CEM aposta na Responsabilidade Social Empresarial

CEM APOSTA NA RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL

Raio de luz para idosos, jovens e mais desfavorecidos.

A Companhia de Electricidade de Macau (CEM) dá grande importância à responsabilidade social empresarial, ao implementar projectos específicos para idosos, pessoas carenciadas e jovens, sem esquecer a comunidade em geral, disse a’O CLARIM Cecilia Nip, directora do Gabinete para os Assuntos Regulatórios e Comunicação Empresarial da CEM. O Grupo de Embaixadores, o Almoço-convívio para Seniores de Pak Tai, o Programa Comunitário, a Feira Recreativa de Energia e a Educação sobre Energia Verde são alguns dos programas levados a cabo pela concessionária.

«Um dos valores fundamentais da CEM é ter em atenção a comunidade que serve, o que está incluído na sua visão empresarial», disse a’O CLARIM Cecilia Nip, ao justificar a aposta da concessionária na responsabilidade social empresarial, para além de se dedicar ao ramo principal de negócio, o abastecimento de energia eléctrica em Macau.

Nesse sentido, em 2004 foi criado o “Grupo de Embaixadores da CEM”, sendo totalmente constituído por voluntários. «A nossa empresa foi uma das primeiras instituições a formar uma equipa de voluntários em Macau. Temos cerca de setenta elementos que regularmente prestam serviços a pessoas necessitadas e participam em várias iniciativas caritativas na comunidade», acrescentou a directora do Gabinete para os Assuntos Regulatórios e Comunicação Empresarial da CEM.

Já a Comissão de Ligação CEM-Cliente encontra-se em actividade desde 2000. Composta por representantes de várias associações e entidades, bem como por importantes departamentos da concessionária, tem por objectivo fortalecer os laços com representantes de diferentes sectores da sociedade, através dos quais recebe opiniões para melhorar e desenvolver os serviços fornecidos à comunidade que serve.

De acordo com Cecilia Nip, o “Prémio Cidadão Sénior de Referência de Macau” e o “Almoço-convívio para Seniores de Pak Tai” são dois dos principais projectos dirigidos à terceira idade. O primeiro pretende incentivar os cidadãos mais idosos a empenharem-se na aprendizagem ao longo da vida e a participarem nos serviços comunitários durante o tempo de reforma ou de aposentadoria. O segundo é um convívio para mais de trezentos idosos das ilhas, com o intuito de agradecer, por um lado, a contribuição que deram à sociedade e, por outro lado, às suas famílias.

Para os mais carenciados, a CEM lançou em 2000 o “Programa Comunitário”, segundo o qual uma equipa de voluntários da empresa inspecciona e faz a manutenção gratuita de instalações eléctricas na casa dos idosos que vivem em solidão, das famílias desprivilegiadas e dos cidadãos com necessidades especiais.

«Foram efectuados acordos especiais com o Centro de Reabilitação de Cegos da Santa Casa da Misericórdia e com a Associação de Surdos de Macau, permitindo que os membros destas duas instituições vivam num ambiente mais seguro e confortável», realçou Cecilia Nip.

A concessionária também organiza o programa de estágio “Estrelas em Potência da CEM”, conjuntamente com a “Macau Special Olympics”. «Pretendemos mostrar o caminho e inspirar mais instituições em Macau a proporcionar oportunidades de trabalho a pessoas com necessidades especiais, de modo a ajudá-las a se integrarem na sociedade, tornando realidade a ideia de “Sociedade Inclusiva”», frisou a mesma responsável.

 

Jovens

Os projectos direccionados aos jovens são outra preocupação da CEM, especialmente em relação às melhores práticas de conservação de energia. Além da “Feira Recreativa de Energia”, do “Programa Embaixadores de Energia” e da “Tournée de Teatro Educativo”, fazem ainda parte do plano da empresa a organização das “Corridas de Carros Modelo a Energia Solar e Com Condensador”, sendo este um dos mais importantes programas educativos que disponibiliza para os jovens.

O objectivo principal é fortalecer o conhecimento científico e tecnológico dos alunos do Ensino Secundário, consciencializá-los para o uso de energia verde e, com isso, proteger o Meio Ambiente.

A 5ª edição das corridas a “energia solar” e “com condensador” decorreu no passado dia 12 de Novembro, na Central Térmica de Coloane, contando com a participação de mais de quinhentos alunos e professores, traduzindo-se num recorde de cem equipas provenientes de vinte e cinco escolas secundárias do território.

A CEM patrocinou as três escolas vencedoras nas duas corridas que representaram a RAEM nos “Eventos de Tecnologia e Energia Renovável de Hong Kong” (HK TREE 2017), realizados a 2 de Dezembro na antiga colônia britânica. No computo geral, as equipas do território tiveram bons desempenhos, nomeadamente na “Corrida de Carros Modelo a Energia Solar”, na qual duas equipas do Colégio Yuet Wah repetiram as mesmas classificações da competição em Coloane, alcançando a Secção Chinesa o título de campeã e a Secção Inglesa o de vice-campeã.

 

Comunidade

Em finais de Novembro, vinte artistas e ilustradores de Macau foram convidados pela CEM para participarem no projecto “Eletricidade x Cultura e Criatividade – Revitalização das Caixas de Distribuição de Baixa Tensão Através da Arte”. «É nossa intenção transformar as normais caixas de distribuição de baixa tensão em obras de arte, dando assim um vigor especial às comunidades», revelou Cecilia Nip, acrescentando que para a comunidade em geral a empresa organiza seminários para associações locais, tendo ainda introduzido os programas “Passeio Energético” e “Educação sobre Energia Verde”.

 

Novos projectos (Caixa)

A CEM dá «grande importância» ao desenvolvimento da nova geração, sublinhou Cecilia Nip, razão pela qual, para melhor chegar aos jovens, as actividades que futuramente serão lançadas vão ser agrupadas mediante o tema “Electricidade x”, na forma de “Electricidade x Cultura e Criatividade” e “Eletricidade x Desporto”. “Mini-concertos de Música Electrónica”, “Caixas de Distribuição de Baixa Tensão / Projecto Mural de Transformar Espaços”, “Competição de e-Desportos” e “Competição de Bicicletas Geradoras de Energia” na Central Térmica de Coloane são as actividades que a empresa tem na forja.

PEDRO DANIEL OLIVEIRA

pedrodanielhk@hotmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *