Rodolfo Ávila no Campeonato Chinês de Carros de Turismo

RODOLFO ÁVILA NO CAMPEONATO CHINÊS DE CARROS DE TURISMO

Mérito reconhecido.

Rodolfo Ávila, piloto português de Macau, aceitou o convite da SAIC Volkswagen 333 Racing para disputar a temporada completa do Campeonato Chinês de Carros de Turismo (CTCC), que arranca este fim-de-semana no Circuito Internacional de Zhuhai.

Ávila tinha participou na temporada de 2016 em duas provas do CTCC, mas viu os seus resultados condicionados em ambas as provas devido a problemas técnicos no Volkswagen Lamando GTS. Porém, o andamento e o empenho do piloto não passaram despercebidos à equipa, que este ano espera contar com ele na luta pelos títulos de pilotos e de construtores no campeonato de automobilismo mais popular da República Popular da China, refere a nota de Imprensa enviada ontem às redacções.

«Quero agradecer à SAIC Volkswagen 333 Racing por me ter dado esta oportunidade, que é também o reconhecimento do trabalho que fiz nas duas provas do CTCC em que participei na temporada passada», afirmou o português.

A equipa trocou no defeso a base de operações de Xangai para Zhaoqing, tendo ao mesmo tempo aproveitado a paragem de Inverno para evoluir o carro da classe “Super Cup 2.0L”, introduzido no ano passado.

«A equipa sofreu uma reestruturação a nível técnico e essa foi uma das razões para eu ter aceite este convite. O carro também sofreu algumas evoluções, principalmente a nível de motor e aerodinâmica. Já tive a oportunidade de testar o Lamando GTS na sua última especificação, no circuito de Guangdong, e as melhorias em termos de fiabilidade e performance são notórias», frisou.

Quanto aos objectivos para a temporada, Ávila é comedido nas expectativas, dado que esta temporada a equipa ainda não mediu forças com a oposição em condições iguais.

«Como testamos sempre sozinhos, só iremos saber onde nos posicionaremos face à concorrência depois dos primeiros treinos-livres oficiais. Obviamente, quero lutar pelos lugares cimeiros, mas a prioridade será sempre ajudar a equipa na luta pelos títulos de pilotos e de construtores», concluiu o piloto de Macau, que irá disputa um campeonato com oito jornadas duplas – sete na República Popular da China e uma na Coreia do Sul.

André Couto confirmou entretanto a sua estreia no campeonato da China de GT, fazendo equipa com Yuey Tan (Singapura) na Spirit Z Racing. No Japão irá disputar três provas do campeonato japonês Super GT, ao volante de um Porsche 911 GT3-R.

P.D.O.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *