Category Archives: Local

Silva Mendes, Segundo Volume disponível antes do lançamento

Manuel da Silva Mendes: Memória e Pensamento

Erudito entre chineses

O segundo volume da colectânea sobre Silva Mendes, intitulado “Manuel da Silva Mendes: Memória e Pensamento”, encontra-se disponível na Livraria Portuguesa, devendo o seu lançamento acontecer no próximo mês de Setembro devido ao período de férias escolares, salienta a editora Livros do Oriente num comunicado entregue nas redacções.

A obra “esgota tudo quanto Silva Mendes escreveu sobre Macau, a China e o Japão, estando reservados para o terceiro volume os textos publicados em Macau sobre questões relacionadas com Portugal e com o mundo; bem como a produção literária e jornalística de Silva Mendes antes da vinda para Macau, em 1901”, descreve a mesma nota.

Conhecer as Leis de Macau

Pacto sobre os direitos económicos, sociais e culturais (II)

Pacto sobre os direitos económicos, sociais e culturais (II)

Na semana passada foram apresentados os aspectos relativos à aprovação, entrada em vigor e conteúdo principal do Pacto Internacional sobre os Direitos Económicos, Sociais e Culturais (doravante designado por Pacto). Hoje vamos apresentar outros aspectos do Pacto.

Tendo em conta que o Pacto consiste em disposições de princípios, cabe aos Estados Partes legislar por sua iniciativa e elaborar medidas para concretizar a garantia dos direitos económicos, sociais e culturais de cada pessoa. Para esse efeito, os Estados Partes devem apresentar às Nações Unidas relatórios sobre as medidas tomadas para dar cumprimento ao Pacto e o seu andamento, incluindo a entrega de relatórios por etapas no primeiro ano a contar da data da entrada em vigor do Pacto.

«Direitos dos Cidadãos estão a ser violados», diz a Advogada Sílvia Mendonça

Parquímetros continuam a não emitir recibo de pagamento

Parquímetros continuam a não emitir recibo de pagamento.

A advogada Sílvia Mendonça disse a’O CLARIM que o sistema de pagamento dos parques de estacionamento por meio de parquímetro não é transparente em Macau, uma vez que os utilizadores não recebem o comprovativo do pagamento, sendo por isso difícil contabilizar os montantes arrecadados pela empresa concessionária. Assume que os direitos dos cidadãos estão a ser violados.

«Quem estaciona o seu carro num lugar com parquímetro, põe as moedas ou usa o “Macau Pass”, mas não há a emissão de um recibo, nem há nenhuma aplicação que estipule o montante pago por determinado período de tempo.

Paolo Santangelo, Sinologista

Paolo Santangelo

A sociedade chinesa actual não é muito diferente da antiga

«A cultura chinesa demonstrou ter grande flexibilidade e capacidade de ser participativa ao longo da sua história», disse a’O CLARIM o sinologista italiano Paolo Santangelo, acrescentando que esta «característica permitiu não apenas que a sua capacidade fosse constantemente renovada e enriquecida», como também a transferência de «significados, valores e símbolos da antiguidade para a modernidade» se tornasse uma realidade.

«Temos o exemplo da sinização do Budismo, uma doutrina completamente estrangeira com modelos ignorados na China», referiu Paolo Santangelo, para quem «o sincretismo e a flexibilidade deste culto são emblemáticos».

Igreja de Nossa Senhora de Fátima

IGREJA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Domingo há concerto de música clássica

A igreja de Nossa Senhora de Fátima vai ser palco este Domingo, pelas 20 horas, do concerto de Verão de música clássica, com actuações do Clube de Música de Câmara do IFT, da Banda da Polícia de Segurança Pública e da “Macau Ensemble Association”.

Fazem parte do reportório os temas “Música de Carmina Burana”, “Música do Rei e Eu”, “Danse Bacchanale”, “Con Te Partiro”, “Yorkshire Overture”, “Ave Maria”, “First Suite in Eb” (Chaconne, Intermezzo e March), “Dies Irae” (do Requiem de Verdi) e “Panis Angelicus”.

Metro de Macau vai custar pelo menos 1,7 Mil Milhões de Euros

METRO DE MACAU

Ao preço da platina

O orçamento do metro de superfície de Macau foi revisto em alta para 1,7 mil milhões euros, um valor que deve ainda aumentar, disseram as autoridades.

Os números avançados em Junho de 2016 pelo secretário para os Transportes e Obras Públicas, Raimundo do Rosário, apontavam para um orçamento de 1,1 mil milhões de euros para o segmento da ilha da Taipa, cujo início de funcionamento chegou a estar previsto para 2017.

O novo valor foi acordado numa reunião, na terça-feira, entre o Gabinete para as Infraestruturas (GIT) e a Comissão de Acompanhamento para os Assuntos de Finanças Públicas, de acordo com um comunicado do Governo.

Fotolegenda

Norbert Michelisz

A VEZ DE MICHELISZ

O húngaro Norbert Michelisz festeja efusivamente a vitória na terceira corrida do WTRC, disputada no passado fim-de-semana na Eslováquia. O italiano Gabriele Tarquini assumiu a liderança do campeonato (202 pontos), por troca com o francês Yvan Muller (199), que é seguido por Michelisz. Todos em Hyundai!

Conhecer as Leis de Macau

Pacto sobre os direitos económicos, sociais e culturais (I)

Pacto sobre os direitos económicos, sociais e culturais (I)

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, em 1966, o Pacto sobre os Direitos Económicos, Sociais e Culturais (doravante denominado o “Pacto”) a fim de garantir os direitos económicos, sociais e culturais de todos os indivíduos, abrindo o caminho para a assinatura, ratificação e adesão dos demais países. O Pacto entrou em vigor em 1976.

O Pacto já se aplicava em Macau antes do seu Retorno à Pátria, e, após o Retorno, de acordo com a Lei Básica da Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, as disposições do Pacto que sejam aplicáveis a Macau continuam a vigorar, sendo implementadas através da legislação da Região Administrativa Especial de Macau.

António Conceição Júnior foi orador em Palestra sobre Afonso de Albuquerque

ANTÓNIO CONCEIÇÃO JÚNIOR

Um cruzado fora de tempo.

O escritor e artista António Conceição Júnior foi o orador da palestra “Afonso de Albuquerque – Rumo ao Apogeu Militar dos Descobrimentos”, que decorreu ontem na Galeria da Fundação Rui Cunha.

«Há vários aspectos a considerar da sua personalidade, nomeadamente a sua enorme coragem, mas igualmente a probidade, a capacidade de liderança e a visão que permitiu não apenas um mare clausum para os portugueses, mas também a abertura para mais Oriente», disse a’O CLARIM António Conceição Júnior, acrescentando que «Albuquerque fomentou não apenas os golpes de espada, mas também os de amor, de que resultaram miscigenações várias bem características dos portugueses».

Toque Italiano nos contactos com a China

Franciscanos do século XIV percorreram a Rota da Seda

Franciscanos do século XIV percorreram a Rota da Seda

Os sacerdotes católicos europeus, que há vários séculos estiveram em missão no Oriente, contribuíram bastante para o contacto entre a Europa e a China. Muitos trilharam os caminhos da Rota da Seda e da Rota das Especiarias como diplomatas e artistas. Alguns deles eram italianos.

Este tema foi abordado pelo professor Francesco Vossilla, orador da palestra “Diplomacia e intercâmbios artísticos na Rota da Seda e na Rota das Especiarias: algumas personagens exemplares”, que decorreu na passada quarta-feira, no salão do Seminário de São José, sob a égide do Instituto Ricci de Macau.

Opinião

Uma réstia de esperança na Humanidade

Uma réstia de esperança na Humanidade

Comoveu-me profundamente o que passaram doze crianças e o treinador-adjunto da equipa de futebol Moo Pa (Javalis Selvagens), ao ficarem encurraladas durante mais de duas semanas no complexo das grutas de Tham Luang, situado na província de Chiang Rai, no Norte da Tailândia.

A incerteza quanto ao desfecho final tornou-se numa angustiante espera, ao ponto de várias vezes recusar-me a acompanhar os acontecimentos pela Imprensa, dado que tudo poderia resultar numa grande tragédia. A angustia – estou certo – foi partilhada por milhões de pessoas que por todo o mundo sentiram grande preocupação por aquelas crianças e pelo treinador-adjunto da equipa.

D. Arquimínio, Lancelote e Acquistapace são os primeiros livros traduzidos

“Missionários para o Século XXI” em chinês

“Missionários para o Século XXI” em chinês

O Instituto Internacional de Macau e a diocese de Macau lançaram, na passada terça-feira, uma nova edição composta por três livros sobre a vida do bispo D. Arquimínio Rodrigues da Costa e dos padres Lancelote Rodrigues e Mario Acquistapace.

As obras, que fazem parte da série “Missionários para o Século XXI”, foram traduzidas de Português para Chinês.

Missa Dominical tem lugar na Capela da Igreja

Bahasa Indonésio em São Lourenço

Bahasa Indonésio em São Lourenço

A capela da igreja de São Lourenço acolhe, desde o início do corrente mês, a celebração da missa dominical em Bahasa Indonésio. A iniciativa tem como objectivo conservar a fé dos católicos indonésios, pois vários já abraçaram outros ramos do Cristianismo, e manter o espírito solidário dos membros da comunidade indonésia em Macau.

A celebração, com início às 17 horas, realiza-se no primeiro e quarto Domingo de cada mês.

Fotolegenda

DIA DA POLÍCIA JUDICIÁRIA

DIA DA POLÍCIA JUDICIÁRIA

Membros do projecto “Guia Juvenil para Combater o Crime” tiram uma “selfie” com o secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, o director da PJ, Sit Chong Meng, e outros elementos do órgão de polícia criminal. O registo foi captado durante o jantar comemorativo do “Dia da Polícia Judiciária”, realizado na passada quarta-feira no Grand Hyatt Macau.

Conhecer as Leis de Macau

Constituição e adesão aos planos de previdência central (segunda parte)

Constituição e adesão aos planos de previdência central (segunda parte)

Quanto à Lei n.º 7/2017 (Regime de previdência central não obrigatório), que entrou em vigor no dia 1 de Janeiro do corrente ano, foi referido no artigo da semana passada que a parte essencial do dito regime era o regime contributivo, o qual era concretizado através da constituição e participação no «Plano conjunto de previdência» ou no «Plano individual de previdência». O «Plano conjunto de previdência» é constituído voluntariamente por um empregador, com a participação voluntária do trabalhador “residente de Macau ”. Este plano integra, de um modo geral, quatro etapas principais: a “selecção de uma entidade gestora de fundos pelo empregador”, a “celebração de um contrato para a constituição do plano”, a “notificação aos trabalhadores para que possam optar pela sua adesão” e o “pagamento das contribuições”.