Daily Archives: April 7, 2017

Novo Colégio Diocesano de São José abre no próximo ano lectivo

NOVO COLÉGIO DIOCESANO DE SÃO JOSÉ ABRE NO PRÓXIMO ANO LECTIVO

À espera da Universidade.

O novo Colégio Diocesano de São José, na ilha Verde, abre portas no ano lectivo de 2017/2018 com inovações ao nível do método de aprendizagem e aposta no ensino da língua inglesa. O Português está em fase de planeamento e a componente religiosa também não está esquecida.

A introdução de diferentes módulos educativos de cariz inovadora que cativem o interesse dos alunos é uma das principais ambições que o director do Colégio Diocesano de São José (nº 6) ambiciona para o ano lectivo 2017/2018, altura em que as novas instalações, contíguas à Universidade de São José, vão acolher cerca de 800 alunos do Ensino Secundário.

China

Diácono fala de Igreja «perseguida»

Diácono fala de Igreja «perseguida»

A fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) promoveu uma série de encontros com um diácono chinês da chamada comunidade católica “clandestina”, que falou numa situação de «perseguição».

O diácono, cujo nome não é revelado por motivos de segurança, disse à Agência ECCLESIA que o actual sistema de controlo sobre as comunidades religiosas, pelo regime de Pequim, não permite aos católicos «viver a fé com liberdade».

Foco na Lusofonia

Um congresso, um movimento e dois livros

Um congresso, um movimento e dois livros.

A última semana de Março ficou marcada pela primeira etapa do “Congresso Internacional de Filosofia e Literatura: entre Portugal e Macau” – evento co-organizado por instituições académicas portuguesas e locais (Universidade de Macau, Universidade de São José e Instituto Politécnico), cuja segunda manga terá lugar, no Porto e Lisboa, no próximo mês de Maio – que contou com a apresentação de dois livros, com a chancela do Instituto Internacional de Macau (IIM), e com a primeira apresentação oficial em Macau do Movimento Internacional Lusófono (MIL), entidade já com sete anos de existência. Ambos os eventos decorrerem no passado dia 31 de Março, no auditório do Consulado Geral de Portugal em Macau.

Taxista falam na primeira pessoa

Mais regulamentação e monitorização

Mais regulamentação e monitorização.

Yeung Tak Kuong é taxista há cerca de vinte anos. Herdou a profissão da mãe. Wong-yat Ping está na indústria há vinte e quatro anos. Ambos são dirigentes da Associação dos Profissionais e Operadores de Táxis de Macau (APOTM). Assumem-se como taxistas honestos.

A’O CLARIM apontaram os problemas que afectam a indústria e avançaram com soluções, entre as quais a monitorização de todos os táxis pelo sistema GPS.

Yeung Tak Kuong não é indiferente às fortes críticas que o sector tem recebido da sociedade.

“Declaração Conjunta 30 Anos”

TDM exibe reportagens sobre as negociações

TDM exibe reportagens sobre as negociações.

A TDM (canais portugueses de televisão e rádio) exibe, a partir de segunda-feira, 10 de Abril, uma série de reportagens sobre as negociações que conduziram à assinatura da Declaração Conjunta sobre o futuro de Macau, a 13 de Abril de 1987.

Num trabalho assinado pelo jornalista Gilberto Lopes vão ser relatados, na primeira pessoa, os momentos mais sensíveis e polémicos do processo negocial. A série de sete reportagens inclui depoimentos de membros da delegação portuguesa que negociaram a Declaração Conjunta, como o embaixador João de Deus Ramos e Carlos Gaspar, que, na altura, era assessor político do ex-presidente da República Portuguesa, Mário Soares.

Capa-07-04-17

Capa-07-04-17

SJM contrai empréstimo de 25 mil milhões

Crédito ao Grand Lisboa Palace

Crédito ao Grand Lisboa Palace

A Sociedade de Jogos de Macau (SJM) assinou ontem, com dezanove instituições financeiras, um acordo de empréstimo no valor de 25 mil milhões dólares de Hong Kong, com o objectivo primeiro de financiar a construção do Grand Lisboa Palace, no COTAI.

«Se passarem de carro pelo local (…) podem ver que a maior parte do trabalho pesado já foi completado e que o edifício está largamente fechado. As três torres de hotel – a Palazzo Versace, a Karl Lagerfeld e a Grand Lisboa Palace – atingiram a altura máxima», disse Ambrose So no discurso de ocasião, tendo o presidente do conselho de administração da SJM acrescentado que a infra-estrutura vai abrir na primeira metade do próximo ano.

Medicina Chinesa em Portugal

A voz dos especialistas

A voz dos especialistas

Em resultado de uma maior aceitação dos tratamentos das medicinas alternativas, particularmente da Medicina Tradicional Chinesa, O CLARIM falou com dois especialistas que são professores nesta área em Portugal.

Começámos por entrevistar Wu Qi, natural da China, casado com uma portuguesa. Com mais de quarenta anos de experiência em Medicina Chinesa, Wu Qi trabalha em Portugal desde 2004.

Olhando em Redor

É este o caminho

É este o caminho

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes, depois de o ter feito em 2013, voltou no ano passado a recomendar que, ao abrigo da Convenção da ONU contra a Corrupção, a RAEM avance com a produção legislativa de “um novo crime independente para punir os indivíduos que negoceiem com recurso ao tráfico de influências”.

A sugestão, cuja implementação visa “fortalecer e consolidar a eficácia do funcionamento dos mecanismos anti-corrupção”, foi comunicada numa reunião em Viena (Áustria), onde a RAEM participou juntamente com a delegação da China, salientava o Relatório de Actividades do CCAC em 2016, entretanto tornado público.

Cidades no Rio Amarelo – 2

Kaifeng, capital de sete dinastias

Kaifeng, capital de sete dinastias

Para os chineses, Kaifeng é uma das sete capitais do Império do Meio, e como tal respeitada. Para os turistas estrangeiros, atraídos pelo exotismo da arquitectura tradicional dos templos e do casario, Kaifeng permanece um dos destinos favoritos na província de Henan, dito berço civilizacional da China. Uma moderna autoestrada liga Kaifeng à capital da província, Zhengzhou, que dali prossegue até Luoyang, outra das antigas capitais, numa extensão total de várias centenas de quilómetros. Uma alternativa impensável na China de há umas décadas, mas que é agora comum um pouco por todo o País, com especial realce na zona costeira.

Filosofia, uma dentada de cada vez (10)

O que é a Inferência Imediata?

O que é a Inferência Imediata?

Da última vez vimos que uma proposição categórica pode ser uma entre quatro:

(A) Universal afirmativa: “Todos os S são P” ou “Cada S é P”.

(E) Universal negativa: “Todos os S não são P” ou “Nenhum S é P”.

(I) Particular afirmativa: “Algum S é P”.

(O) Particular negativa: “Algum S não é P”.

Fórmula 1 – Época de 2017

China e Bahrain: o início das conquistas

China e Bahrain: o início das conquistas

Nós, que gostamos de seguir todos os pequenos detalhes do desporto motorizado a que se convencionou chamar “Fórmula 1”, que em anos recentes temos visto as suas lutas internas (contínuas) para se manter como o pináculo máximo da competição automóvel, esperávamos mais dos novos regulamentos. De facto, os novos carros são realmente mais rápidos do que os do ano passado, em cerca de seis segundos por volta. Com aerodinâmicas melhoradas e pneus de maiores dimensões, têm mais aderência e entram e saem mais depressa das curvas, em comparação aos anos anteriores. E daí? Melhorou o espectáculo? Não!

Cismas, Reformas e Divisões na Igreja – XIII

Os últimos concílios no Oriente

Os últimos concílios no Oriente

Para as crises mais graves, para as controvérsias mais acesas ou duradouras, a Igreja respondeu sempre com concílios, ecuménicos principalmente. As querelas teológicas foram sempre uma realidade na Igreja antiga, antes do ano Mil. A Oriente, no Império Romano, ou Bizantino, eram frequentes. A Ocidente, na fragmentação surgida com as invasões germânicas e com as tendências “nacionalistas” ao nível eclesial nos novos reinos nascentes, as controvérsias iam-se diluindo, para mais com o espectro do Islão a aproximar-se inexoravelmente da Península Ibérica. Mas as divisões criadas pelas querelas teimavam em subsistir, algumas antigas. As tensões religiosas criavam divisões.

Família e Fé

Falar de Deus

Falar de Deus

Numa reunião com os pais dos alunos de uma escola, o director falou da presença do “bullying” no estabelecimento de ensino:

«– Que podemos fazer para acabar com esta “praga” que nos persegue há algum tempo?».

Seguidamente, fez referência a alguns factos lamentáveis que tinham sido o motivo daquele encontro. Por fim, acrescentou:

«– Como pode Deus permitir coisas assim na nossa escola?».

Conhecer as Leis de Macau

O regime jurídico do erro médico já entrou em vigor

O regime jurídico do erro médico já entrou em vigor

Existe sempre um risco inerente à prática de actos médicos, por isso, em caso de erro médico, é necessário que exista regulamentação e directrizes adequadas de forma a promover a comunicação entre os utentes e os prestadores de cuidados de saúde e garantir os direitos de ambas partes. A Lei n.º5/2016 (Regime jurídico do erro médico) é a legislação criada especificamente para regular as situações de erro médico e entrou em vigor no dia 26 de Fevereiro do ano corrente.