Category Archives: Entrevista

Irmã Beatrice Leung, Professora e Investigadora da Universidade Ursulina Wenzao de Línguas de Taiwan

IRMÃ BEATRICE LEUNG

Liberdade religiosa difere da China para o Ocidente.

Estudiosa das relações do Vaticano com a República Popular da China e com Taiwan, a irmã Beatrice Leung desacredita as notícias distorcidas da Imprensa secular sobre a nomeação de bispos no continente chinês. A’O CLARIM, a professora e investigadora da Universidade Ursulina Wenzao de Línguas aconselha a Santa Sé a ter em atenção os prós e contras dentro da Igreja sobre a política chinesa antes de chegar a acordo com Pequim, dado que a equipa de negociação da Santa Sé não está preparada para entender a correcta mensagem do homólogo chinês. O Natal em Taiwan foi outro tema de conversa.

Luís Cunha, Jornalista e Investigador

LUÍS CUNHA

«A China almeja ser a maior potência do mundo».

Com a chancela do Instituto Internacional de Macau, e resultado de um trabalho investigação para o Instituto dos Estudos Europeus de Macau, o mais recente livro do jornalista Luís Cunha, “China’s Techno-Nationalism in the Global Era”, foi apresentado no território a semana passada. A respeito do mesmo, O CLARIM conversou com o autor.

Paul Pun, Secretário-Geral da Cáritas

Paul Pun

«O nosso principal serviço é para os idosos».

A propósito do 65º aniversário da Cáritas Macau, O CLARIM esteve à conversa com Paul Pun que falou sobre o presente e o passado da instituição que lidera. Em cima da mesa estiveram o modelo de actuação, os idosos, os sem-abrigo, a relação com a Diocese e as Linhas de Acção Governativa para a área dos Assuntos Sociais e Cultura.

Patipat Pumpongpaet, antigo Director do Parque Histórico de Ayutthaya

Patipat Pumpongpaet

Portugal na Tailândia através de Macau.

Ociosos, festivos, especialistas em variadíssimas artes e com lugar preferencial na corte siamesa, é assim que o arqueólogo e historiador Patipat Pumpongpaet descreve os portugueses do período de Ayutthaya. A’O CLARIM, o antigo director do Parque Histórico da ancestral capital do Reino do Sião, actual Tailândia, fala sobre a experiência que teve ao supervisionar as escavações da igreja dominicana no bairro português, as rivalidades com outras potências europeias e a razão para o alheamento generalizado dos tailandeses sobre Portugal. Quanto a Macau, pode funcionar como plataforma para que os portugueses voltem a ser lembrados no País dos Sorrisos.

Ronald Bartolome fala sobre os trabalhadores não-residentes

Ronald Bartolome

«Não há crescimento quando se exclui outras pessoas».

Feliz por fazer parte das mudanças que se verificam em Macau, o empresário Ronald Bartolome partilha o seu conceito de restauração assente num ambiente caseiro. A‘O CLARIM, o sócio-gerente do restaurante “La Cucina Italiana” salienta que os deputados devem ter maior abertura para os trabalhadores não-residentes, porque sem eles não há crescimento. Assumindo ser muito difícil para um estrangeiro fazer negócio no continente chinês, acrescenta que até mesmo na RAEM as operadoras de Jogo estão a fazê-lo cada vez mais à maneira chinesa.

Joaquim Gomes Canotilho, constitucionalista

JOAQUIM GOMES CANOTILHO

O sentido do voto e da democracia.

Numa época em que são cada vez mais os descrentes da política e dos projectos políticos O Clarim foi falar com o constitucionalista Joaquim Gomes Canotilho sobre o voto e a democracia, ou, melhor dizendo, o que resta de ambos.

Jorge Neto Valente fala sobre a Plataforma de Macau para os PLP, na véspera de visitar Portugal

Jorge Neto Valente

Governo Central aprova o papel dos macaenses.

Jorge Neto Valente traça um futuro ambicioso para a Associação dos Jovens Macaenses, ao garantir que o seu programa de actividades é diversificado e há abertura para interagir com todas as comunidades locais, independentemente da língua falada. A’O CLARIM o presidente da instituição falou abertamente sobre os problemas e os desafios que atingem os jovens da diáspora, a relevância das Casas de Macau no mundo e a importância do Encontro das Comunidades Macaenses, sem esquecer as diferenças entre o Patuá cerrado e o Patuá corrente.

Francisco Leandro, especialista em Relações Internacionais, sobre o diferendo entre a RPC e as Filipinas

CHINA TEM O DIREITO A RECUSAR HAIA

A decisão do Tribunal Permanente de Arbitragem de Haia não remete para as questões de soberania das águas territoriais que opõem a República Popular da China às Filipinas, assegura Francisco Leandro, que tece críticas ao posicionamento dos Estados Unidos e reconhece em Hillary Clinton melhor capacidade para liderar a nação americana.

Exposição da “Carta do Achamento” de Pêro Vaz de Caminha

António Dias Rocha

«Belmonte tem uma ligação afectiva e cultural com o Brasil».

A exposição da Carta a El-Rei Dom Manoel sobre o Achamento do Brasil, de Pêro Vaz de Caminha, já apresentada na Sala do Relógio da Torre do Tombo, em Lisboa, encontra-se patente até dia 26 de Outubro, na Sala Pedro Ávares Cabral, no Castelo de Belmonte, constituindo uma das apostas turísticas por parte da edilidade local. O Clarim foi ouvir António Dias Rocha, presidente da Câmara Municipal de Belmonte.

Jorge dos Santos Alves, Coordenador de Estudos Asiáticos da Universidade Católica Portuguesa

Jorge dos Santos Alves

História asiática relativiza presença estrangeira.

Mal compreendida, a presença dos portugueses na Ásia, o professor e investigador Jorge dos Santos Alves atribui a Macau um papel absolutamente central na interacção com os povos asiáticos, porque a imagem que muitas vezes ficou não era a de Portugal, nem dos portugueses, mas sim de Macau e dos macaenses. A’O CLARIM, o coordenador de Estudos Asiáticos da Universidade Católica Portuguesa sustenta que o Ocidente deve dar grande importância às relações bilaterais com a Indonésia, Malásia e Maldivas, três Estados islâmicos fundamentais para a estabilidade na Ásia Oriental. Quanto à Turquia, adverte que a União Europeia e os Estados Unidos não devem menosprezar quem já foi um império mundial.

Comandante Pedro Pires, Ex-Presidente de Cabo Verde

Comandante Pedro Pires

Dia da independência é momento de reafirmação.

Prestes a terminar o périplo pela Grande China, o comandante Pedro Pires falou a’O CLARIM sobre as transformações registadas no gigante asiático nos últimos cinquenta anos e sobre a importância que atribui ao Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. No campo religioso, o antigo Presidente e Primeiro-Ministro de Cabo Verde elogiou a estabilidade entre países cristãos e muçulmanos da faixa costeira ocidental de África e assegurou que as confrontações, maioritariamente com origem no Médio Oriente, não são essencialmente entre o Islão e o Cristianismo, mas sim entre várias correntes do próprio Islão.

Maestro Aurelio Porfiri fala da sua experiência em Roma

MAESTRO AURELIO PORFIRI

Clericalismo é a maior doença da Igreja Católica.

O CLARIM aproveitou a recente passagem de Aurelio Porfiri por Macau para abordar os grandes temas da Santa Sé, desde a reforma da Cúria Romana até aos escândalos do Vatileaks e da pedofilia. O clericalismo está a minar todos os quadrantes da Igreja Católica, sustenta o maestro italiano a residir em Roma, para quem será mais fácil o Papa Francisco visitar a Rússia do que a China.

José Manuel Simões, Coordenador do Departamento de Comunicação e Media da Universidade de São José

José Manuel Simões

Macau perde gente muito qualificada.

O curso de Comunicação e Media da Universidade de São José, inspirado na máxima de Confúcio “aprender, fazendo”, equipara as potencialidades dos alunos locais com as dos estudantes provenientes do estrangeiro, assume José Manuel Simões, para quem o método de ensino que privilegia a memorização cria uma espécie de letargia ao nível das ideias, dos sentimentos e da análise. Referindo que o mercado local não dá continuidade aos alunos estrangeiros de excepcional qualidade, o coordenador do Departamento de Comunicação e Media da USJ sustenta terem caído em “saco-roto” as promessas para resolver o impasse sobre o recrutamento de alunos da China continental.

D. Stephen Lee, Bispo de Macau

D. Stephen Lee

«Os pais são os principais educadores».

D. Stephen Lee está empenhado em melhorar o ensino das escolas católicas, promovendo os valores morais e os laços familiares, através de um trabalho vincadamente pastoral. Num tom espontâneo falou a’O CLARIM sobre educação sexual, reiterou a vontade de ajudar os pais dos alunos do Colégio Diocesano de São José com dificuldades financeiras, e desvalorizou as críticas em torno das obras de restauro do património arquitectónico religioso.

Henrique Nunes, treinador do Benfica de Macau

HENRIQUE NUNES

AFC Cup é o próximo objectivo.

O Benfica de Macau prepara-se para conquistar o tri-campeonato na Liga Elite, feito que muito se deve a Henrique Nunes, para quem o principal objectivo é chegar à AFC Cup e passar a fase do play-off de qualificação. A’O CLARIM o técnico português fala sobre as lacunas do futebol local, a sua passagem pela 1ª Divisão em Portugal, o actual momento do Feirense e do Arouca, sem esquecer as possibilidades da Selecção das Quinas no Euro2016.