Líderes religiosos recebidos pela Comissão Europeia

Sociedade

Líderes religiosos recebidos pela Comissão Europeia

A Comissão Europeia acolheu, na passada terça-feira, em Bruxelas, a reunião anual com representantes de comunidades religiosas presentes em território comunitário, dedicada ao tema das “migrações, integração e valores europeus”.

A Comissão dos episcopados católicos da União Europeia (COMECE) foi representada por dois bispos, saudando em comunicado enviado à Agência ECCLESIA o “diálogo aberto e construtivo” com o vice-presidente da Comissão, Frans Timmermans.D. Jean Kockerols, vice-presidente da COMECE, falou da crise provocada pelo afluxo de migrantes e refugiados ao Velho Continente que “colocou em causa a unidade” europeia, tanto do ponto de vista política como “no seio das Igrejas”.

O bispo auxiliar de Bruxelas recordou, por outro lado, o esforço de solidariedade das comunidades cristãs no acolhimento aos refugiados.

“A Igreja não pode deixar de lembrar que cada refugiado tem direito a um tratamento equitativo e humano. A questão de uma solução comum para a crise dos refugiados é uma questão que toca diretamente os valores e o futuro da Europa”, acrescentou.

Já D. Czeslaw Kozon, bispo de Copenhaga e outro dos vice-presidentes da COMECE, sublinhou a importância da reunificação familiar e do respeito pela liberdade religiosa.

O encontro anual entre a Comissão Europeia e os líderes religiosos decorre à luz do artigo 17.º do Tratado de Lisboa.

 

Ecumenismo em Istambul

Uma delegação da Santa Sé deslocou-se a Istambul para assinalar a festa de Santo André, patrono do Patriarcado ecuménico de Constantinopla (Igreja Ortodoxa), que se celebra a 30 de Novembro.

A comitiva foi liderada pelo cardeal D. Kurt Koch, presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos.

O cardeal Koch entregou ao Patriarca ecuménico Bartolomeu uma mensagem assinada pelo Papa Francisco.

A delegação da Santa Sé acompanhou a solene liturgia celebrada na igreja patriarcal de São Jorge.

A visita dos responsáveis do Vaticano, uma tradição anual, retribui a ida de uma delegação do Patriarcado de Constantinopla a Roma, no dia 29 de Junho, pela solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *