“Workshop” para elevar a liderança nas escolas católicas

Superintendentes ouviram a experiência de Hong Kong

Superintendentes ouviram a experiência de Hong Kong

A Comissão Diocesana da Educação Católica organizou recentemente, no Instituto Cardeal Newman, um “workshop” de superintendentes, com o objectivo de promover o desenvolvimento da liderança ao nível das escolas diocesanas de Macau. O evento contou também com a participação de directores de vários estabelecimentos de ensino católico.

Para a ocasião, foram convidados três conselheiros da Comissão Diocesana, que partilharam a forma como Hong Kong tem vindo a implementar a “gestão de base nas escolas” e a “Comissão de Gestão incorporada”.

Francis Chan, que frequentou a escola primária em Macau, disse estar convicto que o ensino pode preparar o futuro da educação religiosa local, dado que a «formação profissional ajuda a melhorar a receptividade por parte das escolas, resultando daí o aumento da qualidade na docência».

Já Peter Lau, delegado episcopal para a educação da diocese de Hong Kong, realçou a importância das directrizes relacionadas com a visão e a missão nas escolas. «É responsabilidade das escolas católicas ajudar os professores e estudantes a serem santificados», sublinhou, frisando que nos estabelecimentos de ensino de matriz católica deve haver um equilíbrio entre servir a Deus e a tradição dos comportamentos seculares para que haja um melhor ambiente de aprendizagem.

Por seu lado, o consultor do Gabinete de Educação Católica da Diocese de Hong Kong, Antony Yip, abordou o relacionamento entre os superintendentes e os directores, mencionando que os primeiros «acompanham», em vez de serem «subordinados».

«A confiança e o apoio ao nível dos membros da direcção, dos superintendentes e dos directores são a chave para a resolução de problemas, bem como para gerir a administração e o ensino com suavidade e seriedade», vincou.

Benedict Keith Ip

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *