Dia das Comunicações Sociais no olhar do Professor José Manuel Simões

52º Dia Mundial das Comunicações Sociais

O quarto poder nasceu para vigiar os outros poderes.

O 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, que se comemora a 13 de Maio, reveste-se de «extrema importância» no entender do professor universitário José Manuel Simões, dado que o quarto poder tem o papel de contribuir para o equilíbrio das sociedades.

«Os media, a Comunicação Social, são o quarto poder, que nasceu para vigiar os outros poderes. Esse papel desenvolvido para o equilíbrio das sociedades, tendo sempre presente os valores éticos e deontológicos, é de crucial importância para os regimes, sobretudo democráticos, mas também para informar e formar os cidadãos à escala global», disse a’O CLARIM José Manuel Simões, que é coordenador do Departamento de Comunicação e Media da Universidade de São José (USJ).

Ao abordar a relevância da Comunicação Social católica no mundo, o professor associado da USJ referiu que «tem de facto uma trajectória de grande importância através dos tempos» para as sociedades. «Deve dar esse exemplo de rigor ético e deontológico no cumprimento desses vectores», frisou, acrescentando que «ao longo dos anos, a exemplo d’O CLARIM, também tem vindo a ajudar a construir um mundo melhor e sociedades mais dignas, mais justas, fraternas e solidárias».

«De facto, é importante que os Órgãos de Comunicação [Social] que têm um vínculo à Igreja Católica se preocupem em dar esse exemplo», reforçou José Manuel Simões, em alusão às questões de ética e deontologia dos media no mundo globalizado.

Quanto aos media seculares, José Manuel Simões citou primeiramente as palavras do Papa Francisco proferidas, a 28 de Outubro de 2017, na Conferência Italiana dos Institutos Seculares: “Estar no mundo, mas imersos no coração de Deus”. «O Santo Papa deixa uma mensagem muito clara em relação à forma de estar do mundo e à ideia de viver», vincou, sublinhando que «a vocação e a missão dos membros seculares é atender à sociedade num todo e à realidade» circundante.

De igual forma, notou que a «manifestação do divino» também é importante para os seculares em geral, estando aqui «atentos ao que acontece no mundo em geral, sempre com essa atenção e foco no coração mergulhado em Deus, conforme disse o Papa Francisco».

O Dia Mundial das Comunicações é a única celebração à escala global estabelecida pelo Concílio Vaticano II. O Papa Paulo VI foi o primeiro a comemorá-lo, a 7 de Maio de 1967. Desde então tem vindo a ser celebrado em muitos países, no Domingo que antecede a Festa de Pentecostes.

PEDRO DANIEL OLIVEIRA

pedrodanielhk@hotmail.com

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *