Padre Domingos Soares regressou a Timor-Leste

PADRE DOMINGOS SOARES

Macau sempre presente.

O padre Domingo Soares regressou na passada quarta-feira a Timor-Leste, deixando de exercer qualquer função na diocese de Macau.

«Vou para a diocese de Díli, a qual deixei da primeira vez que vim para Macau. Foram quase nove anos, divididos por dois períodos, o último dos quais após voltar [ao território] no ano passado», lembrou o padre Domingos, dois dias antes de iniciar a viagem para o país de origem.

O sacerdote timorense regressou a Timor-Leste em 2015 para exercer as funções de vigário-geral da diocese de Díli, mas voltou a Macau no ano passado para concluir o doutoramento em Estudos Cristãos, na Universidade de São José. Por essa razão, pediu «para ajudar na Diocese», voltando a servir na paróquia da Sé, «sobretudo a comunidade portuguesa».

Em jeito de balanço ao trabalho pastoral que desenvolveu nos quase nove anos que esteve em Macau, disse que «a experiência foi muito boa», pois lidou com «uma comunidade católica que vive o Cristianismo de maneira diferente» do que acontece em Timor-Leste. «Foi útil para mim, porque deu-me a perceber outras formas de poder evangelizar e aprofundar a fé das pessoas, em vez de dizerem que são cristãs, mas depois não praticam» a religião.

O padre Domingos não irá ficar totalmente afastado de Macau, visto continuar ligado ao grupo de apoio aos seminaristas timorenses, por forma a fazer a ponte para os jovens que queiram vir para o território. Para além de também permanecer ligado ao Grupo Macau Rai Timor, fundado em 1996 pelo saudoso padre Francisco Fernandes.

P.D.O.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *