Cinco indicações para o caminho ecuménico

Quando o avião está em voo parece lento. Observando o último meio século de compromisso ecuménico, a primeira comparação que me vem à mente é com uma viagem de avião. Depois de Ler Mais

Turco em Macau fala do Golpe de Estado

Erdogan era o alvo a abater. A tentativa de golpe de Estado na Turquia foi orquestrada para derrubar o Presidente Recep Erdogan, disse a’O CLARIM A. Baha, cidadão turco a trabalhar há Ler Mais

Exposição da “Carta do Achamento” de Pêro Vaz de Caminha

«Belmonte tem uma ligação afectiva e cultural com o Brasil». A exposição da Carta a El-Rei Dom Manoel sobre o Achamento do Brasil, de Pêro Vaz de Caminha, já apresentada na Sala Ler Mais

Lei de Terras pode influenciar composição da AL

Pequim identifica tigres de Macau. A mão forte do secretário Raimundo do Rosário na reversão de terrenos a favor da RAEM está a fazer mossa no sector empresarial de Macau e também Ler Mais

Nova Secretária-Geral do Fórum Macau

Xu Yingzhen reuniu ontem no IPIM. A nova secretária-geral do Fórum Macau, Xu Yingzhen, participou ontem numa reunião do organismo, que decorreu no Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Ler Mais

 

Cinco indicações para o caminho ecuménico

CINCO INDICAÇÕES PARA O CAMINHO ECUMÉNICO

Quando o avião está em voo parece lento.

Observando o último meio século de compromisso ecuménico, a primeira comparação que me vem à mente é com uma viagem de avião. Depois de preparativos prolongados, ela tem início com um rolamento muito veloz na pista e depois uma descolagem também rápida. Quando se alcança a altitude correcta e o avião flutua no ar, é fácil ter a impressão de que já não nos movemos, ou pelo menos de que o fazemos muito lentamente. Todavia, todos os passageiros deveriam ter a esperança de que o avião certamente chegará ao destino. No que diz respeito ao compromisso da Igreja Católica pela unidade entre os cristãos, o Concílio Vaticano II foi o rolamento veloz na pista, com o qual a Igreja encontrou uma nova atitude face ao movimento ecuménico.

Turco em Macau fala do Golpe de Estado

Erdogan era o alvo a abater

Erdogan era o alvo a abater.

A tentativa de golpe de Estado na Turquia foi orquestrada para derrubar o Presidente Recep Erdogan, disse a’O CLARIM A. Baha, cidadão turco a trabalhar há mais de dez anos em Macau.

«Este golpe militar foi gizado pelos apoiantes de Fethullah Gulam, que vive neste momento na Pensilvânia, Estados Unidos, e conta com muitos seguidores na maior parte das unidades governamentais [turcas], tais como na polícia, na magistratura e nas forças armadas», salientou A. Baha, acrescentando que Gulam «sempre foi uma ameaça às forças armadas e à República» da Turquia.

Exposição da “Carta do Achamento” de Pêro Vaz de Caminha

António Dias Rocha

«Belmonte tem uma ligação afectiva e cultural com o Brasil».

A exposição da Carta a El-Rei Dom Manoel sobre o Achamento do Brasil, de Pêro Vaz de Caminha, já apresentada na Sala do Relógio da Torre do Tombo, em Lisboa, encontra-se patente até dia 26 de Outubro, na Sala Pedro Ávares Cabral, no Castelo de Belmonte, constituindo uma das apostas turísticas por parte da edilidade local. O Clarim foi ouvir António Dias Rocha, presidente da Câmara Municipal de Belmonte.

Lei de Terras pode influenciar composição da AL

LEI DE TERRAS PODE INFLUENCIAR COMPOSIÇÃO DA AL

Pequim identifica tigres de Macau.

A mão forte do secretário Raimundo do Rosário na reversão de terrenos a favor da RAEM está a fazer mossa no sector empresarial de Macau e também na Assembleia Legislativa. O CLARIM foi saber o que está em jogo, quem são os tigres e que consequências poderão advir em determinadas situações. Pequim está bastante atenta ao desenrolar dos acontecimentos.

Nova Secretária-Geral do Fórum Macau

Xu Yingzhen reuniu ontem no IPIM

Xu Yingzhen reuniu ontem no IPIM.

A nova secretária-geral do Fórum Macau, Xu Yingzhen, participou ontem numa reunião do organismo, que decorreu no Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), com intuito de debater o Plano de Acção a ser discutido na quinta conferência ministerial, a realizar no quarto trimestre do corrente ano na RAEM.

Capa 22-07-16

Jornadas Mundiais da Juventude na Polónia

JORNADAS MUNDIAIS DA JUVENTUDE NA POLÓNIA

Macau presente

Uma delegação com jovens da diocese de Macau partiu na passada terça-feira para a Europa com o intuito de participar nas Jornadas Mundiais da Juventude, a decorrer em Cracóvia (Polónia) entre os dias 25 de Julho e 1 de Agosto.

O pároco auxiliar da igreja de Santo António, padre Lee In Ho, é o director espiritual do grupo liderado por Tammy Chio, secretária-geral do Centro Paroquial Jovem. A delegação fica inicialmente cinco dias em Varsóvia, após os quais viaja para Cracóvia.

Albano Martins lamenta posição do Governo

Canídromo sobrevive mais dois anos

Canídromo sobrevive mais dois anos

O Governo de Macau notificou a Companhia de Corridas de Galgos “Yat Yuen” para proceder à relocalização do Canídromo, no prazo de dois anos, a partir de 21 de Julho (ontem).

“A ‘Yat Yuen’ terá que decidir no prazo de dois anos se termina a exploração da respectiva actividade ou se relocaliza a sua exploração”, referia uma nota de Imprensa divulgada ontem pelo GCS, acrescentando que “se optar pela sua relocalização terá de melhorar as condições de criação e tratamento dos galgos e respeitar o programa de corridas, de acordo com os planos urbanísticos, com menor impacto na vida quotidiana da sociedade”.

Olhando em Redor

Diversificação pouco conveniente

Diversificação pouco conveniente

É sobejamente conhecida a necessidade de diversificar o tecido económico de Macau, medida que o Governo da RAEM se comprometeu a pôr em prática e conta com o apoio de Pequim.

Resta saber o porquê de tantos obstáculos!? Embora conheça algumas razões acessórias, não vou descrevê-las, pois há algo mais interessante para ser abordado: nos dias que correm, ao contrário do que se possa imaginar, a não diversificação até é um bom sinal para Macau.

Laos – As Montanhas do Calaminhã – 6

Uma biodiversidade em sério risco

Uma biodiversidade em sério risco

O território do Laos compreende 235 mil quilómetros quadrados e faz fronteira com a Tailândia, o Camboja, o Vietname, a China e Myanmar. Cerca de 70 por cento do País é constituído por montanhas e florestas, e dois terços da sua área encontra-se densamente arborizada. A maior parte da população concentra-se nos vales que ladeiam os cursos de água.

Restituir à fé calor e vida

Restituir à fé calor e vida

O Papa Francisco repetiu recentemente que a Igreja cresce por atracção. Compreendi concretamente o que queria dizer lendo o livro que Virginie Riva dedicou à conversão de onze jovens francesas ao Islão. São longas entrevistas nas quais as jovens convertidas – quase todas com cultura universitária, de 25 a 35 anos, crescidas em famílias agnósticas ou católicas – contam que o primeiro ímpeto para se aproximarem do Islão veio do encontro com companheiros de estudos muçulmanos.

O nosso tempo

No Passeio dos Ingleses

No Passeio dos Ingleses

Tem este título uma dupla conotação, nos limites da crónica de hoje, que não desejaria desrespeitadora da memória e do sofrimento das vítimas da tragédia terrorista de Nice, no último dia 14 de Julho.

Daí uma primeira reflexão sobre o ataque de que foram vítimas tantas dezenas de pessoas inocentes, nessa cidade, tão celebrada internacionalmente, do sul de França.

Fórmula 1 – Época de 2016

CHEGOU A SILLY SEASON

Chegou a silly season

Este fim de semana a Fórmula 1 está de volta à Hungria, à pequena cidade de Mogyoród, mais precisamente ao Hungaroring, o Circuito da Hungria – assim designado porque quando foi construído, em 1986, não se chegou a qualquer acordo quanto ao nome para baptizar o mesmo. Foi uma aposta arriscada de Bernie Ecclestone, mas a loucura de organizar uma corrida de automóveis num país da “Cortina de Ferro”, em plena “Guerra Fria”, deu certo!

O Hungaroring é composto por uma longa recta, duas rectas mais pequenas, uma a descer e outra a subir; e uma sequência de pequenas rectas e curvas onde o apoio aerodinâmico e atracção à saída das curvas é quase mais importante do que a velocidade de ponta na recta da meta.

O mundo às avessas

O mundo às avessas

Ainda sob os efeitos da feliz comoção de ver os nossos atletas desportivos elevarem o nome de Portugal ao primeiro lugar dos pódios internacionais, ao tornarem-se campeões europeus de futebol, atletismo, judo, canoagem, hóquei em patins e surf, os portugueses começaram a sentir o sabor amargo das ameaças de sanções, “destiladas” por vários dirigentes da União Europeia, porque ultrapassámos o défice permitido de três por cento em 2015.

A Chamada para a Grandiosidade (7)

A santidade está nos detalhes

A santidade está nos detalhes

«Simão, Eu tenho algo a dizer-te», disse o Senhor ao fariseu que O tinha convidado (Lucas 7:40).

«O que é, Mestre?», perguntou Simão.