Ávila com futuro incerto

Piloto de Macau depara-se com falta de apoios

Ávila com futuro incerto.

Rodolfo Ávila está a passar pela fase mais complicada da sua carreira desportiva devido à falta de apoios. A’O CLARIM, o piloto de Macau admitiu que poderá ser forçado a abandonar a alta competição.

«É um ano complicado porque não faço mais parte do Team Jebsen, da Porsche. Recebi a noticia da minha não continuidade já muito tarde. As coisas estão agora muito complicadas em Macau. Os casinos estão em quebra [de receitas].

Macau é uma cidade espectacular, tem o Grande Prémio, mas depois de tudo terminar as pessoas esquecem-se que há cá dois ou três pilotos em que vale a pena investir», explicou Ávila, na passada segunda-feira, no rescaldo da sua participação na segunda ronda do Campeonato da China de Carros de Turismo (CTCC), em substituição do chinês Zhang Zhen Dong.

O piloto de Macau queria disputar o TCR, razão pelo qual andou «quase todo o Inverno» à procura de apoios. «Surgiram algumas propostas e fomos ter com as pessoas. Depois de falarmos e de explicámos as nossas pretensões não ouvimos quase mais nada dessas grandes empresas. Como já tínhamos dito no passado, é sempre complicado planear algo atempadamente porque muitas dessas empresas são multinacionais que, além de estarem em Macau com um propósito muito definido, investem muito pouco no desporto local ou noutras áreas com grande potencial», sublinhou.

A sua a carreira está no limbo, porque – conforme disse – o automobilismo «é daqueles desportos que, quando os pilotos deixam de aparecer e não estão muito no activo, as pessoas acabam por esquecê-los», sendo também «mais difícil o seu retorno às pistas» porque «perdem um bocado de velocidade».

«Tenho quase 30 anos e já tive muita sorte em fazer o que faço. Sempre que as oportunidades surgirem voltarei a guiar com todo o prazer, pois é algo que gosto muito de fazer», referiu Ávila, garantindo «continuar sempre ligado ao ramo do desporto automóvel», independentemente do desfecho que tiver a sua carreira como piloto.

Após deixar boa impressão na ronda dupla do CTCC, disputado no último Domingo, no Circuito Internacional de Zhuhai – ficou em 7º lugar na primeira corrida e saiu fora de pista, devido à chuva, quando ocupava a 2ª posição na segunda corrida – o piloto da RAEM espera agora receber convites para testar com alguma equipa ou para disputar mais rondas do campeonato chinês de carros de turismo.

PEDRO DANIEL OLIVEIRA

pedrodanielhk@hotmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *