PÓLO AQUÁTICO DE MACAU

Pólo Aquático de Macau

Renovação com atletas da formação.

O 2º lugar na Taça Varga Lounge no 4º Torneio Internacional de Pólo Aquático de Praia de Hong Kong, obtido no passado Domingo pelo Clube Internacional de Pólo Aquático de Macau (CIPAM), é visto por Rui Pedro Pinto como um resultado encorajador, tendo em vista a renovação da equipa com atletas provenientes dos escalões de formação.

«As nossas expectativas desde 2012, quando começámos a dar os primeiros passos na modalidade, passam pelo desenvolvimento da modalidade em Macau, através da formação, de clubes e da organização de competições locais e internacionais», disse a’O CLARIM Rui Pedro Pinto, presidente do CIPAM.

«O resultado deste torneio só reforça a nossa ideia de estarmos no caminho certo. Temos que continuar a trabalhar não só na equipa sénior, mas também nas camadas jovens. Pretendemos, no espaço de cinco a seis anos, ter a equipa sénior renovada com toda a nossa formação», explicou, ao abordar o 2º lugar na taça destinada aos quartos classificados da fase de grupos.

A participação no torneiro de Hong Kong teve um sabor agridoce para o guarda-redes Rodrigo de Matos: «O positivo foi termos conseguido prestações superiores com equipa de seniores em relação às duas edições anteriores, pois somámos agora duas vitórias e quatro derrotas. Já estamos a vencer algumas equipas, o que mostra alguma evolução. O negativo foi não podermos levar a nossa equipa de juvenis – a nossa aposta para o futuro – por causa do tufão Haima».

No início do mês, o Clube Internacional de Pólo Aquático de Macau havia disputado o 8º Torneio da South China Athletic Assocation, também em Hong Kong, obtendo entre seis equipas o 3º lugar no escalão sénior.

P.D.O.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *