Monthly Archives: May 2018

Nossa Senhora de Sheshan (Auxiliadora dos Cristãos) celebrada ontem na China Continental e em Macau

Abraço invisível

Abraço invisível.

A festa de Nossa Senhora Auxiliadora dos Cristãos foi ontem celebrada na paróquia de Fátima, em Macau, e sob a designação de Nossa Senhora de Sheshan, na China continental. Recordamos a ligação do dia 24 de Maio à Carta aos Católicos Chineses, publicada em 2007 pelo então Papa Bento XVI, o papel de Dom Bosco na propagação desta devoção mariana pelo mundo e o milagre da batalha de Lepanto em 1571.

A comunidade da paróquia de Fátima celebrou ontem a festa de Nossa Senhora Auxiliadora dos Cristãos, com missa matinal dedicada à Igreja Católica na China, pelas 7 horas e 10.

O misterioso homem do Sudário reconstruído em 3D

O MISTERIOSO HOMEM DO SUDÁRIO RECONSTRUÍDO EM 3D

Estaremos diante do corpo real de Jesus Cristo?

O fascínio pelo Santo Sudário despertou com uma imagem misteriosa, de um corpo desnudado no pano com as características de Jesus crucificado, que se deu a conhecer em 1898 após a revelação de um negativo – fotografia tirada ao Sudário pelo fotógrafo Secondo Pia. Mas a imagem ganha agora um novo clímax, com a exibição de uma escultura tridimensional da figura humana presente no Santo Sudário, no culminar do trabalho realizado por cientistas da Universidade de Pádua e do hospital local, onde a ciência acaba por alimentar a fé, num encontro de Deus feito Homem.

Não é a primeira vez que falamos do Santo Sudário de Turim, pano de linho que a Igreja Católica e os fiéis, cada vez mais, acreditam ter envolto o corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo no túmulo.

Pessoas com deficiência intelectual

Paróquias angariam 72 mil patacas

Paróquias angariam 72 mil patacas.

As sete paróquias de Macau angariaram o total de 71 mil e 944 patacas, que foram entregues à Associação dos Familiares Encarregados dos Deficientes Mentais de Macau, no âmbito do bazar de caridade que decorreu a 12 e 13 de Maio nas igrejas do território. D. Stephen Lee, bispo de Macau, associou-se à iniciativa na Sé Catedral. O objectivo para a angariação de fundos foi divulgar ao público os serviços para pessoas com deficiência intelectual e demonstrar as suas conquistas.

Beato Álvaro Del Portillo

Álvaro del Portillo

Uma vida que marca.

No dia 12 de Maio a Igreja festeja o beato Álvaro del Portillo. São Josemaría Escrivá, fundador do Opus Dei, dedicou estas palavras àquele que viria a ser o seu sucessor: “Saxum (rocha), como vejo claro o teu caminho – longo – que tens para percorrer! Claro e cheio como um campo recamado de espigas, bendita fecundidade de apóstolo…”, assim foi o beato Álvaro del Portillo.

Nasceu em Madrid no dia 11 de Março de 1914. Os seus biógrafos apresentam-no como alguém que soube levar as virtudes humanas a um grau elevadíssimo, salientam como traços do seu carácter a fortaleza, a fidelidade, a determinação, uma imensa capacidade de trabalho, a coragem que chega ao heroísmo, a par da alegria, serenidade, simpatia e bom humor.

Opinião

Cultura maltratada

Cultura maltratada.

«O mundo é um belo livro, mas com pouca utilidade para quem não sabe ler», afirmou certa ocasião o dramaturgo e escritor italiano Carlo Goldoni (1707-1793).

Qual não foi a minha estupefacção, ao ter conhecimento do conteúdo do relatório do Comissariado da Auditória sobre a “Gestão do acervo bibliográfico da rede de bibliotecas públicas”, na dependência do Instituto Cultural (IC).

Capa 25-05-18

Capa 25-05-18

Corpus Christi entre 1 e 3 de Junho

CORPUS CHRISTI ENTRE 1 E 3 DE JUNHO

Cinco palestras, duas procissões

A diocese de Macau vai realizar, no próximo dia 3 de Junho, a procissão Corpus Christi, com início às 18 horas no pátio do Colégio Diocesano de São José. O andor irá passar pela igreja de São Domingos, em direcção à Sé Catedral. A celebração foi retomada no ano passado, sendo que a última teve lugar no longínquo 24 de Junho de 1973.

O programa da celebração religiosa inclui no corrente ano cinco palestras em Inglês, com tradução em Cantonense. O orador é o padre Augustine Vallooran, director do Centro de Retiro Divino, na Índia.

Semana D’África até 2 de Junho

SEMANA D’ÁFRICA ATÉ 2 DE JUNHO

Comunidades dos PALOP em festa

Um grupo de quatro associações de países africanos de língua oficial portuguesa com sede em Macau comemora hoje o Dia d’África, na égide do debate “Que África Queremos?”, que terá lugar a partir das 18 horas e 30 na Universidade de São José. O evento faz parte da Semana d’África, cujo programa se prolonga até ao próximo dia 2 de Junho. O debate, moderado pelo jornalista Jorge Silva, tem como intervenientes Carlos Frota, primeiro cônsul-geral de Portugal em Macau e ex-embaixador na Coreia do Sul e na Indonésia, que irá abordar as “Relações diplomáticas e económicas China-África”; Graça Sanches, especialista em género e fiscalização legislativa, que irá falar da “Igualdade de Géneros nos PALOP – O caso de Cabo Verde”; e Ângelo Rafael, doutorando da Universidade de Macau, que falará das “Vivências de estudantes Africanos na Ásia – Macau”.

Mais um aniversário da chegada de Vasco da Gama à Índia

Baçaim e Goa, pérolas de uma Índia portuguesa

Baçaim e Goa, pérolas de uma Índia portuguesa

A propósito da recente passagem de mais um aniversário da chegada de Vasco da Gama à Índia e do longo caminho ainda a percorrer para que este país e Portugal potencializam o que de comum têm, recordo o insólito caso de um jovem indiano de 22 anos que, aqui há uns anos, durante cinco dias esteve retido no aeroporto de Lisboa por ordem dos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras. O motivo da detenção residia no passaporte de que era portador, o que levantou suspeitas junto das autoridades portuguesas que o acusaram de falsificação de identidade. O problema só viria a ser resolvido depois de emitido novo passaporte pela embaixada indiana em Lisboa.

Fotolegenda

EHRLACHER ULTRAPASSA MULLER

EHRLACHER ULTRAPASSA MULLER

O francês Yann Ehrlacher comemora a vitória na primeira corrida da jornada tripla do WTCR disputada no circuito de Zandvoort, na Holanda. O piloto da Honda ascendeu ao primeiro lugar da classificação geral, fruto dos 2º e 6º lugares nas restantes corridas. Ultrapassou, assim, o compatriota Yvan Muller (Hyundai), que não pontuou nos Países Baixos.

Cartas aos Leitores

Confirmação (Crisma)

Confirmação

No passado dia 20 de Maio, na solenidade de Pentecostes, um grupo de 17 adolescentes e adultos, da comunidade de língua portuguesa, receberam o sacramento da Confirmação (Crisma), na Missa dominical das 11 horas da manhã, na Sé Catedral.

A Santa Missa e a Confirmação foram celebrados, em língua portuguesa, pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee, mostrando assim, de uma forma muito visível e expressiva, a estreita ligação e comunhão eclesial entre o Bispo, sucessor dos Apóstolos, e os novos confirmados.

Bem-Aventurada Virgem, Mãe da Igreja

Igreja celebrou memória litúrgica de Maria

Igreja celebrou memória litúrgica de Maria

A Igreja Católica celebrou a 21 de Maio, pela primeira vez, a memória litúrgica da “Bem-aventurada Virgem, Mãe da Igreja”, que o Papa Francisco inscreveu no Calendário Romano Geral, a 3 de Março deste ano, para ser celebrada na segunda-feira depois do Pentecostes.

“Esta celebração ajudará a lembrar que a vida cristã, para crescer, deve ser ancorada no mistério da Cruz, na oblação de Cristo no convite eucarístico e na Virgem, Mãe do Redentor e dos redimidos”, lê-se no decreto, assinado pelo Prefeito do Dicastério, o cardeal D. Robert Sarah.

Opinião

Quando leões saem da jaula

Quando leões saem da jaula

Como já tive ocasião de afirmar antes, não sou adepto de nenhum clube de futebol em particular, embora nutra alguma simpatia por alguns. Já foi ver jogos aos estádios do Porto, do Benfica, do Sporting e do Belenenses, mas prefiro assistir aos jogos no sofá da minha sala. Não sou um “doente” da bola, mas vibro de alguma maneira sempre que assisto aos jogos da Selecção Nacional ou de clubes portugueses, indiferentemente de quem são, sempre que jogam com clubes estrangeiros. Acho que há sempre coisas mais importantes em que pensar, que não o futebol, mas não posso deixar de considerar que esta actividade desportiva é um enorme polo de atenção social e, como tal, deve merecer o meu reparo.

Filosofia, uma dentada de cada vez (65)

Quando é que somos obrigados a obedecer à nossa consciência?

Quando é que somos obrigados a obedecer à nossa consciência?

Já vimos como o Homem necessita de um “sistema de navegação” interno – a consciência – e como a ignorância pode afectá-lo.

Devemos obedecer sempre à nossa consciência? Se não, em que condições estamos obrigados a segui-la? Hoje iremos examinar os factores que devemos ter em conta para respondermos a estas perguntas.

O Nosso Tempo

O suicídio dos deuses – II

O suicídio dos deuses – II

Para além da fome e da sede, para além das inquietações do dia a dia, para além da estabilidade familiar, do futuro dos filhos, das perspectivas de carreira, do montante dos impostos, do custo de vida, da renda da casa, cada um de nós preocupa-se com outra coisa. E isso nos distingue dos seres vegetais.

Para além ainda do boletim clínico, das facturas da água e da luz e dos demais detalhes do quotidiano, cada um de nós busca ainda algo de muito diferente que não vem nessa lista.