Jornal O Clarim

Semanário Católico de Macau

Jovens são apóstolos em Lisboa
Destaque Todas as Categorias

O Clarim esteve com a Missão LX

Jovens são apóstolos em Lisboa.

O CLARIM esteve no passado dia 30 de Dezembro com um grupo de voluntários da Missão LX, no Campo Grande, em Lisboa, e foi parte activa de uma actividade de missionação levada a cabo por catorze jovens, provenientes de várias paróquias da capital portuguesa.

Vestidos de verde (a cor da Missão LX), dotados de instrumentos musicais e “acompanhados” por uma imagem de Jesus Cristo feita de papelão, o grupo de jovens foi ao encontro de pessoas no Jardim do Campo Grande, tendo parado largos minutos junto de um espaço infantil. Na algibeira levavam um desafio: saber o que para as pessoas significa a palavra “Missão” e Jesus Cristo.

Depois de respondidas as questões – gravadas em vídeo – os inquiridos eram convidados a retirar um pequeno papel de uma caixa de madeira com a inscrição “Baú da Esperança”.

O CLARIM foi presenteado com um texto da autoria do padre Vasco Pinto de Magalhães, membro da Companhia de Jesus: “Viver em tudo aquilo que na espiritualidade inaciana se chama a vivência do mais. A palavra ‘mais’, aqui, usa-se para dizer ‘ir cada vez mais longe’, alcançar progressivamente mais, não tanto estar preocupado com o ter ou não ter, com o sucesso ou o fracasso, mas com a maneira como se cresce nessas condições. E isto é de uma sabedoria espiritual muito importante, porque nós facilmente dizemos: ‘isto é bom, aquilo é mau’. E não é assim”.

A secretária da paróquia do Campo Grande, Cláudia Lourenço, explicou a’O CLARIM que «a Missão LX existe desde 2010 e consiste numa semana de serviço para jovens entre os 16 e os 25 anos. Cada ano percorre uma paróquia da diocese de Lisboa, e este ano é no Campo Grande, com a presença de setenta missionários», disse, sublinhando que «os missionários são acolhidos em famílias da paróquia, e durante o dia os jovens, divididos por equipas, vão ao encontro dos mais pobres, dos idosos, das crianças, e fazem ainda animação de rua. A passagem de ano é feita em oração, numa vigília aberta a todos».

José Miguel Encarnação

Em Lisboa (Portugal)

LEAVE A RESPONSE

Your email address will not be published. Required fields are marked *