Outubro

Papa pede que se reze o terço contra o espírito maligno

Papa pede que se reze o terço contra o espírito maligno

No passado dia 29 de Setembro, em que a Igreja celebrou os arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael, o Papa pediu aos fiéis que rezem, diariamente, neste mês de Outubro, o terço «contra o mal que divide a comunidade cristã».

Por isso, a pedido do Santo Padre, a Rede Mundial de Oração lançou uma campanha especial para que os fiéis de todos os continentes possam invocar Nossa Senhora e o arcanjo Miguel e assim protejam a Igreja nestes tempos difíceis.

Com efeito, recentemente, vivemos na Igreja situações difíceis, como contínuas denúncias de abuso sexual por parte do clero, das pessoas consagradas e dos leigos. O aumento dos abusos e divisões internas na Igreja, certamente, é favorecido pelo espírito maligno, «inimigo mortal da nossa natureza humana».

Na tradição cristã o mal apresenta-se de diversas formas, como de «Satanás», que em Hebraico significa «adversário», ou «Diabo», que em Grego é aquele que divide e semeia discórdia.

Na tradição bíblica fala-se também de «sedutor do mundo», «pai da mentira» ou «Lúcifer», que se apresenta como anjo da luz e do bem, mas conduz ao engano.

Enfim, o mal manifesta-se de diversos modos, complicando a missão de evangelização da Igreja, chegando até a desacreditá-la. Em parte, a responsabilidade é nossa por deixarmo-nos levar pelas paixões e não pela verdadeira vida: a riqueza, a vaidade e o orgulho. Estes são os caminhos pelos quais o maligno nos seduz e nos arrasta para o mal, levando-nos a cometer acções perversas, como discórdias, mentiras etc.

Na sua Carta ao Povo de Deus, no último dia 20 de Agosto, o Santo Padre recordou: “Se um membro sofre, todos sofrem com ele… Quando experimentamos a desolação, que provoca tantas chagas na Igreja, devemos persistir na oração a Maria e buscar crescer no amor e na fidelidade eclesial”.

Portanto, o Santo Padre pede agora a todos os fiéis um maior esforço nas orações pessoais e comunitárias, rezando, todos os dias, o terço a Nossa Senhora, para que a Virgem Maria proteja a Igreja nestes tempos de crise, e ao arcanjo São Miguel, para que a defenda dos ataques do inimigo. Segundo a tradição eclesial, este arcanjo é o chefe dos exércitos celestes e protector da Igreja.

Ao final da oração mariana do terço, o Papa convida-nos a rezar a mais antiga invocação à Santa Mãe de Deus “Sub tuum praesidium” (“Sob a Vossa protecção”) e a tradicional oração a São Miguel escrita por Leão XIII.

Oração a Nossa Senhora: “À Vossa protecção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita!”.

Oração a São Miguel Arcanjo: “São Miguel Arcanjo defendei-nos no combate. Sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demónio. Que Deus manifeste o seu poder sobre ele. Eis a nossa humilde súplica. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, com o poder que Deus vos conferiu, precipitai no inferno Satanás e os outros espíritos malignos, que andam pelo mundo tentando as almas. Amém!”.

In Vatican News

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *