Há Christian Thielemann, Sangre Ibérico e Jazz

XXXII Festival Internacional de Música de Macau arranca no Outono

Há Christian Thielemann, Sangre Ibérico e Jazz

O XXXII Festival Internacional de Música de Macau (FIMM) vai ter lugar entre os dias 28 de Setembro e 28 de Outubro. A edição deste ano tem como tema “Viver – O Momento na música” e oferece 16 espectáculos diversificados, num total de 22 actuações.

Intemporal L’Elisir D’Amore abre o Festival. Por ocasião do 170.º aniversário da morte do compositor Gaetano Donizetti, o FIMM abre com uma produção da Ópera de Zurique da obra intemporal L’Elisir D’Amore, encenada pelo internacionalmente renomado encenador alemão Grischa Asagaroff, mostrando ao público o poder mágico do amor através da sua música magnífica. O Festival encerra com dois concertos pela Staatskapelle Dresden, uma das dez melhores orquestras a nível mundial, dirigidos pelo maestro Christian Thielemann e que irão interpretar sinfonias completas de Schumman, apresentando assim de forma completa obras primas do mais romântico compositor alemão do século XIX e recriando a poesia romântica de uma geração de excelentes músicos.

Música melodiosa, técnicas requintadas e clássicos em sucessão. O Quarteto Hagen de Salzburgo trará a Macau clássicos alemães e austríacos, permitindo aos fãs de música vislumbrar a evolução da arte do quarteto através desta fantástica jornada musical. Los Romero, conhecidos como “A Família Real da Guitarra” é um agrupamento composto por três gerações da mesma família, trazendo virtuosismo em perfeita harmonia. O pianista de jazz jamaicano Monty Alexander mostra seu talento em Uma Vida no Jazz, conquistando a atmosfera com o sabor apaixonado e animado do jazz. O coro Stile Antico do Reino Unido, trabalhando sem maestro mas actuando num relacionamento harmonioso, apresenta o concerto Rainha das Musas, que é uma selecção de música britânica renascentista composta durante o reinado de Isabel I; o mesmo agrupamento traz ainda o concerto Responsórios Tenebrae, levando o público numa viagem pela música sacra do compositor renascentista espanhol Tomás Luís de Victoria. Reunindo rumba flamenca e fado português, o agrupamento de Portugal Sangre Ibérico oferece ao público uma noite de música latina no concerto Portugal Encontra Espanha.

Por ocasião do 150.º aniversário da morte do compositor italiano Gioachino Rossini, o FIMM dá a conhecer o humor inteligente do compositor na ópera Il Signor Bruschino. A Camerata Salzburg, proveniente da cidade natal de Mozart, une-se ao famoso violinista francês Renaud Capuçon para apresentar dois extraordinários concertos de Mozart para violino e duas bem diferentes sinfonias de Haydn. O renomado violoncelista brasileiro António Meneses vem a Macau apresentar obras de grande peso, nomeadamente a Suite para Violoncelo de Bach, o teste definitivo para qualquer violoncelista.

Diálogos musicais entre oriente e ocidente; revelação de talentos locais. Lu Jia, director musical da Orquestra de Macau, junta-se à Orquestra Filarmónica de Xangai para apresentar a Sinfonia n.º 8 em Dó Menor, a magnum opus de Anton Bruckner, a versão original (1887) esquecida durante muito tempo. O renomado maestro Liu Sha lidera a Orquestra Chinesa de Macau, associando-se a Guo Yazhi, uma lenda da suona da China para apresentar Caminho Nostálgico, oferecendo ao público uma viagem musical para apreciar a suona e a música chinesa de uma perspectiva totalmente nova. A Orquestra Nacional de Cantão apresenta Rima Cantonense na Rota da Seda, levando o público numa épica viagem marítima, cheia de magníficas paisagens marítimas e emocionantes imagens da história. Batida Electrónica reúne duas excepcionais bandas de música electrónica, EVADE de Macau e FM3 de Pequim, trazendo uma noite de sons hipnotizantes. Além disso, o concerto Bravo Macau! leva ao palco o talento de dois jovens percussionistas locais, Hoi Lei Lei e Raymond Vong.

Os bilhetes para o XXXII Festival Internacional de Música de Macau encontram-se à venda a partir do dia 5 de Agosto (Domingo). Para mais detalhes sobre o programa e descontos: www.icm.gov.mo/fimm. Informações: 8399 6699 (durante o horário de expediente). Linhas directas de reservas 24-horas: 28 555 555 (Macau), 23 805 083 (Hong Kong) e 139 269 111 11 (Interior da China). Website de reserva de bilhetes: www.macauticket.com. 

Texto fornecido pelo Instituto Cultural de Macau

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *