António Marques da Silva, Jurista

«Num Estado de Direito as leis limitam e condicionam as decisões políticas». António Marques da Silva vai regressar a Portugal, mas sem cortar o vínculo a Macau, pois quer escrever sobre o Ler Mais

António Conceição Júnior foi orador em Palestra sobre Afonso de Albuquerque

Um cruzado fora de tempo. O escritor e artista António Conceição Júnior foi o orador da palestra “Afonso de Albuquerque – Rumo ao Apogeu Militar dos Descobrimentos”, que decorreu ontem na Galeria Ler Mais

Religiões e Médicos contra a Eutanásia

Eutanásia torna as sociedades “desesperadas”. Tem-se debatido de forma intensa e apaixonada a despenalização da eutanásia. Oito comunidades religiosas uniram-se para rejeitar a eutanásia e o mesmo aconteceu com os últimos seis Ler Mais

Um café na rua Mercaderes

Memória de Eça em Cuba. O “La Columnata Egipciana”, na rua Mercaderes, em pleno centro histórico da cidade de Havana, café que Eça de Queiroz costumava frequentar, já não se chama “La Ler Mais

Os Mártires do Cristianismo foram sementes e raízes que floresceram e deram fruto

Dor e sofrimento transportou Jesus à eternidade. No passado dia 29 de Junho a Igreja celebrou a solenidade dos apóstolos São Pedro e São Paulo. Os dois, cada um com a sua Ler Mais

 

Chiaretto Yan lança obra sobre a Igreja e os jovens na China

Season for Relationships

Época para as Relações

O livro “Season for Relationships” (Época para as Relações), do professor-visitante da Universidade de São José, Chiaretto Yan, vai estar disponível no território, a partir de Domingo, nas instalações da Claretian Publications Macau, embora ainda não esteja agendado o lançamento oficial.

A obra em Inglês faz o relato, em primeira mão, da relação entre a Igreja Católica e a juventude na China. «As tendências estão de facto a mudar na juventude em geral e também nos jovens católicos da China.

EXXONMOBIL, BP, SHELL, EQUINOR, ENI e PEMEX foram recebidas pelo Papa

As petrolíferas no Vaticano

As petrolíferas no Vaticano

Quando o Papa João Paulo II publicou a encíclica “Laborem exercens” (14 de Setembro de 1981) e depois a “Centesimus annus” (1 de Maio de 1991), várias multinacionais reconheceram que aqueles problemas mereciam ser vistos com atenção. A maioria dos dirigentes de topo daquelas empresas não eram católicos, mas reconheceram na Igreja uma autoridade única para falar em nome da dignidade humana. Por um lado, os argumentos pareciam razoáveis e intelectualmente estimulantes; por outro, quem cumprisse aquele ideal corria o risco de ir à falência. Assim, parecia-lhes arriscado que a Igreja pusesse o indivíduo e a sua família no centro, em vez de dar a primazia aos accionistas da empresa.

Filosofia, uma dentada de cada vez (70)

O que é a Cooperação com o Mal?

O que é a Cooperação com o Mal?

Já vimos como a vida pode ser complicada. Agora iremos ver uma das suas complicações.

Poderá ter acontecido que tenhamos feito uma acção boa, com boas intenções e boas circunstâncias. Mas teremos com esse acto facilitado o mal de outra acção?

Deixem-nos supor que um dia estamos em casa de um amigo, que o tempo está quente e decidimos abrir uma janela. Este facto, em si mesmo, é uma boa acção. Mas eventualmente saímos de casa, esquecemos a janela aberta e um ladrão entra e foge com muitos bens valiosos.

Fotolegenda

VILA REAL ACIDENTADA

VILA REAL ACIDENTADA

Quatro pilotos, em segundo plano, trocam impressões após o violento acidente que envolveu todos os carros na primeira corrida da etapa do WTCR em Vila Real, disputada no passado fim-de-semana em Portugal. Após a prova de Trás-os-Montes, Ivan Muller mantém-se na frente do campeonato (182 pontos). Gabriele Tarquini e Yann Ehrlacher (ambos com 160) ocupam as 2ª e 3ª posições.

Josemaría Escrivá, o caminho que não se esquece

Convite à Santidade, um desafio divino

Convite à Santidade, um desafio divino

O Papa Francisco na sua recente exortação apostólica sobre a chamada à santidade no mundo actual – GAUDETE ET EXSULTATE (ALEGRAI-VOS E EXULTAI) – recorda-nos que “Deus nos quer santos e espera que não nos resignemos com uma vida medíocre, superficial e indecisa” e impele-nos a “fazer ressoar mais uma vez a chamada à santidade, procurando encarná-la no contexto actual, com os seus riscos, desafios e oportunidades, porque o Senhor escolheu cada um de nós «para ser santo e irrepreensível na sua presença, no amor»”. (…)

“Gosto de ver a santidade no povo paciente de Deus: nos pais que criam os seus filhos com tanto amor, nos homens e mulheres que trabalham a fim de trazer o pão para casa, nos doentes, nas consagradas idosas que continuam a sorrir.

Évora (Portugal)

D. José Alves

D. José Alves despede-se com forte sentimento de gratidão

O Papa aceitou, na passada terça-feira, a renúncia do arcebispo de Évora, D. José Alves, de 77 anos, após este ter atingido a idade determinada pelo Direito Canónico para a resignação.

Em nota enviada à Agência ECCLESIA, o responsável refere que conclui esta missão com “um forte sentimento de gratidão para com Deus”.

“Agradeço, particularmente, os anos que estive à frente da querida Arquidiocese de Évora, que procurei servir com humildade, com dedicação, com fé e com amor, graças à preciosa colaboração dos presbíteros, diáconos, consagrados e de um sem número de fiéis, adultos e jovens, que generosamente colocaram as suas vidas ao serviço do Evangelho”, escreve.

Cismas, Reformas e Divisões na Igreja – LXXI

A Igreja e a Ciência – I

A Igreja e a Ciência – I

Voltamos hoje à série de artigos sobre o tema em epígrafe. E regressamos para falar precisamente de um dos temas mais intensos da História da Igreja e do mundo actual: a Fé e a Ciência, ou vice-versa. Ciência não se aporta aqui no sentido estrictamente ligado às ciências naturais, físicas ou exactas, mas antes no sentido geral, que aliás lhe fora dado por Aristóteles e depois por São Tomás de Aquino. O filósofo grego definia a Ciência com um conhecimento seguro e evidente, obtido a partir de demonstrações. O santo dominicano vai na mesma esteira, afirmando a Ciência como o conhecimento das coisas a partir das suas causas. Neste sentido, a Ciência compreende todo o conjunto dos estudos universitários, por exemplo.

Família e Fé

O sorriso

O sorriso

Era uma mulher simples e sensata. A páginas tantas, durante a entrevista, o jornalista fez-lhe uma pergunta directa e inesperada. Talvez até, um pouco indiscreta, por estar completamente fora do tema específico daquele encontro.

«– Como é que consegue estar sempre a sorrir? Porque é que temos a sensação de que está permanentemente contente?».

Sorriu abertamente, com uma expressão de quem não esperava essa mudança brusca no tema da conversa.

Bengala e o Reino do Dragão – 34

A arte e o intelecto do monarca

A arte e o intelecto do monarca

Os eremitérios espalhados pelos montes em redor do mosteiro de Chagri continuam hoje a ser ocupados por eremitas que ali permanecem vários meses em recatado silêncio e sem qualquer contacto com os seus semelhantes, nem mesmo aqueles que os abastecem à distância com alimentos, isto no caso dos ditos ascetas não estarem a cumprir estritos períodos de total jejum. Nos seus escritos Estêvão Cacela refere os objectos manufacturados por Shabdrung durante esse retiro espiritual. Entre eles “uma imagem de vulto de Deus em sândalo branco, pequena mas excelentemente feita” e algumas pinturas que ainda hoje são motivo de reverência por parte dos butaneses.

Conhecer as Leis de Macau

Articulação entre o plano privado de pensões

Articulação entre o plano privado de pensões e o regime de previdência central não obrigatório

A Lei n.º 7/2017 (Regime de previdência central não obrigatório) entrou em vigor já em 1 de Janeiro deste ano. Relativamente ao plano privado de pensões (doravante designado por PPP) registado junto da Autoridade Monetária de Macau e aprovado pelo Fundo de Segurança Social (doravante designado por FSS) como instrumento de aplicação das contribuições do regime de previdência central não obrigatório, o empregador pode solicitar junto do FSS a articulação do referido PPP com o plano conjunto de previdência do respectivo regime.

Cartoon 29-06-18

Cartoon 29-06-18

Entidades de Matriz Portuguesa, Diocese e Cáritas organizam actividades há vários anos

Verão

Sabe como entreter o seu filho este Verão?

Ocupar os tempos livres dos mais novos, impedindo que fiquem em casa em frente à televisão, é o propósito das actividades de Verão organizadas pela Casa de Portugal, Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância D. José da Costa Nunes, diocese de Macau e Cáritas. O convívio saudável das crianças e jovens é outro objectivo das iniciativas que se realizam entre os meses de Junho e Agosto.

Desporto, dança, jogos e dinâmicas, artes plásticas, artes visuais, música e, possivelmente, teatro, são as actividades de Verão que a Casa de Portugal tem planeadas para a ocupação dos tempos livres de crianças e jovens entre os quatro e os doze anos de idade.

Domingo, 24 Junho, celebra-se a Natividade de São João Baptista

São João Baptista

«Uma voz clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor».

Este ano, curiosamente, celebra-se no Domingo (dia do Senhor) a natividade de São João Baptista. Ao lado de Jesus e de Nossa Senhora, é o único santo celebrado no dia do seu nascimento. Uma figura singular da nossa fé e do testemunho cristão. Era um homem com uma missão e bênção específicas, dadas por Deus desde a sua concepção “milagrosa”, no ventre da sua mãe Isabel, idosa e estéril. João apareceu como ponto de encontro entre os dois Testamentos – as duas alianças. Profetizado no Antigo (AT) é descrito no Novo (NT) pelos quatro evangelistas, que dão luz aos momentos cruciais da sua vida e ministério.

O Cristianismo no Irão

Esperança de mudança

Esperança de mudança

Fazemos hoje aqui uma pausa no ciclo de heresias, reformas, movimentos e dissidências na História da Igreja. Para abordarmos, precisamente, um país que para quase todos será um dos últimos no mundo a observar a seguinte virtude do ser religioso: a tolerância. No caso, a tolerância e coabitação com o Cristianismo, mas não só. Numa nação com mais de três mil anos, que nunca foi dominada colonialmente e ciosa dos seus remotos pergaminhos nacionalistas, com uma cultura superior muito própria e milenar, mas nos últimos quase quarenta anos dominada pelo radicalismo xiita que a tornam a mais poderosa república islâmica do mundo, é neste cenário que o Cristianismo subsiste, vive mesmo em harmonia e com as suas igrejas de portas abertas a quem as visita, mantendo o seu esplendor e beleza antigos.

Professor David Rodrigues sobre a Educação Inclusiva em Portugal

David Rodrigues

Exemplo para o mundo.

O professor de Educação da Universidade de Lisboa David Rodrigues disse na passada quarta-feira a’O CLARIM que Portugal é um exemplo a nível mundial na inclusão de crianças com dificuldades e deficiências nas escolas públicas.

«Portugal é neste momento um caso de estudo a nível internacional porque somos dos países do mundo com uma taxa maior de alunos com dificuldades e deficiências que são educados nas escolas regulares [as comummente designadas escolas públicas]», referiu David Rodrigues, acrescentando que «98,5 por cento dos alunos com dificuldades» frequentam aquele tipo de estabelecimentos de ensino.