Monthly Archives: October 2018

Padre Eddie Hsueh Kwan Ho, Sacerdote do Movimento dos Focolares

Padre Eddie Hsueh Kwan Ho

«Alimentamos a visão da Igreja, consagrada pelo Vaticano II».

Diálogo, evangelização e uma vivência comunitária da espiritualidade inerente à mensagem dos Evangelhos são conceitos centrais para o Movimento dos Focolares. O organismo, fundado pela italiana Chiara Lubich durante a Segunda Guerra Mundial, celebra 75 anos com o compromisso renovado de continuar a servir a Igreja Católica. Presente em 182 países e territórios, o Movimento chegou a Macau no início da década de 70 e mantém na RAEM uma acção evangelizadora discreta, mas consolidada. Os membros da “Obra de Maria” apostam, sobretudo, na evangelização inter-pares, de leigo para leigo. O padre Eddie Hsueh Kwan Ho, sacerdote responsável pelo Movimento em Macau e em Hong Kong, diz mesmo que não há melhores evangelizadores.

José Silveira Machado, “O Macaense dos Açores”, nasceu há cem anos

José Silveira Machado

“O Professor”.

Figura incontornável da história de Macau no século XX, José Silveira Machado nasceu fez quarta-feira cem anos. Mais de uma década após a sua morte, “O Professor” continua a ser um exemplo de entrega e de dedicação a um território que adoptou de alma e coração. É um dos fundadores d’O CLARIM.

«Boa pessoa, conversador agradável, com algo de poeta». É assim – de forma sucinta, mas esclarecedora e abrangente – que o padre Luís Sequeira, antigo Superior da Companhia de Jesus em Macau, recorda José Silveira Machado. Professor, jornalista, escritor, pedagogo e membro do grupo que em 1948 fundou O CLARIM, Silveira Machado nasceu, fez na quarta-feira cem anos, na ilha açoriana de São Jorge.

Missionários Claretianos celebraram o seu Santo Fundador

António Maria Claret desceu a Macau

António Maria Claret desceu a Macau.

Presente em Macau desde 2006, a Congregação dos Missionários Claretianos celebra anualmente o seu santo fundador. Este ano contou com a participação de um representante da Missão da Santa Sé em Hong Kong, monsenhor Javier Herrera Corona.

A Congregação dos Missionários Claretianos celebrou no passado Domingo a festa dedicada ao seu fundador, Santo António Maria Claret (1807-1870), com missa na paróquia de São Lourenço.

Halloween conhecido pelo “Dia das Bruxas” pretende ser sombra da Luz Cristã

O genuíno “All Hallows’ Eve”

O genuíno “All Hallows’ Eve”.

Halloween é palavra que apareceu pela primeira vez no século XVI, uma variante escocesa de “All-Hallows-Evening”, ou seja, a noite anterior ao dia “All Hallows”, que significa “Todos os Santos”. A verdadeira festa de Halloween não tem origem pagã, mas cristã. Algumas correntes neopagãs pretendem relacioná-la com a festa celta de Samhain, que na verdade era celebrada em momentos alternados consoante os movimentos lunares, e não numa data exacta. O que nós, católicos, devemos pensar a respeito do Halloween? Será possível festejá-lo, nos nossos dias, de forma saudável e cristã?

O Halloween tem origem no calendário litúrgico da Igreja Católica. Celebra-se no dia 31 de Outubro, na véspera da Solenidade de “Todos os Santos” (“All Hallows’ Eve”, em Inglês).

O Santo Rosário

O Santo Rosário

Capa 26-10-18

Capa 26-10-18

Passeios por Havana – 6

Uma cidade com Portugal lá dentro

Uma cidade com Portugal lá dentro

Ao passar em frente ao lendário café Dos Hermanos vislumbro um ecrã televisivo e só então me dou conta que o Brasil defronta a Bélgica nos quartos de final do Mundial. E lá estão, sentados em mesas de tampos redondos em frente de uma Cristal fresca, alguns adeptos belgas enfarpelados de vermelho e amarelo. Na parede exterior uma tabuleta recorda os transeuntes que ali conviveram, “entre outros artistas e intelectuais de Cuba e do mundo”, Federico García Lorca, Alejo Carpentier, Enrique Serpa, Marlon Brando, Errol Flynn e Ernest Hemingway. Antecede esta gente a seguinte frase: “Aqui ergueram os seus copos num brinde à amizade e à alegria de viver”. De todos os nomes apenas o de Enrique Serpa – ignorante me confesso – nada me diz. Nada me diz, mas espevita-me a curiosidade, e muito, pois Serpa é apelido genuinamente português. Embora pouco ou nada se ouça falar dele ou da sua obra na ditosa lusa praça, fiquem desde já a saber que Enrique Serpa é considerado um dos mais importantes escritores e jornalistas cubanos da centúria de novecentos.

Festa de São João Paulo II (22 de Outubro)

FESTA DE SÃO JOÃO PAULO II (22 DE OUTUBRO)

Francisco rezou junto ao túmulo de Karol Wojtyla

O Papa Francisco rezou, na passada segunda-feira, junto ao túmulo de São João Paulo II, na Basílica de São Pedro, no dia em que a Igreja Católica celebrou a memória do pontífice, eleito em 1978 e falecido em 2005.

O prefeito do Dicastério para a Comunicação da Santa Sé, Paolo Ruffini, assinalou em conferência de Imprensa que o Papa polaco foi «fundamental» para jovens de várias gerações – tendo criado, entre outras iniciativas, as Jornadas Mundiais da Juventude –, associando assim este gesto ao recente Sínodo dos Bispos dedicado às novas gerações.

O Nosso Tempo

Leituras do tempo presente

Leituras do tempo presente

Quem visita Fátima, e o santuário ali dedicado à Mãe de Jesus, fá-lo com quatro (pelo menos…) atitudes de espírito bem diferentes.

A primeira é a do turista que ali vai, com a mera curiosidade do viajante, tentando vislumbrar algo de novo, de estranho, de bizarro mesmo, a acrescentar ao seu diário de recordações de férias.

A segunda é a do ateu que tem uma posição firme contra a Fé e que, por consequência, ali se desloca para confirmar a inconsequência (a infantilidade mesmo) de ritos que nada acrescentam ao seu universo de certezas absolutas. (Há no ateísmo militante um não sei quê de religião, ou de anti-religião, se se quiser, com seus dogmas de fé, seus mártires e santos laicos, de que talvez muitos dos próprios ateus não se dão conta).

Bengala e o Reino do Dragão – 49

Voo sobre os Himalaias

Voo sobre os Himalaias

A tranquilidade do formoso vale de Paro é quebrada apenas pelos voos em ziguezague das aeronaves da Bhutan Airlines e da Druk Air, as únicas companhias aéreas autorizadas a sobrevoar este estreito pedaço de terra bastante arado e cingido por uma cadeia de montanhas com uma média de altitude de cinco mil e quinhentos metros. Umas quantas vezes ao dia vêem-se romper do nada aviões rumo ao aeroporto, “o mais desafiador do Mundo”, cuja pista, de tão curta, não atinge sequer os dois mil metros. Contam-se pelos dedos das duas mãos os pilotos certificados para cumprir tão delicada tarefa. Voos em Paro são permitidos apenas durante o dia e sob condições meteorológicas de excelência, o que nem sempre é o caso no Verão, altura das monções, facto que origina alguns dissabores pois é o turista obrigado a recorrer ao meio aéreo pelo menos uma vez – à entrada ou à saída do Butão – podendo, como é lógico, e se for essa a sua vontade, fazê-lo em ambos os casos.

Teologia, uma dentada de cada vez (5)

Que outras evidências temos para além dos manuscritos?

Que outras evidências temos para além dos manuscritos?

Para além dos numerosos dados fornecidos pelos manuscritos das Sagradas Escrituras (“evidência interna”), também podemos usar outras obras para estabelecer a autenticidade das Escrituras (“evidência externa”). Neste caso focamo-nos apenas no Novo Testamento e em particular nos Evangelhos. Queremos examinar os Evangelhos porque são a maior fonte do nosso conhecimento sobre os testemunhos enviados por Deus, Testemunhos da Nova Aliança: Jesus Cristo.

Quando dizemos “evidência externa” queremos referir-nos aos outros registos que foram escritos por altura do tempo em que os Evangelhos apareceram e que se referiam aos Evangelhos. (aviso: alguns leitores poderão achar isto aborrecedor e enfadonho).

Anjo da Guarda

O nosso embaixador no Céu

O nosso embaixador no Céu

Os anjos são criaturas de perfeição altíssima, possuidores de inteligência superior e com grande poder.

Espíritos puros, sem matéria, são os seres mais perfeitos da criação, vêem Deus face a face, têm capacidade para socorrer o homem e influir nos acontecimentos.

A providência divina deu aos anjos a missão de nos guardarem, o que prova a bondade de Deus para connosco.

A Secreta Transmissão da Fé

Os “Cristãos Escondidos” no Japão – I

Os “Cristãos Escondidos” no Japão – I

São os “Kakure Kirishitan” (隠れキリシタン), ou “cristãos escondidos” do Japão. Fazem parte de uma das mais incríveis histórias de fé, de testemunho contínuo do Cristianismo durante mais de dois séculos, sem contactos com o exterior nem qualquer vínculo institucional. Em segredo, escondidos, não abandonaram a fé e, dentro do possível, alimentaram-na e transmitiram-na, geração atrás de geração.

Hoje fazemos uma pausa nos cismas e heresias, divisões e reformas, que têm ao longo de dois milénios torpedeado a Igreja.
A par de todas essas questões e dissidências, que valorizaram a fé e a robusteceram, no meio de todas essas querelas, lá longe, nos confins do mundo, no Japão, uma cristandade submergira no silêncio e no esquecimento, escondida e encriptada.

Conhecer as Leis de Macau

Regime jurídico da administração das partes comuns do condomínio (I)

Regime jurídico da administração das partes comuns do condomínio (I)

A Lei n.º 14/2017 (Regime jurídico da administração das partes comuns do condomínio) entrou em vigor no dia 22 de Agosto de 2018. A revisão legislativa desta vez foi feita com base nas disposições vigentes do Código Civil relativas ao regime jurídico da administração das partes comuns do condomínio e introduziu alterações para conformar as normas com a realidade da Região Administrativa Especial de Macau, envolvendo principalmente o aperfeiçoamento do regime de convocação e das regras de funcionamento da assembleia geral do condomínio, a actualização do quórum exigido para a tomada de deliberações na assembleia geral, a clarificação da composição da administração e do âmbito do negócio jurídico que pode realizar, a clarificação da relação entre a administração e a empresa de prestação de serviços de administração de condomínio e dos respectivos direitos e obrigações, bem como a introdução de regras especiais sobre a execução de obras nas partes comuns do edifício, entre as outras alterações. Iremos agora apresentar as normas relevantes através da forma de “Perguntas e respostas”.

Cartoon 26-10-18

Cartoon 26-10-18