Os 12 desejos da ATFPM para 2017

Revelados durante a Festa Anual da Associação

Os 12 desejos da ATFPM para 2017

Na presença do Chefe do Executivo e do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, foram lidos os doze desejos da Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau (ATFPM) para o próximo ano.

Na festa anual da colectividade de trabalhadores, que serviu para assinalar o 29º aniversário da sua constituição, o 17º aniversário do estabelecimento da RAEM e o Natal de 2016, a ATFPM pediu a Fernando Chui Sai On a execução de várias medidas, com vista à melhoria de vida da população.

Em nota distribuída aos convidados, a “ATFPM solicita que a contagem da antiguidade seja feita a partir do primeiro dia do ingresso nos serviços públicos, mesmo antes do ano de 2007; a construção de mais asilos para idosos, creches e o novo hospital; a construção de mais oitenta mil habitações económicas; a atribuição de um subsídio especial de 70 pontos da tabela indiciária aos trabalhadores dos serviços públicos de base, de uma forma generalizada, e o subsídio de chefia funcional aumentado de 50 para 100 pontos; a construção de habitação para funcionários públicos; a inclusão do tempo de serviço prestado em regime de assalariamento na contagem da antiguidade da Função Pública; a elaboração – logo que possível – da lei sindical e a implementação do direito de contratação colectiva; a implementação do regime de contratos uniformizados para todos os trabalhadores da Função Pública; o ajuste da pensão de sobrevivência de 50 por cento para 80 por cento; o estabelecimento do prémio especial de alto risco e do subsídio de turno para o pessoal das Forças de Segurança; a antecipação da aposentação para os funcionários que têm crianças com autismo ou cuidados especiais; e, por último, a atribuição de subsídio de residência aos aposentados da Função Pública que se reformaram antes do retorno de Macau à China”.

Após a fotografia de grupo e do corte do bolo de aniversário, a presidente da Assembleia Geral da ATFPM, Rita Santos, afirmou, por mais de uma ocasião, a alegria sentida pela actualização salarial já anunciada pelo Governo para 2017. «Vamos ter aumento salarial», disse, repetidamente.

Entre os convidados encontrava-se o cônsul-geral de Portugal para Macau e Hong Kong, Vítor Sereno, e outros diplomatas de carreira e honorários dos Países dos PLP, que fizeram jus ao mote do evento “Macau – Plataforma dos Países de Língua Portuguesa”.

A organização contou com o patrocínio de 64 entidades e personalidades, sendo de destacar o Chefe do Executivo, o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, a Fundação Macau, o deputado Chan Meng Kam, o Suncity Group, a Santa Casa da Misericórdia, a sucursal do Banco da China, a Fundação Rui Cunha, o BNU, a CEM, a CTM, o jornal Va Kio, o BCM e o deputado Chui Sai Cheong.

Participaram cerca de duas mil e 500 pessoas de várias idades e estratos sociais, tendo a ATFPM sorteado mais de 200 prémios.

José Miguel Encarnação

jme888@gmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *