António Marques da Silva, Jurista

«Num Estado de Direito as leis limitam e condicionam as decisões políticas». António Marques da Silva vai regressar a Portugal, mas sem cortar o vínculo a Macau, pois quer escrever sobre o Ler Mais

António Conceição Júnior foi orador em Palestra sobre Afonso de Albuquerque

Um cruzado fora de tempo. O escritor e artista António Conceição Júnior foi o orador da palestra “Afonso de Albuquerque – Rumo ao Apogeu Militar dos Descobrimentos”, que decorreu ontem na Galeria Ler Mais

Religiões e Médicos contra a Eutanásia

Eutanásia torna as sociedades “desesperadas”. Tem-se debatido de forma intensa e apaixonada a despenalização da eutanásia. Oito comunidades religiosas uniram-se para rejeitar a eutanásia e o mesmo aconteceu com os últimos seis Ler Mais

Um café na rua Mercaderes

Memória de Eça em Cuba. O “La Columnata Egipciana”, na rua Mercaderes, em pleno centro histórico da cidade de Havana, café que Eça de Queiroz costumava frequentar, já não se chama “La Ler Mais

Os Mártires do Cristianismo foram sementes e raízes que floresceram e deram fruto

Dor e sofrimento transportou Jesus à eternidade. No passado dia 29 de Junho a Igreja celebrou a solenidade dos apóstolos São Pedro e São Paulo. Os dois, cada um com a sua Ler Mais

 

Conhecer as Leis de Macau

Constituição e adesão aos planos de previdência central (segunda parte)

Constituição e adesão aos planos de previdência central (segunda parte)

Quanto à Lei n.º 7/2017 (Regime de previdência central não obrigatório), que entrou em vigor no dia 1 de Janeiro do corrente ano, foi referido no artigo da semana passada que a parte essencial do dito regime era o regime contributivo, o qual era concretizado através da constituição e participação no «Plano conjunto de previdência» ou no «Plano individual de previdência». O «Plano conjunto de previdência» é constituído voluntariamente por um empregador, com a participação voluntária do trabalhador “residente de Macau ”. Este plano integra, de um modo geral, quatro etapas principais: a “selecção de uma entidade gestora de fundos pelo empregador”, a “celebração de um contrato para a constituição do plano”, a “notificação aos trabalhadores para que possam optar pela sua adesão” e o “pagamento das contribuições”.

Bengala e o Reino do Dragão – 36

A aprendizagem do Butanês

A aprendizagem do Butanês

Também ficamos a saber, ao ler a “Relação”, que os nossos padres logo desde o período inicial de itinerância deram os primeiros passos no idioma local. Como confessa Cacela, “em estes meses procuramos com toda a diligência aprender a língua”. Em Chagri os padres continuariam com a aprendizagem do Butanês, mas com grande dificuldade devido à falta de mestres adequados. Como já se viu, o monge que os acompanhava era de Chaparangue, no Tibete Central, onde se falava uma língua totalmente diferente. Cacela chama a atenção para as diferenças notórias nos dialectos do universo tibetano: “(…) posto que estes reinos tenham todos a mesma língua, há muita variedade na pronunciação e nas terminações, e a corrupção dela em algumas partes a faz quase outra, particularmente neste Reino, que, por ficar neste canto sem trato, nem muito comércio dos outros reinos, está muito mudada”.

Cismas, Reformas e Divisões na Igreja – LXXIII

A Igreja e a Ciência – III

A Igreja e a Ciência – III

A Fé estuda as causas, o porquê das coisas, dos fenómenos, enquanto a Ciência se detém no “como”, no processo. Não, não é uma provocação, é antes uma constatação da relação histórica entre o Cristianismo e a Ciência. Para a Igreja, antes de se conhecer o “como”, é importante conhecer previamente o porquê. Os cientistas, como Galileu e outros do seu tempo, e depois a Ciência, tiverem sempre como objecto próprio o estudo dos fenómenos, o “como”, as causas segundas, o modo. A Igreja, acima de tudo, procura o estudo e a determinação do sentido último das coisas, de tudo. Chegar a esta distinção, a esta consciencialização, foi o mais difícil, talvez. Foi duro, mas as consequências estão à vista e inegáveis, por ambas as partes: a autonomia completa da Ciência em relação à Fé.

Cartoon 13-07-18

Cartoon 13-07-18

Padre Javier Sánchez, Director do Grupo “Ciência, Razão e Fé” da Universidade de Navarra

PADRE JAVIER SÁNCHEZ

«Deus não precisa de se restringir ao planeta Terra ou à espécie humana».

A ciência e a religião não estão em conflito, assegura o padre Javier Sánchez, professor e investigador na Universidade de Navarra, em Espanha. Para o provar, a’O CLARIM fala sobre Stephen Hawking, da mão de Deus na criação de vida extraterrestre, do papel da religião na colonização de outros planetas, e de criacionismo e evolucionismo, sem esquecer a Física e a Teologia.

Pré-Sínodo em Roma

PRÉ-SÍNODO EM ROMA

Jovens querem ser protagonistas na Igreja.

Roma recebeu mais de 300 jovens, provenientes dos cinco continentes, para uma semana de reflexão sobre os seus desejos, anseios, preocupações e dificuldades. O Papa Francisco acolheu-os e pediu-lhes que falassem sem filtro, com coragem. E agora tem um documento para apresentar aos bispos no sínodo que transporta consigo todas essas questões.

Quando se começou a falar da realização de uma assembleia pré-sinodal, ninguém sabia muito bem o que se iria passar.

“Bitter Winter”, Revista Online Religiosa expõe a China aos olhos do Mundo

BITTER WINTER

Ficheiros secretos.

A “Bitter Winter” (Inverno Amargo), revista online noticiosa dedicada à liberdade religiosa e aos Direitos Humanos na China, foi lançada no início do corrente ano, oferecendo aos cibernautas conteúdos em Inglês, Chinês, Coreano, Italiano, Francês, Espanhol e Alemão.

A publicação tem por objectivo “relatar a forma como as religiões são permitidas, ou não, a operar na China, e como algumas são severamente perseguidas depois de rotuladas como ‘xie jiao’, ou seja, ensinamentos heterodoxos”, pode-se ler no sítio https://bitterwinter.org, que divulga “notícias difíceis de encontrar em qualquer outra parte”, bem como “análises e debates”.

Opinião

A Quadratura do Círculo Europeu

A Quadratura do Círculo Europeu.

Os europeus, através das resoluções tomadas pelo Conselho Europeu da semana passada, tomaram consciência do quão difícil é resolver entre si o problema das constantes migrações que chegam à Europa, oriundas do continente africano.

No centro desta discussão estava, para uns, a política europeia de Asilo Comum dos migrantes, enquanto para outros o que estava em causa era a travagem completa dessas migrações.

Rota dos 500 Anos retomada por alguns meses

De regresso ao Dee

De regresso ao Dee.

Pensamos que é chegado o momento de revelar os nosso planos aos leitores que nos têm seguido na viagem à volta do mundo em veleiro. Depois de muitas incertezas, avanços e recuos, devido a problema de saúde, temos já definida a data de partida de Portugal rumo a Curaçao, onde temos guardado o nosso barco. Eu vou em Novembro. A NaE e a Maria irão em Dezembro.

Se tudo correr conforme o planeado, poucos dias depois viajaremos até Guadalupe ou Martinica, onde iremos aguardar por Maio de 2019 para iniciarmos a travessia que nos trará a Portugal.

Capa 06-07-18

Capa 06-07-18

Debate assinalou Aniversário do Semanário Plataforma Macau

Global Media Group anuncia novas parcerias

Global Media Group anuncia novas parcerias

China, Moçambique e Cabo Verde são os próximos países onde a Global Media Group vai avançar com parcerias nos media para reforçar a «afirmação de uma rede global», disse na passada segunda-feira à LUSA o responsável do grupo em Macau.

«O grupo já garantiu nos últimos meses doze parceiros internacionais [em Portugal, Brasil e Macau] de forma a estabelecer uma plataforma entre a China e países de língua portuguesa», indicou o presidente do Global Media Group de Macau, Paulo Rego.

Instituto Ricci de Macau organiza Simpósio sobre a Rota da Seda

O lado cultural e religioso

O lado cultural e religioso

O Instituto Ricci de Macau (IRM) organiza, entre os dias 22 e 23 de Novembro, o simpósio anual “Explorar a Faixa Económica da Rota da Seda e da Rota Marítima da Seda do Século XXI: O Desafio do Intercâmbio Intercultural e da Comunicação”.

A iniciativa tem como objectivo explorar os aspectos culturais e religiosos inerentes ao legado milenar da Rota da Seda. “A Faixa Económica da Rota da Seda da China e da Rota Marítima da Seda, anunciados em 2013, tornaram-se claramente no foco principal dos esforços do País para manter e desenvolver as relações de cooperação com os seus vizinhos próximos e distantes”, refere uma nota do IRM, acrescentando que se trata de “políticas benéficas de desenvolvimento económico para a Ásia, Europa e África”.

Após quatro anos de espera

Papa nomeia bispo para Cabinda

Papa nomeia bispo para Cabinda

O Papa Francisco nomeou, na passada terça-feira, como novo bispo de Cabinda D. Belmiro Cuica Chissengueti, de 49 anos, até agora superior provincial da Congregação do Espírito Santo (Espiritanos) em Angola.

A diocese angolana esperava um novo bispo desde 2014, altura em que D. Filomeno Dias foi nomeado arcebispo de Luanda, continuando como administrado apostólico de Cabinda.

Fotolegenda

FESTA DOS SANTOS PEDRO E PAULO

FESTA DOS SANTOS PEDRO E PAULO

D. Stephen Lee, bispo de Macau, abençoa o incenso na missa solene celebrada por ocasião da Festa dos Santos Pedro e Paulo. Na cerimónia esteve exposta a relíquia dos dois apóstolos e mártires. A eucaristia decorreu, no passado dia 29 de Junho, na igreja da Sé Catedral.

Filosofia, uma dentada de cada vez (71)

Os animais também fazem fofoca?

Os animais também fazem fofoca?

Há muito tempo falámos sobre a relação entre realidade, conhecimento e linguagem (ver FILOSOFIA, UMA DENTADA DE CADA VEZ, nº 4). Sentimos a necessidade natural de comunicar, mesmo quando ainda somos bebés. Nessa altura, apenas podemos chorar ou rir. Eventualmente, aprenderemos a expressar os nossos pensamentos às outras pessoas.

Aparentemente, os animais também têm uma linguagem. Poderão os animais falar? Foram efectuadas experiências em macacos para verificar se podiam falar da mesma forma que os seres humanos.