Grande Prémio de Macau

Jovens pilotos anseiam regressar à Guia

Jovens pilotos anseiam regressar à Guia

O britânico Daniel Ticktum, vencedor da épica Taça do Mundo de Fórmula 3, revelou a’O CLARIM que pretende voltar no próximo ano para defender o título conquistado no Circuito da Guia.

«Vou regressar no próximo ano, sim… Para defender o meu título!», referiu o inesperado vencedor da corrida de Fórmula 3, após o brasileiro Sérgio Sette Câmara e o austríaco Ferdinand Habsburg terem batido contra o muro, na última curva da prova, quando lutavam pelo primeiro lugar.

Lando Norris, 2º classificado, também deseja regressar ao território, embora tenha admitido que na próxima temporada não vai disputar qualquer campeonato de Fórmula 3: «Gostaria de planear [o regresso a Macau]. Não sei ainda se volto. Vamos decidir o que fazer no próximo ano e ver se poderemos então regressar. Claro que se puder voltar julgo que não há melhor equipa do que [correr] com a Carlin».

O piloto britânico, apoiado pela equipa da McLaren, também não adiantou muito sobre o seu futuro. «Esta foi a minha última corrida [na categoria]. A partir de agora, a única corrida que poderei disputar na Fórmula 3 será esta no próximo ano. Assim sendo, irei para outra categoria, mas ainda não decidimos qual. A Fórmula 2 era a mais certa, mas ouve um retrocesso. Estamos perto de uma decisão, embora não haja ainda uma confirmação definitiva», frisou Lando Norris, em conferência de Imprensa, no final da prova do passado Domingo.

O Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC, na sigla inglesa) está ao rubro, após a jornada dupla em Macau. A atribuição do título mundial, a ser decidido no Qatar, resume-se à luta entre o sueco Thed Bjork (Volvo Polestar) e o húngaro Norbert Michelisz (Honda). «Estou focado em vencer o campeonato. Ainda estou atrás na classificação [255,5 contra 249 pontos]. Espero uma Volvo forte. Vou fazer o meu melhor no Qatar», disse a’O CLARIM Norbert Michelisz, no final da segunda corrida.

Na prova de motos a tragédia voltou a ensombrar o Circuito da Guia com a morte do britânico Daniel Hegarty na Curva dos Pescadores, em resultado de um acidente no mesmo local onde há cinco anos o português Luís Carreira perdeu a vida. Glenn Irwin (Ducati) foi declarado vencedor, à frente dos também britânicos Michael Rutter (BMW) e Peter Hickman (BMW).

Nas outras corridas o ítalo-suíço Edoardo Mortara (Mercedes-AMG Team Driving Academy) confirmou o rótulo de “Mr Macau”, ao conquistar a Taça do Mundo GT da FIA, ajudando ainda a sua equipa a ganhar o título de construtores. Já Leong Ian Veng (Macau David Racing Team) foi o vencedor da Taça de Carros de Turismo de Macau (1º na geral), classe 1950cc ou superior, enquanto Jerónimo Badaraco (9º na geral) venceu a classe 1600cc Turbo. Hélder Assunção (Tianjin LEO Racinq) cruzou a linha de chegada no primeiro lugar da Taça da Corrida Chinesa.

PEDRO DANIEL OLIVEIRA

pedrodanielhk@hotmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *