Daily Archives: July 7, 2017

Igreja em Hong Kong vinte anos após a transferência de soberania

IGREJA EM HONG KONG VINTE ANOS APÓS A TRANSFERÊNCIA DE SOBERANIA

A voz da consciência.

Vinte anos após a transferência de soberania em Hong Kong, a Igreja Católica desempenha um papel-chave a nível sócio-político, refere a irmã Beatrice Leung, para quem o cardeal D. Joseph Zen foi o responsável por moldá-la e por apontar o caminho a seguir. Ainda assim, para o padre Carlos Cheung, o sistema da diocese local precisa de uma transformação estrutural para criar um melhor plano pastoral que possa fazer face aos desafios futuros.

A irmã Beatrice Leung, especialista em Teologia, Ciência Política e Relações Igreja-Estado, não tem dúvidas em afirmar que, tendo em conta a qualidade dos católicos de Hong Kong, a Igreja da antiga colónia britânica é a mais forte da Grande China.

Irmãs da Caridade de Santa Ana cuidam de deficientes e idosos

Irmãs da Caridade de Santa Ana

Irmãs da Caridade de Santa Ana

As máscaras da sociedade.

A irmã Omana Ouseph, superiora do Centro de Santa Lúcia, em Ká-Hó, supervisiona os cuidados das utentes, todas elas com deficiência mental crónica. «Estão a nosso cargo 58 mulheres, a maioria das quais com deficiência mental profunda. Quando receberam alta hospitalar não voltaram para casa. Precisavam de cuidados especiais, algo de difícil concretização para as famílias», sublinha a religiosa das Irmãs da Caridade de Santa Ana.

A irmã Omana reconhece que «as famílias fazem visitas muito raramente», mas assume que o cenário já foi bastante pior: «Antes faziam ainda menos visitas.

Júlia Tao Jueru

JÚLIA TAO JUERU

«Espero contribuir para estreitar laços».

O CLARIM continua a ouvir alguns alunos do Instituto Politécnico de Macau (IPM) para ficar a conhecer a sua experiência em Portugal. São alunos dos cursos de tradução e interpretação que vieram realizar um ano de estudos no Instituto Politécnico de Leiria (IPL). Uma parceria que dura há vários anos e que, segundo os alunos contactados, «é muito positiva», pois permite que eles possam, de forma sistemática, praticar os seus conhecimentos e ter uma experiência directa com a cultura da língua que decidiram aprender.

Ordenados dois Diáconos do Verbo Divino

Horizonte pastoral a caminho

Horizonte pastoral a caminho.

Dois seminaristas dos Missionários do Verbo Divino, Kornelius Supranoto Bardata (Indonésia) e Peter Hoang (Vietname), foram no passado sábado ordenados diáconos na paróquia de Nossa Senhora de Fátima.

A missa de ordenação foi celebrada por D. Stephen Lee, bispo de Macau, e co-celebrada pelo padre Budenholzer Francis, superior dos Missionários do Verbo Divino na Província da China, e por sacerdotes de Macau e Hong Kong.

São Roque celebrado a 9 de Julho

SÃO ROQUE CELEBRADO A 9 DE JULHO

Devoção e protecção.

A paróquia de São Lázaro vai celebrar a Festa de São Roque no dia 9 de Julho, com missa solene e procissão em devoção do santo padroeiro contra a peste.

A devoção a São Roque começou há mais de um século, quando o território foi atingido pela peste negra, causando um grande número de mortes. «Macau teve uma praga em 1889. Por isso, os fiéis do Bairro de São Lázaro iniciaram esta devoção a São Roque, incluindo a novena e a procissão no segundo Domingo de Julho», disse a’O CLARIM o pároco de São Lázaro, padre João Evangelista Lau, acrescentando que «a praga desapareceu milagrosamente» após as duas celebrações religiosas, as quais se tornaram num símbolo do bairro.

Capa 07-07-17

Capa 07-07-17

Ambiente: Ex-Governador Português prevê o futuro

China a caminho da liderança mundial

China a caminho da liderança mundial

O ex-secretário de Estado do Ambiente português José Eduardo Martins relativizou a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, a qual abre caminho «óbvio» à liderança global da China.

«A saída dos Estados Unidos, além de criar um vazio político que permite a liderança chinesa a nível global, como é óbvio, de facto não tem assim um impacto muito grande, porque o que se consegue consegue-se com políticas domésticas», defendeu José Eduardo Martins em declarações à agência LUSA, à margem de um seminário em Macau sobre o Acordo de Paris.

Daniel Loviat, Antiquário

Daniel Loviat

O gosto pelos objectos

Começou muito novo nas lides de coleccionismo. Daniel Loviat, com «sessenta e muitos anos», de Londres rumou à Ásia, percorrendo a chamada “hippie road”. Istambul, Cabul, Índia – «três anos na Índia» – Nepal, Indonésia, Timor e, finalmente, Austrália. Ali ficou durante o tempo suficiente para conseguir a nacionalidade que lhe permitiria, doravante, maior facilidade de movimentação do que a sua nacionalidade original, a francesa. Ao longo dessa viagem começou a recolher objectos pensando que um dia poderia talvez abrir uma loja de antiguidades. A estrada foi levando-o por aí, com alguns bons momentos e outro menos bons. Mas não tem razões de queixa. «Estou satisfeito com a vida», conclui o nosso entrevistado.

Campeonato da China de Carros de Turismo

Ávila quer o pódio

Ávila quer o pódio

Rodolfo Ávila vai chegar, este fim-de-semana, a meio da temporada do Campeonato da China de Carros de Turismo (CTCC), com a certeza de querer melhorar o 7º lugar da classificação geral, pois está a escassos quatro pontos do 2º classificado.

Para tal, o piloto de Macau vai tentar contornar a contrariedade de nunca ter corrido no exíguo circuito de Xangai Tianma, com pouco mais de dois quilómetros e catorze curvas.

Livraria de São Paulo na Sé

LIVRARIA SÃO PAULO NA SÉ

D. Stephen Lee, bispo de Macau, apadrinha a abertura da extensão da Livraria São Paulo, gerida pelas Irmãs Paulinas, na Sé Catedral. A inauguração aconteceu na manhã do passado sábado.

Papa criou cinco Cardeais

PAPA CRIOU CINCO CARDEAIS

Não príncipes mas servos

O Sumo Pontífice Francisco presidiu na tarde de quarta-feira, 28 de Junho, na basílica vaticana, ao Consistório ordinário público para a criação de novos cardeais, a imposição do barrete, a entrega do anel e a atribuição do título.

O Santo Padre chegou às 16 horas à basílica, percorrendo em procissão a nave central até à Confissão, onde recitou uma oração. Depois, tomou lugar na cátedra e ouviu a saudação do arcebispo de Barcelona.

No Angelus Francisco recordou que não existe missão sem dificuldades

Pelos cristãos perseguidos

Pelos cristãos perseguidos

«Também nos nossos dias a perseguição contra os cristãos está presente» e «não obstante isto, eles continuam a testemunhar com coragem a sua fé», recordou o Papa no Angelus dominical recitado com os fiéis presentes na Praça de São Pedro, ao meio-dia de 25 de Junho.

“Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

No Evangelho de hoje (cf. Mt., 10, 26-33) o Senhor Jesus, depois de ter chamado e enviado em missão os seus discípulos, instrui-los e prepara-os para enfrentar as provações e as perseguições que deverão encontrar.

Filosofia, uma dentada de cada vez (23)

E o que tem o “esse” a ver com Deus?

E o que tem o “esse” a ver com Deus?

Da última vez falámos sobre os “ens” (seres), “essentia” (essência) e “esse” (o acto de ser). Deixem-nos explorar “esse” e as suas características.

1– Esse (o acto de ser) é um acto de perfeição em que se fundamenta todas as coisas reais: se alguma coisa é (existe), essa coisa é esse. Algo que é real apenas quando possui o acto de “ser”. É por isso que nós dizemos que esse é um acto universal.

A Estação do Ano que todos anseiam

Verão

Verão

Começou o Verão. Por aqui, começou também a época balnear. Montámos a piscina que o tio F e a tia T ofereceram ao afilhadito, arranjámos um belo tapete de relva sintética para cobrir um pouco da calçada e comprámos um rádio baratinho, porque o antigo sofreu uma pequena queda de uma altura suficientemente grande para lhe provocar danos irreparáveis.

Nós, por cá, gostamos muito de música. Alguns já tocam umas coisinhas. Fora isso, com o rádio, preparada a nossa “playlist” preferida, já podemos cantar e dançar até cair. Muitas vezes, cair literalmente!

Fórmula 1 – Época de 2017

Nervos em franja

Nervos em franja

No passado dia 25 de Junho disputou-se o Grande Prémio do Azerbaijão em Fórmula 1. Houve quem dissesse que foi uma grande corrida, e quem, pelo contrário, afirmasse ter sido uma corrida para esquecer. Concordamos com as duas opiniões, se bem que contraditórias. Uma corrida que tem três “safety cars” em vinte minutos e tem de neutralizar a corrida ainda antes de ter atingido o seu primeiro terço, diz muito, de mal, sobre tudo o que aconteceu. Falhou o circuito, a organização, os comissários, e mesmo os pilotos… Não se pode esquecer que são estes os principais actores do espectáculo.