Já Agora!

Caminho sinuoso ou uma auto-estrada?

Caminho sinuoso ou uma auto-estrada?

Em Yongpyong – famosa estância de neve da Coreia do Sul – perguntei a um instrutor se não receava um ataque da Coreia do Norte, visto estarmos muito próximo da fronteira entre os dois países. Respondeu que nas montanhas em redor havia bases de lançamento de mísseis e que em qualquer altura seria activado o programa de evacuação, caso o então líder norte-coreano, Kim Jong-il, se lembrasse de atacar o lado de cá. E prosseguimos a conversa, dizendo ele que o conflito coreano interessava mais aos políticos do que propriamente ao povo. Este queria, acima de tudo, emprego e saúde física e financeira.

Não tanto pelo discurso em si, mas mais pela serenidade demostrada pelo meu interlocutor, rapidamente fiquei convencido que não era uma guerra que me estragaria as férias.

Com a ascensão de Kim Jong-un, foram várias as ocasiões em que me lembrei da conversa com o simpático instrutor, fantasiando por vezes como seria estar nas montanhas da província de Gangwon em situação de conflito eminente.

Foi preciso que Donald Trump chegasse à Casa Branca para que o Ocidente falasse “olhos nos olhos” com Kim Jong-un e este começasse a entender – de uma vez por todas – que isolado ninguém sobrevive, sendo que os melhores exemplos até lhe chegam da sua maior aliada, a China.

Com a recente assinatura de um acordo entre a China e o Vaticano para a nomeação de alguns bispos, muitas são as portas que agora se começam a abrir para o Sucessor de Pedro, numa espécie de corrida para ver quem tem a coragem de “ceder” primeiro. A realidade é que o Primaz da Igreja Ortodoxa Russa tem intensificado os contactos com a Santa Sé, Pequim tem cumprido com o estipulado a curto prazo, e Kim Jong-un quer abraçar Francisco.

De facto, os caminhos do Senhor são sinuosos. E eu acrescento: pode haver quem prefira ir pela auto-estrada, mas aí haverá com certeza uma portagem para pagar….

José Miguel Encarnação

jme888@gmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *