in me” que caracterizam a intenção de Mateus Ricci na evangelização da China.

O programa foi preenchido por outras peças da autoria de Aurelio Porfiri, compostas depois de se fixar em Macau, em 2008. Por essa razão, auto-intitula-se como músico de Macau de arte sacra.

Participaram os coros da Academia de Música São Pio X, do Colégio de Santa Rosa de Lima, da Escola de Nossa Senhora de Fátima e de São Tomás, e ainda a banda de sopro Macau Wind Chamber. O órgão esteve a cargo de Anne Lam, directora musical e organista principal da capela Chung Chi, da Universidade Chinesa de Hong Kong.

D. José Lai, bispo de Macau, e o padre Artur Wardega, director do Instituto Ricci, estiveram presentes no concerto.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *