Monthly Archives: February 2018

Modernização da Festividade mantém os Valores Tradicionais do Culto e da Família

Herança intangível para o mundo

Herança intangível para o mundo.

O Ano Novo Chinês é encarado em Macau, não apenas como uma festividade da cultura chinesa, mas também uma forma de integração na sociedade. Seja de expatriados ou de chineses do interior da China aqui radicados. Assim o dizem António Mil-Homens, Nunu Khan, Paulo Fernandes e Vítor Moutinho.

O Ano Novo Chinês «tem passado por uma certa evolução» para António Mil-Homens, dado que «foi completamente místico em 1996», ano em que chegou pela primeira vez a Macau, «colmatando assim todas as outras sensações de quem vinha da Europa, neste caso de Lisboa».

Já Agora

Por que não se ouve a Igreja Anglicana em Hong Kong?

Por que não se ouve a Igreja Anglicana em Hong Kong?

Nas últimas semanas várias foram as notícias sobre a deslocação do cardeal D. Joseph Zen ao Vaticano. Também o actual bispo de Hong Kong, Michael Yeung, esteve na Santa Sé, embora esta visita não tenha recebido o mesmo destaque por parte dos Órgãos de Comunicação Social.

Muito se escreveu – e pouco se esclareceu – sobre as declarações proferidas em Roma por D. Joseph Zen, principalmente no que respeita ao posicionamento da Igreja Católica em relação à República Popular da China.

Chineses no Thaipusam de Penang

Devoção a Murugan antes do Cão

Devoção a Murugan antes do Cão.

Nas cidades malaias de Georgetown (ilha de Penang) e Kuala Lumpur o Ano Novo Lunar é antecedido por um acontecimento religioso capaz de atrair mais gente às ruas do que a tradicional solenidade chinesa. Refiro-me ao festival hindu de Thaipusam, que tem nas caves de Batu, uns quilómetros a norte da capital da Malásia, a sua mais visível expressão, embora as ruas arborizadas de Penang acolham ancha multidão, e com a distintiva particularidade: entre os devotos vemos não só os costumeiros indianos tâmiles, chetis e quejandos, mas também imensos chineses, que incorporam o culto hindu no seu já de si sincrético taoísmo. Acrescem ao magote, na qualidade de mirones, estrangeiros (catrefada de fotógrafos aos empurrões) e o ocasional nativo muçulmano, por norma, avesso a qualquer tipo de manifestação pagã.

Enquanto o Cão não chega

Enquanto o Cão não chega

Entre o frio de Mira e o calor de Curaçao.

As minhas crónicas a partir de Portugal intercalam as nossas vivências na “metrópole” com assuntos ligados a Macau – observações da actualidade do território, com a devida distância que a Europa nos proporciona.

Quem me conhece e acompanha nestas coisas da escrita sabe que sempre fui crítico, muitas vezes com razão de o ser; outras vezes sem qualquer fundamento! No entanto, é a minha opinião e espero ir ao encontro de muitos leitores.

A Vida começa no final da zona de conforto

Não posso adiar

Não posso adiar.

Por estes dias, estive numa paisagem paradisíaca a fazer um retiro espiritual (não sei se devia estar a dizer isto!). Como se costuma dizer, tenho muita sorte por ter estas oportunidades.

Quando ia a caminho, pouco depois de iniciar a viagem, ainda sem companhia, passou por mim, no seu carro, uma amiga. Uma amiga muito querida, mas com quem não tenho falado muito. Culpa minha. Muita culpa minha.

Capa 13-02-18

Capa 13-02-18

O Nosso Tempo

Kung Hei Fat Choi!

Kung Hei Fat Choi!

Kung Hei Fat Choi! Recomeçar é preciso! Na contagem imparável do tempo é fundamental determo-nos um pouco, para olhar a bússola e confirmar o norte. E isto, em breves dias de reencontro familiar. Ou no lapso tão curto de uma refeição entre amigos. A grande transumância anual, de milhões de chineses, regressando às suas terras de origem para reverem familiares e revisitarem os lugares a que chamam berço, é um poderoso apelo a que nós, amigos estrangeiros, compreendamos este povo, o seu modo de ser e de viver, com o respeito que nos merece uma civilização multimilenar.

Dia Mundial da Língua Materna Versus Saber Escrever

DIA MUNDIAL DA LÍNGUA MATERNA VERSUS SABER ESCREVER

Para professores, pais e avós

O Dia Internacional da Língua Materna foi proclamado pela UNESCO em 1999, sendo comemorado a 21 de Fevereiro, com o objectivo de promover, preservar e proteger todas as línguas faladas pelos povos em todo o mundo. A escolha do dia 21 de Fevereiro para comemorar o Dia Internacional da Língua Materna serve para lembrar a população mundial da tragédia que ocorreu em Fevereiro de 1952, na cidade de Daca, no Bangladesh. Vários estudantes foram mortos pela polícia enquanto protestavam pelo reconhecimento da sua língua – o Bengalês – como um dos dois idiomas oficiais do então Paquistão.

Filosofia, uma dentada de cada vez (52)

E quanto ao coração?

E quanto ao coração?

Falámos de muitas coisas sobre o Homem, mas não dissemos nem uma palavra sobre o coração. O termo “coração” está tão ligado à natureza humana que uma “pessoa sem coração” muito dificilmente poderá ser considerada humana. As Sagradas Escrituras mencionam este facto mais de mil vezes. E mesmo assim não se encontram mencionadas nas faculdades (sentidos, apetites, intelecto, vontade) que São Tomás referia. A razão para este facto é que o termo “coração” é analógico. Ele é usado para definir diferentes realidades com um sentido comum a algo no interior profundo do ser humano. Deixem-nos dar uma vista de olhos a esses diferentes significados.

Bengala e o Reino do Dragão – 16

O Palácio do Gaburassa

O Palácio do Gaburassa

Surpreendeu-me a reduzida dimensão da Cooch Behar com que nos deparámos, tinha já o dia encerrado os seus umbrais. Não fosse o caótico tráfego, pecha de toda a urbe hindustânica, dir-se-ia estancada no tempo. Sim, confesso, estava à espera de cidade mais avantajada. Compatível com os animados mercados de rua que aproveitando a amenidade pós-período de exposição solar vivem sobretudo à noite com exagerada explosão de luz e movimento, humano e motorizado. Ficamos hospedados numa das melhores pensões locais, a BD, com corredias cortinas de carmesim ao longo das janelas largas. Enfim, um luxo à indiana, embora não dispense as carpetes puídas e uma boa dose de pó. É tal a descontraída descaradez que nem se dão ao trabalho de o dissimular.

Vaticano

Papa pede aos padres homilias breves e bem preparadas

Papa pede aos padres homilias breves e bem preparadas

O Papa Francisco pediu que os padres preparem bem as suas homilias, para que sejam breves e ajudem as pessoas a entender a importância do Evangelho.

«Quem profere a homilia deve realizar bem o seu ministério. Aquele que prega, o sacerdote, o diácono, o bispo, oferecendo um real serviço a quem participa da Missa, mas também aqueles que ouvem devem fazer a sua parte», disse, perante milhares de pessoas reunidas no auditório Paulo VI para a audiência pública semanal.

Sílvia Mendonça, Advogada

Sílvia Mendonça

«Não acredito que o Poder Central queira interferir na autonomia da RAEM».

A revisão da Lei de Bases da Organização Judiciária está a colocar em sobressalto parte da sociedade de Macau, podendo significar uma forte machadada no sistema jurídico em vigor após a transferência de poderes. Quem o diz é a advogada Sílvia Mendonça, que, ainda assim, não acredita em interferências por parte do Poder Central. Em entrevista a’O CLARIM, fala também de assédio sexual, não sendo vítimas as mulheres, mas os homens.

Festa de Nossa Senhora das Candeias

Comunidade de Damão celebrou fé centenária

Comunidade de Damão celebrou fé centenária.

A reconquista de Damão por D. Constantino de Bragança, a 2 de Fevereiro de 1559, traçou o destino da povoação em termos religiosos. Desde então celebra-se a Festa de Nossa Senhora das Candeias, juntando católicos e não-católicos entre a Sé Catedral e a Câmara Municipal. Em Macau, realiza-se ininterruptamente desde 1992.

A comunidade damanese de Macau celebrou, na passada sexta-feira, a Festa de Nossa Senhora das Candeias, que assinala a reconquista de Damão pelos portugueses aos mouros, a 2 de Fevereiro de 1559.

Devoção a Nossa Senhora de Fátima

DEVOÇÃO A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Todos os caminhos vão dar à igreja de São Domingos.

A Congregação de Nossa Senhora de Fátima está a promover, na igreja de São Domingos, a “Devoção de Nossa Senhora de Fátima”, em resultado do Centenário das Aparições da Virgem Maria aos três pastorinhos na Cova da Iria, em Portugal.

O acto espiritual decorre todos os primeiros sábados e dias 13 de cada mês, às 15 horas, seguindo-se a exposição do Santíssimo Sacramento, às 15 horas e 30, a recitação do terço, às 16 horas e 30, e missa, às 17 horas. Nos restantes sábados, a recitação do terço inicia-se às 16 horas e 30, e a missa às 17 horas.

O Jardel da Silva de Ulan Bator

JARDEL DA SILVA

Futebolista e missionário.

Chama-se Jardel. E é da Silva. Como o outro. Que no Sporting contradançou, apesar das novelas. Mas este Jardel da Silva, natural de Curitiba, Estado do Paraná, futebolista também, optou pela longínqua Mongólia para viver. Ou melhor, para «cumprir a missão que me está destinada», nas suas próprias palavras. É que além de futebolista, Jardel é missionário. Evangelista. Da Igreja Evangélica do Cristianismo Decidido do Rogate.

«Hei cara! Nem imagina como me sinto feliz por poder falar Português com você».