Estudantes de Macau em Intercâmbio Cultura no Japão

ESTUDANTES DE MACAU EM INTERCÂMBIO CULTURAL NO JAPÃO

Aprender bons hábitos com o vizinho.

Vinte e cinco estudantes de Macau estão a participar numa viagem de intercâmbio cultural ao Japão, organizada pela Associação de Educação e Investigação Honlam.

O objectivo da visita, que decorre entre os dias 17 e 27 de Julho, e percorre as cidades de Nagasaki, Quioto e Osaka, é o de fortalecer a compreensão dos jovens japoneses e dos costumes e hábitos locais de autodisciplina dos estudantes que frequentam o Ensino Secundário.

Na deslocação à Escola Seido Mikawadai, em Nagasaki, efectuada na passada terça-feira, o director do estabelecimento de ensino, Yuji Hirota, ao receber calorosamente o grupo de alunos, sublinhou no seu discurso de boas-vindas o benefício de promover o encontro cultural com os estudantes do território, algo que aconteceu pela primeira vez nesta escola, dado que anteriormente receberam estudantes da Austrália, das Filipinas e de Hong Kong.

Os estudantes de Macau, maioritariamente do Ensino Secundário, tiveram a oportunidade de assistir às aulas de Inglês, de Música e de Ciência, sem esquecer a aula especial de culinária japonesa, vivenciando em primeira-mão a experiência de preparar sopa de miso e arroz japonês, que provaram depois.

Além disso, sendo a última das aulas do dia, também realizaram, juntamente com alunos japoneses, o trabalho de limpeza das salas de aula e do edifício. Durante o dia, houve ainda lugar para a troca de presentes com os alunos da escola.

«Os estudantes de Macau ficaram impressionados com a limpeza e a ordem de toda a cidade de Nagasaki. Ficaram também maravilhados com a honestidade dos cidadãos. Um dos participantes perdeu o telemóvel durante a manhã e outro deixou uma garrafa de água na sala de jantar. Quando o grupo regressou da actividade escolar, o telemóvel e a garrafa de água estavam na recepção [do Albergue de Juventude do Centro Católico] prontos a serem reclamados», referiu Joseph Sy-changco, o chefe da comitiva.

Antes do início da viagem foi levado a cabo um programa de estudo de seis meses para as línguas japonesa e inglesa, e uma série de sessões de partilha entre pais e alunos para permitir que os participantes adquirissem conhecimentos e assimilassem diferentes aspectos da sociedade japonesa e hábitos de comunicação.

P.D.O. com J.M.M.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *