Macau Special Olympics Golf Masters

Macau Special Olympics Golf Masters 2016

Contra o preconceito

A 5a edição do torneio “Macau Special Olympics Golf Masters”, que hoje termina, marca o virar de página do evento organizado pela Associação de Beneficência dos Leitores da Macau Business (ABLMB), por se tornar no maior torneio do mundo a nível oficial para atletas com deficiência intelectual, e por mostrar que o preconceito é uma falácia.

«No golfe ultrapassámos os próprios “Special Olympics”, os denominados “World Games”, que na edição do ano passado, em Los Angeles, contou com a participação de 22 países ou regiões, enquanto nós registámos agora a presença de 24 países ou regiões», disse a’O CLARIM, Paulo Azevedo, fundador e presidente da ABLMB.

Juntando «o útil ao agradável», a organização conseguiu realizar, entre as passadas segunda e terça-feira, várias sessões de conferência com oradores internacionais, duas delas com a participação de Wilfried Lemke, conselheiro especial do secretário-geral da ONU para o Desporto ao serviço do Desenvolvimento e Paz.

«Nos quatro primeiros anos pusemos os atletas em contacto com outros países, convivendo uma semana uns com os outros em Macau. Este ano fomos um pouco mais além, porque as conferências são fundamentais. É nossa intenção única envidar todos os esforços para que haja mais e melhor inclusão dessas pessoas com dificuldades do foro intelectual nas respectivas sociedades, mostrando que são perfeitamente válidas», sublinhou.

«Em vez de as fecharmos numa redoma, por pensarmos que por terem deficiência intelectual não são úteis, mostrámos que isso é uma falácia, porque tivemos cá oradores de várias empresas locais, e também de instituições do estrangeiro, que partilharam connosco as suas experiências com estes cidadãos, ao nível do trabalho», concluiu Paulo Azevedo. O torneiro de golfe começou quarta-feira e termina hoje.

P.D.O.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *