Centésimo Aniversário Natalício do Padre César Brianza

Pequenos Cantores voltaram a reunir

Pequenos Cantores voltaram a reunir

O Instituto Internacional de Macau, em colaboração com os Amigos do Oratório Salesiano e os Antigos Alunos do Colégio D. Bosco, organizou na passada segunda-feira, no auditório do Colégio D. Bosco, a Sessão de Evocação do Padre César Brianza, por ocasião do centésimo aniversário do seu nascimento.

Em declarações a’O CLARIM, o padre Francisco Hung não só lembrou o homem dedicado totalmente à educação musical dos seus alunos, como também alguém que tornou Macau conhecida no estrangeiro com o coro dos Pequenos Cantores da Cruz, que fundou no Colégio D. Bosco.

«Actuaram em muitos lugares, por exemplo na China, em Taiwan, em Hong Kong e no Japão, entre outros países. Pelo que sei, até foram à Europa. De alguma forma promoveu muito a cultura portuguesa de Macau em todo o mundo. Contribuiu bastante, não apenas na educação, mas também em dar a conhecer Macau a muitas outras pessoas», disse o salesiano, à margem da sessão de evocação do padre Brianza.

«Conheci-o em Hong Kong, era eu bastante jovem, porque uma vez trouxe os seus pequenos cantores à nossa escola para cantarem. A maior parte das canções eram muito alegres, fazendo-nos a todos felizes. Por isso, lembro-me muito bem desse momento», acrescentou o padre Hung.

A sessão de evocação foi aproveitada para um grupo dos antigos Pequenos Cantores da Cruz se juntar e actuar no coro que já se encontrava inactivo há três décadas.

P.D.O.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *